Minha conta
Como fazer um currículo: modelo pronto e dicas profissionais

Como fazer um currículo: modelo pronto e dicas profissionais

Como fazer um currículo? O que os recrutadores querem saber? Que estrutura usar? Siga esse guia definitivo de como montar um currículo para não ter mais dúvidas.

Imagine ter em mãos o currículo ideal.

 

Imagine enviá-lo confiante de que aquele é o melhor currículo que você poderia ter feito.

 

Sem peso na consciência, sabendo que o formato está perfeito e que tudo o que o recrutador precisa saber está ali.

 

Isso é possível, e está prestes a se tornar realidade.

 

Você encontrou um guia que vai te pegar pela mão e te mostrar como fazer um currículo, para primeiro emprego ou para profissionais experientes, para qualquer área profissional, etapa por etapa, tintim por tintim.

 

Continue lendo e você verá um modelo de currículo que você pode ajustar e usar como seu. Você também aprenderá como montar seu currículo com uma fórmula fácil que te fará conseguir 10x mais entrevista que qualquer currículo profissional que você criou no passado. 

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Modelo de currículo para te inspirar (versão em texto)

 

José Silva Cardoso

Vendedor sênior

(11)99999-9999

jose.s.cardoso@email.com.br

linkedin.com/in/josesilvacardoso

 

Resumo profissional

 

Profissional de vendas dedicado com mais de 6 anos de no mercado. Aumentei em 32% as vendas no último ano. Fui votado vendedor do ano em 2017, concorrendo com mais de 20 outros empregados. Busco aumentar as vendas da Armani com meu ótimo relacionamento com clientes.

 

Experiência laboral

 

Vendedor sênior

Tommy Hilfiger, São Paulo, SP

2015 — presente

  • Votado vendedor do ano da loja em 2017;
  • Aumentei as vendas no último ano em 32% construindo lealdade nos clientes através do cultivo de fortes relacionamentos;
  • Cuidei do serviço ao cliente incluindo vendas e gerenciamento de inventário.

Conquista principal: desenvolvi um sistema interno de treinamento e compartilhamento de conhecimento, contribuindo para a equipe resolver 96% das reclamações de clientes sem delegar aos gerentes (14% de aumento em 4 meses).

 

Vendedor

American Outfitters, São Paulo, SP

2012–2015

  • Resolvi dúvidas e reclamações de clientes;
  • Excedi o target de vendas por 5% no meu primeiro ano;
  • Consistentemente excedi o target de vendas em ao menos 9% nos anos seguintes.

Conquista principal: contribuí para a página local da empresa no Facebook, trazendo 15.000 novos fãs em 6 meses.

 

Balconista de varejo

Adidas Originals, Campinas, SP

2010–2012

  • Superei o target de vendas todos os anos em 7% (em média);
  • Aumentei o número de vendas de alguns produtos baseando-me em compras passadas de clientes específicos. 

 

Educação

 

Colegial

Escola Fictícia, Campinas, SP

2011

 

Softwares de vendas

 

  • Square;
  • Shopify POS;
  • Unicenta;
  • Erply.

 

Outras habilidades

 

  • Dedicação;
  • Ótima comunicação;
  • Gerenciamento de tempo.

 

Cursos e certificados

 

  • Curso online História e Repertório da Moda, Enmoda, 2018;
  • Certificado de vendedor, Instituto de Vendas, 2016.

 

Está concorrendo à uma das posições abaixo? Nossos guias podem te ajudar:

 

Vamos ver agora como montar um currículo profissional perfeito:

 

1. Aparência: estruture e formate seu currículo corretamente

 

A primeira impressão é a que fica? Na dúvida, é melhor não arriscar.

 

Siga os passos abaixo para evitar que os recrutadores descartem seu currículo logo de cara:

 

Escolha que tipo de currículo usar

 

A primeira coisa a ser decidida é de que maneira organizar a informação no documento.

 

Mas a decisão é fácil.

 

Para a maioria dos profissionais, com ou sem experiência, independentemente da área, a melhor opção é o currículo cronológico inverso.

 

Esse tipo de currículo se caracteriza por duas coisas:

 

  1. O currículo deve ser dividido em seções, nessa ordem:
    • Cabeçalho;
    • Introdução (resumo profissional ou objetivo do currículo);
    • Experiência de trabalho;
    • Educação;
    • Habilidades ou competências;
    • Informações adicionais ou complementares.
  1. Nas seções de experiência de trabalho e de educação, cada ponto deve ser listado na ordem inversa de acontecimento (ou seja, a experiência mais recente deve ser listada primeiro, e a mais antiga por último).

 

Essa estrutura destaca o que é mais importante no seu currículo: sua carreira terá destaque sobre sua educação, por exemplo, e seu último emprego será lido antes que seu primeiro.

 

Isso é importantíssimo, já que os recrutadores olham seu currículo por tão pouco tempo.

 

Vamos seguir essa estrutura nesse guia. Caso não esteja convencido de que o currículo cronológico inverso é o ideal para você, leia mais em: Tipos de currículos.

 

O cabeçalho

 

O cabeçalho do seu currículo deve ser simples, para não roubar a atenção das informações que realmente importam.

 

Inclua apenas:

  • Nome completo;
  • Posição desejada;
  • Informação de contato, que deve ser apenas:
    • Telefone;
    • E-mail;
    • LinkedIn (se tiver).

 

Não coloque:

  • Números de identidade como RG e CPF;
  • Endereço;
  • Foto (a não ser que seja para uma posição que demande, como ator ou modelo).

 

Formatação

 

Usando nosso gerador online, não há necessidade de se preocupar com formatação, o próprio site formata perfeitamente o currículo.

 

Caso você use algum editor de textos para criar o currículo, preste atenção nos pontos a seguir:

  • Escolha uma fonte profissional e fácil de ler;
  • Use espaçamento de linha 1,15;
  • Certifique-se de que as seções estão bem demarcadas, com títulos de tamanho razoável, e que os recrutadores vão saber onde olhar para encontrar cada informação;
  • Use margens do mesmo tamanho em ambos os lados;
  • Salve seu currículo no formato que pedir na descrição da vaga. Caso não especifique (o que é muito comum), envie em PDF, mas tenha uma versão em Word para poder alterar quando quiser.

 

E por favor, revise o que foi escrito! Use um corretor ortográfico, faça um amigo bom de português ler o documento, qualquer coisa! Só não envie seu currículo com erros gramaticais. Imagina que bobagem perder uma oportunidade de emprego porque escreveu “em anexo”.

 

Isso é tudo o que você precisa saber sobre formato e estrutura do curriculum vitae.

 

Agora vamos fazer juntos cada seção do seu currículo.

 

Pularemos a introdução por enquanto, porque é mais fácil fazê-la no final (prometo que chegaremos lá).

 

Começaremos pela seção que os recrutadores olham primeiro, portanto a mais importante:

 

2. Comece listando a sua experiência laboral

A seção de experiência laboral é considerada a mais importante do currículo, para a maior parte dos recrutadores. Você pode incluir tanto trabalhos de carteira assinada quanto experiências autônomas no currículo.

 

Para cada trabalho anterior, inclua:

  • Título da posição na empresa;
  • Nome da empresa e que você trabalhava;
  • Datas de início e fim do contrato;
  • Bullet points com pontos essenciais descrevendo que você fez.

 

E como descrever o que você fez nos trabalhos anteriores?

 

Esse é o grande segredo da criação dos currículos profissionais. Talvez a dica mais importante de todas:

 

Não liste suas responsabilidades nos trabalhos anteriores.

 

Sim, você leu direito.

 

Não liste suas responsabilidades. Liste suas conquistas.

 

Entender a diferença é muito importante, e pode ser o fator definitivo para seu sucesso no processo seletivo.

 

Responsabilidades não provam que você é bom em nada. Conquistas são pontos que mostram para o leitor do currículo que você teve sucesso naquela posição.

 

E não liste qualquer conquista, liste aquelas que provam que você é um ótimo candidato para aquela vaga específica (sim, você deve enviar um currículo diferente para cada vaga que tentar. É o que vai te diferenciar).

 

Veja os exemplos abaixo e reflita sobre qual deles você contrataria para uma vaga de enfermeira. 

 

Como fazer um currículo: experiência de trabalho (candidato experiente)

 

Correto

Enfermeira

Hospital Samaritano

2015 – 2019

  • Garanti o conforto e o bem-estar de dezenas de pacientes diariamente;
  • Obtive 87% de satisfação dos meus superiores na pesquisa interna do hospital;
  • Auxiliei os médicos em procedimentos complexos como cirurgias.
Errado

Hospital Samaritano, 2015 – 2019

Enfermeira

  • Responsável por ajudar os médicos;
  • Atendi e respondi perguntas dos pacientes;
  • Preparei muitos pacientes para exames e cirurgias.

 

A diferença é muito clara, certo? E os exemplos são da mesma candidata.

 

No exemplo correto, o foco foi nas conquistas, e não nas responsabilidades do dia-a-dia.

 

Mesmo se você nunca trabalhou na área desejada, ainda assim é possível comunicar aos recrutadores que sua ajuda seria valiosa.

 

No exemplo abaixo, o candidato está se formando em enfermagem, mas trabalhou apenas como caixa de supermercado. Agora ele busca uma vaga de estágio para enfermeiro. Ele poderia listar sua carreira assim:

 

Como fazer um currículo: experiência de trabalho (candidato iniciante)

 

Correto

Operador de caixa

Carrefour

2015 — presente

  • Auxiliei os gerentes com sucesso, obtendo ótimas notas de desempenho (nunca abaixo da média);
  • Cultivei muitos relacionamentos com colegas e clientes, ajudando e respondendo dúvidas sempre que possível;
  • Treinei mais de 20 novos empregados, explicando com paciência nosso trabalho.
Errado

Carrefour, 2015 — presente

Operador de caixa

  • Responsável por escanear os produtos dos clientes;
  • Responsável por contar o dinheiro e dar o troco;
  • Fechava e abria o caixa no começo e fim do meu expediente.

 

Como você pode ver, o candidato não listou quaisquer conquistas, mas sim as que sinalizam que ele tem potencial como enfermeiro.

 

Se em vez de enfermagem ele buscasse um trabalho em contabilidade, por exemplo, ele poderia demonstrar que é bom em matemática comentando que nunca fechou o caixa com as contas erradas, ou algo do tipo.

 

Portanto, pense sobre a vaga que você busca antes de listar as conquistas.

 

“Mas eu nunca trabalhei. Não fiz bico, nem estágio, nem voluntariado… nada!”

 

Sorte sua que temos um guia focado em como fazer um currículo para que nunca trabalhou: Modelo de currículo sem experiência profissional e como fazer.

 

Na próxima seção vamos listar sua educação. Vamos lá:

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Liste sua educação (é simples, mas nem tanto!)

 

O quanto você deve detalhar sua formação no currículo depende do momento em que sua carreira se encontra.

 

Primeiro emprego? Detalhe o quanto puder sua educação, principalmente se estiver fazendo faculdade. Até as matérias relevantes para a vaga podem ser listadas.

 

Já trabalha faz tempo? Inclua só a formação mais alta, a instituição e o ano.

 

Como fazer um currículo: educação para candidato com experiência laboral

 

Curso de Enfermagem

Universidade Anhanguera — Angra dos Reis, RJ

Conclusão: 2017

 

Como fazer um currículo: educação para candidato sem experiência laboral

 

Graduação em Enfermagem

Universidade FMU — São Paulo, SP

Conclusão prevista: 2021

Matéria optativa: Farmacoterapia

Trabalho de conclusão de curso: A hospitalização na saúde mental do paciente

Carga horária: 3.600 horas-aula

 

Colegial

Escola ABCD — Belo Horizonte, MG

Conclusão: 2017

 

Aqui é possível também colocar cursos de especialização, seguindo a mesma lógica. Se você está considerando fazer um curso para complementar o currículo, leia o artigo: Os melhores cursos para colocar no currículo.

 

Duas seções já foram, vamos para a próxima!

 

4. Liste habilidades relevantes à posição que você quer

 

Nessa seção, que pode ser chamada de “habilidades” ou de “competências”, liste algo entre 5 e 10 talentos.

 

O ideal é dar prioridade para hard skills, como fluência em idiomas, mas você também pode adicionar soft skills, como criatividade.

 

Outra vez, não é suficiente listar qualquer competência. Elas têm que comunicar ao empregador que você é o/a candidato(a) certo(a) para a vaga.

 

Leia a descrição da posição atentamente e pense em qualidades suas que poderiam ser úteis.

 

Habilidades no currículo para candidato com experiência laboral (exemplo: enfermeira)

 

Habilidades:

 

  • Conhecimento amplo em gestão da enfermagem;
  • Especialização em cuidado de idosos;
  • Bioestatística;
  • Preparação de sala cirúrgica.

 

Habilidades Interpessoais

 

  • Liderança;
  • Organização.

 

Habilidades no currículo para candidato sem experiência laboral (exemplo: enfermeiro)

 

Habilidades:

 

  • Esterilização de ferramentas;
  • Aplicação de medicamentos;
  • Cuidados médicos gerais (aulas práticas na faculdade);
  • Espanhol fluente (Certificado DELE — Nível C1 — Instituto Cervantes).

 

Habilidades Interpessoais

 

  • Confortável trabalhando sobre pressão;
  • Interesse em ajudar;
  • Empatia.

 

Quando possível, tente “provar” aquela habilidade. Por exemplo, ao invés de colocar que você sabe mexer no Excel, faça o teste online grátis da Microsoft e coloque o resultado.

 

Leia mais sobre como listar suas competências no currículo: Habilidades para colocar no currículo.

 

5. Informações adicionais ou complementares

 

É muito provável que ainda existam informações que os recrutadores deveriam saber, mas não encaixam em nenhuma outra seção.

 

É possível resolver esse problema com as informações complementares.

 

Você pode criar uma seção chamada “informações adicionais” ou seções mais específicas (como “idiomas” ou “voluntariado”).

 

As informações mais comuns de serem incluídas nessa seção são:

  • Idiomas (se não estiverem na parte de educação);
  • Trabalho voluntário (se não estiver na seção de experiência);
  • Certificados e premiações;
  • Cursos complementares (se não estiverem na seção de educação);
  • Palestras;
  • Publicações;
  • Intercâmbio;
  • Hobbies e interesses.

 

Novamente, inclua só o que for relevante para a vaga.

 

Informações adicionais no currículo para candidato com experiência laboral (exemplo: enfermeira)

 

  • Membro da Associação Brasileira de Enfermagem;
  • Voluntário na ONG Maior Idade de 2016 até 2017 cuidando do bem-estar de idosos;
  • Curso Gestão da Enfermagem — Abrafordes, 2015;
  • Autora do e-book Gestão de Enfermagem no hospital moderno (link para o e-book).

 

Informações adicionais no currículo para candidato sem experiência laboral (exemplo: enfermeiro)

 

  • Disponibilidade para trabalhar à noite e fazer plantão;
  • Curso Noções de Primeiros Socorros do SENAC, 2016;
  • Intercâmbio de 1 mês no Uruguai em 2015.

 

Temos um guia detalhado ensinando a montar suas informações adicionais: Informações adicionais no currículo: o que colocar?

 

Lembra que pulamos a introdução para fazê-la no final?

 

Chegou a hora.

 

6. Combine as melhores partes em um resumo profissional ou objetivo do currículo.

 

Leia seu currículo de cabo a rabo. Escolha as melhores partes. O crème de la crème. Aquilo que você quer que o recrutador saiba logo de cara.

 

O ideal seria escolher pelo menos uma habilidade e uma conquista. Depois pense como você poderia ajudar o contratante com esses super-poderes.

 

Agora escreva um parágrafo de no máximo três frases juntando tudo isso.

 

Se já tiver trabalhado, faça um resumo profissional, ou seja, foque nos últimos empregos.

 

Se não tiver trabalhado, faça um objetivo do currículo, ou seja, foque em onde quer chegar (mas ainda assim, sinalizando como você pode ajudar a empresa, e não o contrário).

 

Como um exercício, vamos fazer a introdução do currículo desses dois personagens que estivemos usando como exemplo, utilizando apenas o que já foi usado nas outras seções.

 

Um dos personagens trabalhou como operador de caixa de supermercado e estuda enfermagem, a outra já é enfermeira há 5 anos:

 

Introdução com experiência: resumo profissional

 

Correto

Enfermeiracom espírito de liderança e 5 anos de exercendo a prática em um renomado hospital. Obtive87% de satisfação dos meus superiores na pesquisa interna do meu trabalho atual. Gostaria de utilizar meu amplo conhecimento de gestão em enfermagem e minha especialização cuidando de idosos para alavancar a produtividade da ala geriátrica da sua clínica.

Errado

Estudei enfermagem na Universidade Anhanguera e trabalho na área faz tempo. Adoro cuidar de pessoas e quero mudar de emprego porque acho que não estou mais aprendendo nada novo no meu atual, e quero continuar me desenvolvendo. 

 

Introdução sem experiência: objetivo do currículo

 

Correto

Estudante de enfermagem na Universidade FMU com muito interesse em ajudar pessoas. Trabalhei como operador de caixa em um supermercado, onde treinei mais de 20 funcionários e obtive ótimas avaliações dos meus superiores, que me recomendariam com prazer. Gostaria de pôr em prática o que venho aprendendo todos os dias na faculdade como parte da equipe do Hospital XYZ.

Errado

Sou operador de caixa de supermercado, mas estudo enfermagem já faz 2 anos. Busco uma oportunidade para trabalhar na área em que escolhi. Sou muito comprometido e dedicado. Falo espanhol. 

 

Como você pode ver, é possível criar o objetivo ou resumo seguindo mais ou menos a fórmula:

  • Título do seu emprego atual + adjetivo + anos de experiência + conquistas principais + habilidade + como você pode ajudar o empregador.

 

Precisa de inspiração? Não faltam exemplos de objetivos para currículo e resumos profissionais nesse artigo: Frases para currículo.

 

7. Escreva uma carta de apresentação

 

Alguns processos seletivos pedem explicitamente para que você não envie uma carta de apresentação com o currículo.

 

Em todos os outros casos, é melhor incluir a carta. Afinal, tudo o que pode aumentar suas chances nessa hora é válido.

 

A carta de apresentação deve ser curta, direta e personalizada para a empresa e a vaga.

 

Com nosso gerador, é possível criar a carta de apresentação usando o mesmo estilo do currículo, assim os dois combinam.

 

Leia mais em: Como escrever uma carta de apresentação.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Recapitulando — Como fazer um currículo

 

O passo a passo, em ordem, para fazer um currículo perfeito é o seguinte:

 

  1. Formate seu currículo. Escolha a estrutura e inclua as informações de contato no cabeçalho;
  2. Detalhe suas experiências laborais anteriores. Foque em conquistas, não em responsabilidades;
  3. Liste sua educação;
  4. Inclua habilidades que são pertinentes para a vaga;
  5. Coloque informações adicionais que não encaixaram nas outras seções;
  6. Releia o currículo inteiro e monte uma introdução com as melhores partes;
  7. Escreva uma carta de apresentação para mandar com o currículo.

 

Ufa! Você chegou ao fim!

 

Espero que isso signifique que você tem em mãos um currículo perfeito pronto para ser enviado!

 

Obrigado por ler o guia! Eu adoraria saber: 

  • Quais os maiores desafios ao montar um currículo? 
  • Que parte foi a mais difícil? 
  • Deixe-me saber! Vamos conversar!
Avalie meu artigo: como fazer curriculo
Média: 5 (3 votos)
Obrigado por votar
Bruno Bertachini
Bruno é um especialista em carreira da Zety comprometido em oferecer conselhos ocupacionais que agreguem valor a profissionais em todas as etapas de suas jornadas.

Artigos Similares