Currículo para designer: como fazer (exemplo + modelo pronto)

Currículo para designer: como fazer (exemplo + modelo pronto)

Como designer, você é criativo. É hora de criar o seu futuro profissional. E ele começa com um currículo para designer. Veja este guia para aprender a criar um.

Você “termina” o job, fecha o photoshop e manda o arquivo para o cliente.

 

Hora de relaxar? Não!

 

Ele mandou um email pedindo mil alterações no design gráfico. Frustrante, não é?

 

Sim, mas ao menos ele vai dizendo o que quer, até o design gráfico ficar perfeito. Um recrutador não faz isso. Quando você manda um currículo, tem que acertar tudo de primeira.

 

Só que falar é fácil. Difícil é fazer. Afinal, você tem experiência criando todo o tipo de peça, mas um currículo não é algo da sua área. Você até abre o Word mas, a tela sempre fica em branco.

 

Você não é o único profissional nessa situação, mas vai aprender como sair dela. 

 

Continue lendo e você verá um exemplo profissional de currículo para designer, que você pode editar de acordo com as suas necessidades. Além disso, você vai aprender uma fórmula fácil para escrever um currículo para designer que vai atrair 10 vezes mais entrevistas do que qualquer currículo que você já escreveu.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Exemplo de currículo para designer para te inspirar (versão em texto)

 

Daniel Roberto da Silva Carvalho

(21) xxxx-xxxx

daniel.roberto@email.com

Rua dos milagres, 123, apartamento 72, Barra da Tijuca, RJ

Instagram.com\xxxxxx

 

Designer com 5 anos de experiência. Trabalhei em agências, colaborando com redatores publicitários e criando peças para redes sociais com o pacote Adobe. Formado em publicidade pela Universidade X, e sempre proativo, estou constantemente aprendendo novos conceitos para me manter atualizado. Busco a oportunidade de usar as lições que aprendi ao longo da minha carreira para impulsionar o setor de mídia e propaganda da Empresa X.

 

Experiência

 

Designer gráfico

Agência Publicitária X

Abril de 2015 até junho de 2019

  • Fiz o design de logos e peças publicitárias para redes sociais;
  • Criei apresentações em Powerpoint para clientes;
  • Colaborei com redatores publicitários;
  • Aumentei a retenção de clientes em 35%;
  • Reduzi o tempo de produção das peças em 30%.

 

Estagiário de design

Agência Publicitária Y

Agosto de 2014 até janeiro de 2015

  • Auxiliei o departamento de comunicação da empresa na criação de peças;
  • Gerenciei as redes sociais da empresa;
  • Trouxe um aumento de 50% de likes na página no Facebook.

 

Educação

 

Universidade X

Bacharel em publicidade e propaganda (janeiro de 2015)

Rio de Janeiro, RJ

  • Vencedor do concurso anual de design da universidade em 2019;
  • Orador da turma;
  • CR 9,5.

 

Idiomas

 

Escola de línguas X

Inglês avançado (junho de 2012)

 

Competências

 

  • Criatividade;
  • Comunicação;
  • Gestão de tempo.
  • Pacote Adobe;
  • Redes sociais.

 

Agora, vamos começar o projeto.

 

1. Estruture o modelo de currículo para designer apropriadamente

 

Agradar o recrutador é vital. Para fazer isso, pense no design de experiência do usuário. Você deve ter lido livros sobre o assunto, como O Design do Dia a Dia de Donald Norman.

 

Neles, você aprendeu que, para agradar o usuário, você deve projetar um produto que seja fácil de usar. No seu caso, o usuário é o recrutador. O produto é seu currículo. Então, para agradar o recrutador, você deve ser criativo e elaborar um design de fácil leitura.

 

Faça isso seguindo essas dicas:

  • Use uma fonte legível, como Arial, Cambria ou Garamond;
  • Use tamanho 11;
  • Use margens 2,5;
  • Separe as diversas seções do seu currículo deixando o título delas em negrito.

Dica valiosa: Lembra de quando te falaram para o usar o mesmo kerning ao longo de uma peça para deixar-la mais visualmente uniforme? Você pode adaptar esta ideia dos gráficos aqui. Use o mesmo espaço entrelinhas em todo o documento para deixar ele mais organizado.

Agora, está na hora de começar a escrever. E todo currículo começa com uma coisa...

 

Colocando suas informações pessoais no currículo para designer

 

Pense em todas as vezes em que você abre o photoshop para criar novos projetos. Você sempre precisa nomear o documento. As vezes, é algo aleatório, tipo “sdldnisjilaf.PSD.” 

 

No seu currículo para designer você também começa pelo nome. Depois, separe uma pequena área para o seguinte:

  • Telefone;
  • Email;
  • Endereço;
  • Link para o portfólio.

 

Não coloque CPF ou estado civil. Pense no conceito de design por subtração do designer japonês Fumito Ueda. Qualquer coisa que não contribua para o objetivo principal dos seus projetos deve ser cortada.

 

O currículo precisa persuadir o recrutador a te chamar para uma entrevista. CPF e estado civil não ajudam nisso. E usando essas mesmas dicas podemos responder uma outra pergunta.

 

Pode colocar redes sociais da web no currículo?

 

Reflita. Na sua presença online existe alguma coisa que vá persuadir o recrutador de que você é o profissional modelo para essa vaga de emprego?

 

Talvez você tenha exemplos do seu trabalho criativo online no Facebook ou no Instagram. Se esse for o caso, inclua essas redes da web. Mas, se sua presença na web não for pertinente para a oportunidade, não a inclua.

 

E agora que você já colocou as suas informações pessoais no seu currículo para designer, está na hora de aprender quais sessões colocar no resto do documento.

 

As cinco partes de um currículo para designer

 

Pense na lei da Gestalt. Edwin McCrae diz em Narrative Design for Indies que toda imagem completa é formada por fragmentos que são agrupados pela sua mente. Isso é a Gestalt.

 

Há um paralelo aqui. O seu currículo online é uma imagem completa que mostra o seu perfil profissional. As sessões dele são os fragmentos que a compõe. Coloque as seguintes:

  • Objetivo profissional;
  • Experiência;
  • Educação;
  • Habilidades;
  • Informações complementares.

 

O documento deve sempre começar com o objetivo profissional, mas sinta-se livre para reorganizar as outras sessões em ordem de importância. Por exemplo, caso você seja um estudante criativo em busca de um estágio, você não tem muita experiência. Nessa situação, convém botar a sua educação em primeiro plano.

 

Para preencher cada uma dessas sessões, comece pelo item mais recente, depois vá voltando no tempo. Dessa forma, as suas conquistas mais importantes ficam em destaque. Além disso, esse é o formato com o qual recrutadores estão mais acostumados.

 

No fim, salve em PDF. Este tipo de arquivo é bom, pois ele trava a formatação, mas alguns recrutadores não aceitam ele. Por isso, é bom também salvar em Word.

 

Leia mais sobre formatação de currículos: Como formatar o currículo.

 

O processo criativo não é linear. Na hora de escrever, é melhor deixar o objetivo do currículo por último. Em breve você aprenderá o motivo. Por agora, pule direto para a sua experiência.

 

2. Colocando a experiência profissional no currículo para designer

 

Lembra de quando você era novato e ignorava regras do design gráfico como a proporção áurea e a regra dos terços? O resultado eram peças desagradáveis ao olhar, desorganizadas.

 

Para não cometer o mesmo erro no seu currículo, coloque a sua experiência da seguinte forma:

  • Cargo;
  • Empresa;
  • Período de tempo em que ficou lá;
  • Liste até 6 de suas responsabilidades e conquistas.

 

Para decidir o que escrever nesse último ponto, basta olhar a descrição da vaga que você almeja. Escreva as responsabilidades e conquistas que são mais relevantes para ela.

 

Por exemplo, veja este anúncio:

 

Responsabilidades:

  • Interagir com responsável pela redação publicitária da agência;
  • Criação de logos, ideias de peças publicitárias e de formatos diversos;
  • Entender de redes sociais e a individualidade de cada uma;
  • Entender sobre criação de apresentações em Powerpoint para clientes;

Qualificações:

  • 2 anos ou mais de experiência na área;
  • Conhecimento nas ferramentas de design da Adobe;
  • Bom conhecimento em edição de vídeos para postagem em redes sociais;
  • Forte em comunicação, rapidez na criação de peças, conhecimento em tipografia;
  • Ter trabalhado em agência é um diferencial;
  • Pró atividade para a criação de peças.

 

Agora vamos ver como escrever de forma específica para ele.

 

Exemplo: como colocar a experiência no currículo para designer

 

CERTO

Designer gráfico

Agência Publicitária X

Abril de 2015 até junho de 2019

Responsabilidades

  • Interagi com o setor de redação publicitária;
  • Fiz o design de logos e peças publicitárias para redes sociais;
  • Desenvolvi a tipografia das peças:
  • Criei apresentações em Powerpoint para clientes;

Conquistas

  • Reduzi o tempo de produção das peças em 30%.
ERRADO

Designer gráfico

Agência Publicitária X

Abril de 2015 até junho de 2019

  • Usei o pacote Adobe;
  • Criei peças publicitárias;
  • Desenvolvi meus conhecimentos de design.

 

Veja os pontos marcados em amarelo no CERTO. Eles representam os elementos do anúncio que o candidato incorporou na experiência do currículo dele.

Dica valiosa: use números para demonstrar o impacto que você teve na empresa. De acordo com a Glassdoor, o cérebro humano processa eles mais rápido do que palavras, então usando eles, você se comunica de forma mais rápida e eficaz.

Mas, e se você for apenas um universitário buscando o primeiro estágio? Sua experiência ainda é uma tela em branco.

 

Neste caso, você pode listar como experiência qualquer coisa que tenha te feito praticar habilidades relevantes. Isso inclui:

  • Freelas;
  • Projetos pessoais;
  • Trabalhos voluntários. 

 

Exemplo: como colocar a experiência no currículo para designer iniciante

 

CERTO

Designer gráfico voluntário

Video game independente X

Responsabilidades

  • Interagi com diretores de arte;
  • Fiz o design de texturas 2D para os ambientes do jogo;
  • Criei o logotipo do jogo;
  • Geri as redes sociais do projeto;

Conquistas

  • O projeto foi recebido com 80% de votos positivos da comunidade.
ERRADO

Designer gráfico voluntário

Video game independente X

  • Usei Photoshop para criação de texturas;
  • Fiz design da capa do jogo;
  • Geri redes sociais.

 

O exemplo CERTO e o ERRADO vieram do mesmo candidato, mas um é muito melhor do que o outro, não é? Apesar do ERRADO não ser a pior coisa do mundo, ele poderia ser bem melhor. Bastava fazer o seguinte:

  • Ser mais específico na hora de descrever as responsabilidades;
  • Listar uma conquista;
  • Usar um número.

 

Leia mais sobre como descrever a sua experiência: Como colocar a experiência no currículo

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Coloque a sua educação (não é tão simples!)

 

Pegue mais um conceito do design gráfico. Lembra da justaposição? Quando dois objetos são colocados próximos, o público cria um sentido entre ambos.

 

No seu currículo ocorre a mesma coisa. Justapondo a sua experiência com a educação, o recrutador cria sentido entre ambos, vendo um como resultado do outro.

 

Você já impressionou com a sua experiência. Está na hora de ver dicas de como fazer isso com a sua educação. Mas, a sua abordagem deve mudar de acordo com sua experiência.

 

Se você for experiente, basta listar as suas informações neste formato:

  • Nome da universidade (em negrito);
  • Nome do curso;
  • Data de graduação;

 

Exemplo: como colocar a educação no currículo para designer experiente

 

CERTO

Faculdade X

Bacharel em publicidade e propaganda (dezembro de 2015)

Rio de Janeiro, RJ

 

Mas, caso você tenha pouca experiência, escreva um pouco mais. Adicione o seguinte:

  • Conquistas acadêmicas;
  • Cursos favoritos;
  • Atividades extracurriculares.

 

Exemplo: como colocar a educação no currículo para designer inexperiente

 

CERTO

Faculdade X

Bacharel em publicidade e propaganda (dezembro de 2015)

Rio de Janeiro, RJ

  • Orador da turma;
  • Organizador do clube de estudos de cinema;
  • Vencedor do concurso de design universitário da faculdade em 2014.

Dica valiosa: a web está cheia de cursos de curta duração em site como Coursera e Edx. Alguns até são gratuitos. Eles são uma boa forma de melhorar o seu currículo.

Mas na hora das conquistas, só mencione algo relevante para a vaga. Nada grita mais “EU NÃO SEI O QUE ESTOU FAZENDO” do que um item que parece não pertencer à composição.

 

Se quiser ler mais sobre o assunto, veja nosso guia: Como colocar a educação no curriculum vitae.

 

4. Colocando suas habilidades no currículo para designer

 

Criando gráficos ou produtos, você é quase uma agência inteira em uma pessoa só. Afinal, você é criativo e mestre de todos os recursos dos softwares mais importantes da sua área. 

 

Certamente, você quer que o recrutador saiba disso. Para fazer isso, siga dois passos:

  • Liste todas as habilidades relevantes que você desenvolveu na sua carreira;
  • Veja quais delas são mencionadas na descrição da vaga.

 

Mas, você deve ter várias habilidades e o ideal é mencionar apenas 5 ou 6. Como você escolhe quais listar no currículo? Para determinar isso, é preciso entender duas coisas.

 

Hard skills e soft skills

 

Entenda que esses são os dois principais tipos de habilidades de uma pessoa.

  • Hard skills: habilidades técnicas, como programar, editar textos e criar gráficos;
  • Soft skills: habilidades pessoais, como proatividade, organização e assiduidade.

 

É preciso encontrar um equilíbrio entre as duas. Um profissional modelo é uma mistura das duas. Então, mencione ambos os tipos no seu currículo. Isso nos leva ao próximo ponto.

 

As hard skills e soft skills mais procurada por recrutadores

 

Existem tendências de design. E também existem tendências no mundo do recrutamento. 

 

Veja o que os recrutadores mais buscam em designers atualmente:

 

Hard skills:

  • Gestão de negócios;
  • Tipografia;
  • Pacote Adobe;
  • Design de movimento;
  • Desenvolvimento para web;
  • Teoria das cores;
  • Experiência do usuário;
  • Design de interfaces.

 

Fonte: Rasmussen College

 

Soft skills: 

  • Comunicação;
  • Saber ouvir;
  • Resolução de conflitos;
  • Criatividade;
  • Gestão de tempo;
  • Persitência.

 

Fonte: Rasmussen College

Dica valiosa: não minta sobre habilidades. 85% dos candidatos mentem. Se tanta gente entrou nessa estatística, é por que foram apanhados. Com você não será diferente.

Agora que você sabe exatamente como escolher as habilidades certas no seu currículo para designer, chegou a hora de aplicar a camada final.

 

Exemplo: colocando habilidades no currículo para designer experiente

 

CERTO
  • Modelagem em 3D para realidade virtual;
  • Motores gráficos como Unreal e Unity;
  • Design de interfaces;
  • Gestão de equipes;
  • Resolução de conflitos;
  • Criatividade.

 

Exemplo: colocando habilidades no currículo para designer inexperiente

 

CERTO
  • Adobe photoshop;
  • Modelagem 3D;
  • Desenho;
  • Criatividade;
  • Gestão de tempo;
  • Persistência.

 

Também é recomendado mencionar 2 ou 3 habilidades no objetivo do currículo. Mencione outras na hora de escrever sobre experiência e educação. Desta forma, você mostra as suas competências dentro de um contexto, dando mais força para elas.

 

Leia mais sobre habilidades no currículo: Como colocar as habilidades no currículo

 

5. Informações adicionais no currículo para designer

 

Ganhar da concorrência é uma questão de detalhes. Por isso, algumas sessões extras no currículo são bem-vindas:

 

  • Prêmios: ganhou algo que seja relevante para sua carreira? Fale sobre isso!
  • Certificações: você deve ter tirado alguns certificados. Coloque eles no seu currículo.
  • Afiliações: se você for membro da organização, informe isso.
  • Conferências: liste os eventos do qual você participou. Se tiver palestrado, melhor ainda!
  • Educação complementar: cursos que você fez e que sejam relevantes para a vaga pretendida.
  • Interesses: essa é para os iniciantes. Se você tiver algum interesse que permita desenvolver habilidades relevantes para um profissional, mencione isso. Por exemplo, jogar xadrez mostra que você é uma pessoa muito lógica.

 

Exemplos: como mencionar sessões extras no currículo para designer

 

Certificações

  • Certificação Internacional Adobe - janeiro de 2019
  • Artista 3D certificado pela Unity - outubro de 2019

 

Idiomas

Inglês avançado

Curso X

Formado em dezembro de 2017

 

Outras sessões adicionais podem seguir formatos semelhantes, mas apenas tome cuidado para não exagerar. O currículo deve ter apenas uma página.

 

Para mais possibilidades, veja o nosso guia sobre seções extras no currículo: Como colocar informações adicionais no currículo.

 

6. O objetivo do currículo para designer

 

Toca o telefone. É um cliente novo. Você pergunta o que ele deseja.

 

“Ah, não sei. Faz um logotipo maneiro pro meu negócio e me manda.”

 

Um briefing vago ou confuso é sempre frustrante. Pense nisso ao escrever o objetivo do seu currículo. Ele é um pequeno texto no início do documento que conta sobre os seus objetivos profissionais e mais um pouco.

 

Um texto vago ou confuso como os briefings que você recebe frustra o recrutador. Mas, um bom texto garante que seu currículo seja lido. Veja como escrever um.

 

Escrevendo o objetivo do currículo para designer

 

Veja isso. De acordo com uma pesquisa da Catho, recrutadores jogam currículos fora em 10 segundos. Então, é necessário entregar informação rápido. Seja direto.

 

Qual o tamanho ideal? 

O mais curto o possível. Esse é o tamanho ideal de qualquer coisa que você escrever.

Para isso, escreva frases curtas. Limite-se a apenas 3 ou 4. Nelas, escreva o seguinte:

  • Experiência;
  • Educação;
  • Conquistas;
  • Habilidades;
  • Como você vai ajudar a empresa.

 

Agora, que você escreveu quase tudo no seu currículo, escrever este texto ficou fácil. Escreva algo personalizado para a vaga que almeja.

 

Para ver como fazer isso, tenha em mente o anúncio que você viu anteriormente. Ele será útil agora.

 

Exemplo: como escrever o objetivo do currículo para designer experiente

 

CERTO

Designer com 5 anos de experiência. Trabalhei em agências, colaborando com redatores publicitários e criando peças para redes sociais com o pacote Adobe. Formado em publicidade pela Universidade X, e sempre proativo, estou constantemente aprendendo novos conceitos para me manter atualizado. Busco a oportunidade de usar as lições que aprendi ao longo da minha carreira para impulsionar o setor de mídia e propaganda da sua empresa.

ERRADO

Designer formado na Universidade X. Com 5 anos de experiência, criei peças para diversos canais de comunicação, usando o pacote Adobe. Sou dedicado e sempre estou disposto a aprender coisas novas. Busco um novo desafio profissional que me permita desenvolver ainda mais minha habilidades. 

 

Observe o exemplo CERTO. Veja as frases marcadas em amarelo. Elas representam os pontos que o candidato tirou do anúncio e colocou no objetivo do currículo dele.

Dica valiosa: o recrutador não têm tempo para ler o seu currículo duas vezes, então garanta que o seu texto está escrito de forma clara. Peça para amigos lerem e dar feedback.

Ele também falou sobre os 5 pontos de maneira simples e direta, além de mencionar como ele pretende ajudar a empresa. Perfeito. Pode imprimir.

 

Mas, e se você for alguém com pouca experiência?

 

Exemplo: como escrever o objetivo do currículo para designer inexperiente

 

CERTO

Formado em design na Universidade X com CR de 9,5. Trabalhei como designer voluntário em um vídeo game independente, usando o pacote Adobe para criar texturas. Nosso jogo recebeu aprovação de 80% dos jogadores. Busco a oportunidade de combinar conhecimentos da indústria do vídeo game com as minhas noções de design para criar produtos inovadores.

ERRADO

Formado em design na Universidade X. Apesar de não ter experiência, eu domino o pacote Adobe e tenho confiança em minhas habilidades. Focado, eu busco a oportunidade de aprender mais sobre design e refinar minhas competências.

 

Escrever o objetivo de currículo ficou mais fácil do que importar um documento no photoshop. 

 

Buscando o template certo para o objetivo do seu currículo? Veja os nossos outros guias sobre o assunto:

 

 

7. Que tal incluir uma carta de apresentação no seu currículo para designer?

 

Escrever mais? Sim. Pense nas dicas do designer japonês Shigeru Miyamoto.

 

Um produto projetado com pressa é ruim para sempre. Um produto projetado com cautela eventualmente se torna bom. Vale a pena tomar mais tempo e escrever um pouquinho mais. 

 

Afinal, a carta é mais um entre vários recursos para convencer o recrutador de que você é a pessoa certa. Hora de abrir outro documento no Word.

 

Como escrever um carta de apresentação no seu currículo para designer

 

Ela é um documento de uma página. Use a mesma formatação do seu currículo. Na hora de escrever, bote um cabeçalho com suas informações pessoais. No corpo do texto, escreva sobre o seguinte:

  • Educação
  • Experiência;
  • Habilidades;
  • Reconheça as necessidade do recrutador e informe como você almeja suprir-las.

Dica valiosa: Evite repetir o que você já fala no currículo. Repetição funciona bem em um design de art deco, mas não no seu currículo.

Quando terminar, salve a sua carta de apresentação modelo em PDF.

  

Para uma análise mais aprofundada de como escrever a carta de apresentação perfeita, leia o nosso guia sobre o assunto: Como escrever uma carta de apresentação.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Revisão: como fazer um currículo para designer

 

Comemore. Você adicionou mais uma coisa ao seu cinto de utilidades: designer de currículos.

 

Você aprendeu dicas e recursos para criar o currículo modelo e conseguir o próximo emprego.

 

É só seguir alguns passos:

  • Formate o seu currículo para designer da maneira correta;
  • Escreva um bom objetivo no seu currículo para designer;
  • Fale sobre a sua experiência e educação;
  • Mencione a suas habilidades ao longo de todo o currículo;
  • Escreva uma carta de apresentação.

 

Como você sabe, o recrutador não é como o cliente. Ele não devolve currículos dizendo o que melhorar. Mas, tudo bem. Agora você está seguro de que isso não seria necessário.

 

Obrigado por ler o meu guia. Agora eu gostaria de ouvir você:

  • Quais são os seus maiores desafios escrevendo um currículo?
  • Qual a sua maior dificuldade?
  • Ainda há alguma dúvida?

 

Deixe um comentário abaixo e vamos conversar!

Avalie meu artigo: curriculo designer
Média: 5 (3 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares