Minha conta
Carta de apresentação para bolsa de estudos: como fazer

Carta de apresentação para bolsa de estudos: como fazer

Escrever trabalhos acadêmicos? Fácil. Fazer uma carta de apresentação? Putz. Veja como fazer uma carta de apresentação para bolsa de estudos.

Não importa se você está buscando uma oportunidade de graduação, mestrado ou doutorado. Seja aqui ou no exterior, fazer uma carta de apresentação é uma parte fundamental para conseguir uma bolsa de estudos. Mas, você não teve essa aula na escola, não é?

 

É normal ficar um pouco perdido nessa hora. Afinal, o que o pessoal da universidade quer ouvir exatamente para dar uma bolsa? O que falar para convencer a faculdade de que você merece uma bolsa mais do que ninguém? Enquanto você faz essas perguntas, a tela do Word continua em branco.

 

Continue lendo e você verá um guia completo sobre como fazer uma carta de apresentação para bolsa de estudos. Você também aprenderá uma fórmula simples para conseguir escrever esta carta de uma maneira que garante resultados.

 

Você quer fazer uma carta de apresentação perfeita em apenas alguns minutos? Use o nosso gerador de cartas de apresentação. Escolha um dos 18 modelos profissionais de carta de apresentação e adote o mesmo estilo no o seu currículo!

 

carta de apresentação

Modelo de carta de apresentação feito com o nosso gerador de cartas de apresentação. Confira mais modelos de cartas de apresentação.

 

Considerando que tanta gente estuda e trabalha, talvez você precise fazer mais do que apenas uma carta de apresentação para bolsa de estudos. Se você está procurando um emprego, é útil dar uma olhada nesta guia aqui também:

 

Cada um dá as instruções necessárias para criar uma carta de apresentação perfeita para profissionais em diversas etapas da carreira. Certamente, um deles será ideal para você. Na Zety Brasil, você encontra muitos outros guias. Agora, vamos falar de bolsa de estudos.

 

Modelo de carta de apresentação para bolsa de estudos

 

Pedro Cardoso

Graduado em jornalismo

 

(xx) xxxxx-xxxxx

pedro.cardoso@email.com

linkedin.com/in/pedrocardoso

 

Prezado senhor Bittencourt, 

 

Eu me formei em jornalismo na Universidade X e trabalhei como repórter esportivo na Emissora Y por 3 anos. Sempre buscando desenvolvimento profissional, eu gostaria de candidatar-me a uma bolsa de pós-graduação em marketing esportivo na Universidade Y.

 

Durante a minha graduação, eu realizei a pesquisa Jornalismo e marketing esportivo: a convergência, que foi convertida e publicada como livro. Além disso, palestrei sobre o assunto no Evento X. Após a formatura, eu consegui o meu atual emprego como repórter esportivo na Emissora Y, no qual realizei a cobertura da Copa do Mundo de 2014.

 

Agora, eu busco continuar a me especializar na área do jornalismo esportivo e acredito que é vital entender todos os elementos do esporte. Por isso, tenho como objetivo estudar marketing esportivo na sua instituição.

 

Eu anseio pela oportunidade de uma entrevista, para discutir mais sobre o meu background, assim como o que pretendo realizar com o conhecimento que pretendo adquirir com o mestrado em marketing esportivo da Universidade Y.

 

Atenciosamente,

 

Pedro Cardoso

 

Para encontrar a informação que busca, use a lista abaixo:

 

  1. Formatando a carta de apresentação para bolsa de estudos
  2. O que a universidade quer em uma carta para bolsa?
  3. Escrevendo a carta de apresentação para bolsa de estudos
  4. Mais dicas para a carta de apresentação para bolsa

Revisão: como fazer uma carta de apresentação para bolsa de estudos

 

Agora, vamos ao guia.

 

1. Formatando a carta de apresentação para bolsa de estudos

 

Memorizar mais normas? Credo. Você deve ter pensado isso, depois de ter tido que decorar todas as regras da ABNT. Mas, fique tranquilo. Aqui você não precisa seguir uma bíblia de regras. Basta formatar a carta desta forma:

  • Fonte: Arial, Cambria ou Garamond;
  • Cor da letra: preta;
  • Cor do fundo: branco;
  • Tamanho: 11 pontos;
  • Margens: 2,5;
  • Espaçamento: 1,5;
  • Alinhamento: justificado.

Dica valiosa: evite a tentação de fazer criar um design mais ousado. No meio acadêmico, a prioridade é informação e não o visual. Foque apenas em comunicar de forma eficaz.

O primeiro passo já foi, mas agora que o seu documento está formatado adequadamente, você precisa começar a escrever a carta de apresentação nota 10. Mas, antes de começar a bater o texto, é fundamental entender algumas coisas, como você verá no próximo tópico.

 

Garanta que seu currículo também está bem formatado. Leia Formato de currículo

 

2. O que a universidade quer em uma carta para bolsa?

 

Lembre-se da dica de Chris Crawford. Se você não sabe para onde ir, não chegará lá. Então, é vital entender o motivo pelo qual faculdades privadas dão bolsas de estudos, para que você escreva uma carta focada nessas razões. Uma universidade dá bolsas para:

  • Aumentar a diversidade sócio-econômica no campus;
  • Aumentar a performance média da turma;
  • Associar o seu nome à uma pesquisa relevante;
  • Contribuir positivamente para a experiência dos outros alunos.

 

Fonte: The College Solution 

 

Tendo dito isso, é importante que você escreva o seu texto de uma forma que evidencie que você se encaixa bem neste pontos citados anteriormente. Para te ajudar a escrever, veja essas 4 perguntas e vá pensando em respostas que se encaixam nos 4 pontos acima.

  • Qual o seu objetivo?
  • Por que o curso é apropriado para você?
  • Quais são os seus pontos fortes?
  • Como o curso vai te ajudar?

Dica valiosa: pesquise o máximo que você puder sobre a universidade e o curso antes de escrever. Quanto maior o seu banco de dados sobre o assunto, melhor!

Na hora de pensar nas suas respostas, evite clichês. É importante que você escreva de forma autêntica. Afinal, parte do processo seletivo é uma entrevista. Se você presencialmente não for compatível com o que escreveu, isso pega mal para o seu lado.

Material de estudo: quer uma análise extra aprofundada de como escrever esta carta? Leia o livro How to write a winning scholarship essay de Gen Tanabe e Kelly Tanabe.

Agora que você já sabe o que escrever, está na hora de estruturar esses pensamentos e criar a carta de apresentação para bolsa de estudos que vai abrir portas na sua carreira acadêmica. Veja isso no próximo tópico deste guia.

 

Você quer um currículo para acompanhar a carta? Leia Como fazer um currículo

 

3. Escrevendo a carta de apresentação para bolsa de estudos

 

Começar é sempre a parte mais difícil de qualquer atividade. Você deve lembrar-se do conceito inércia das aulas de física. Bom, para começar a sua carta de apresentação para bolsa de estudos, tenha uma coisa em mente.

 

A carta deve ter 3 parágrafos e não deve passar das 300 palavras

 

É difícil resumir tudo o que você tem a dizer, mas, é necessário. Um currículo muito longo é motivo para ele ser descartado. E o recrutador faz isso em menos de 10 segundos. Aplique essa mentalidade aqui. Para escrever de maneira concisa, siga esta estrutura:

  • Cabeçalho: coloque o seu nome, o seu título acadêmico e as sua informações de contato, como telefone, email e LinkedIn, se tiver.
  • Saudação: inicie a carta se direcionando ao comitê científico da universidade. Busque o nome do coordenador do curso.
  • Primeiro parágrafo: comunique a bolsa pretendida e faça um pequeno resumos das suas qualificações relevantes para obter esta oportunidade.
  • Segundo parágrafo: convença que você é a certa pessoa. Discorra sobre a sua formação acadêmica, experiência profissional e trabalhos voluntários.
  • Terceiro parágrafo: mencione como esta bolsa vai te ajudar a conseguir os seus objetivos acadêmicos e profissionais.
  • Encerramento: termine com um call to action, dizendo que anseia por uma entrevista para poder discutir suas ideias, ou algo do tipo.

Dica valiosa: como você viu, um dos objetivos da bolsa de estudos é aumentar a diversidade sócio-econômica. Se você é de origem carente, mencione isso de forma sutil.

Considerando que você tem um espaço bem limitado para escrever o seu texto, pense bem antes de escrever. Escolha as suas conquistas mais importantes.

Material de estudo: quer um guia para escrever bem, mesmo que não seja escritor? Leia o livro Como escrever bem, escrito por William Zinsser.

Mas, como você sabe muito bem, a banca examinadora pode ser brutal nos detalhes. Por isso, é vital ver algumas dicas extras para escrever a sua carta de apresentação para bolsa.

 

Está na dúvida de quais habilidades colocar? Leia o guia Habilidades para currículo

 

4. Mais dicas para a carta de apresentação para bolsa

 

Passar horas se preparando para a apresentação do TCC deve ser algo ainda bem gravado na sua memória. Tudo isso para que fique perfeito. Felizmente, você não precisa de horas para atingir a perfeição na sua carta. Basta alguns minutos. Veja essas dicas:

 

  • Formal ou informal: tente ser neutro. Algumas pessoas erram ao serem formais demais. O coordenador não é um juíz para precisar dessa formalidade toda.

 

  • Quando pode ser informal: algumas empresas estimulam uma postura mais descontraída. Nestes casos, vale ser informal. Mas, cuidado para não ser vulgar.

 

  • Frases simples: Evite estruturas complexas. Orações intercaladas podem ser confusas. Invista em orações simples.

 

  • Cuidado com o vocabulário: não tente impressionar usando palavras difíceis. Se o recrutador precisar de um dicionário para ler a sua carta, ela vai para o lixo.

 

  • Use hyperlinks: se você quer compartilhar algum projeto ou publicação com o recrutador, use hyperlinks para fazer isso.

 

  • Não force a barra: mostre que você merece a bolsa por meio das suas conquistas e qualificações. Não escreva algo como “eu mereço essa oportunidade.”

 

  • Escreva de forma personalizada: talvez você esteja pensando em tentar várias bolsas diferentes. Não recicle a carta. O coordenador provavelmente vai perceber.

Dica valiosa: se você fez trabalho voluntário, vale enfatizar isso na sua carta de apresentação para bolsa de estudos. Os recrutadores adoram isso.

Com essas dicas extras, você consegue elevar o patamar da sua carta para criar algo realmente diferenciado, que a banca examinadora certamente vai apreciar. Como foi prometido, você não precisou de horas para fazer isso como no no seu TCC.

 

Para fazer o resumo do currículo não copie a carta. Leia o guia Resumo de currículo

 

Revisão: carta de apresentação para bolsa de estudos

 

Depois de passar tanto tempo preparando documentação para conseguir a bolsa, você provavelmente não tinha mais muita paciência para escrever uma carta, mas agora você viu que não precisa ser complicado. Basta seguir estes passos:

 

  1. Comece com uma saudação personalizada para o coordenador do curso;
  2. No primeiro parágrafo, apresenta-se para o coordenador;
  3. No segundo, convença-o de que você é a pessoa certa para a vaga;
  4. No terceiro, diga como a bolsa vai te ajudar;
  5. Encerre dizendo que anseia por uma entrevista;
  6. Feche a carta com uma assinatura.

 

Agora é só juntar a carta com toda a papelada da bolsa (bem que poderiam simplificar isso, né?) e aguarda o contato do coordenador do curso querendo te conhecer melhor. Comece a se preparar para a entrevista, ela pode ocorrer mais cedo do que você imagina. Boa sorte!

 

Obrigado por ler o meu guia. Agora, eu gostaria de ouvir você:

  • Qual é o maior desafio para fazer a carta de apresentação para bolsa de estudos?
  • Qual a sua maior dificuldade?
  • Ainda há alguma dúvida?

 

Deixe um comentário abaixo e vamos conversar!

Avalie meu artigo: carta apresentacao bolsa estudos
Média: 5 (2 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares