Currículo de programador: guia completo + modelo para editar

Currículo de programador: guia completo + modelo para editar

Você é mestre na arte do “se isso, então aquilo,” mas escrever um currículo é algo um fora da sua área. Relaxe, você verá que é mais fácil que Hello World.

1 using System;

3 public class ClasseExemplo

4 {

5 public static void Main()

6 {

7         Console.WriteLine("Você consegue escrever um código simples como esse de olhos fechados. Mas, escrever um currículo é algo fora da sua expertise. Você até abre o Word, mas a tela sem fica em branco. Isso é mais frustrante do quando o programa buga e você não sabe o motivo. Mas, relaxe. Não é motivo para estresse. Neste guia, você verá como escrever um currículo de programador");

8 }

9 }

 

Neste guia você aprenderá o código fonte para escrever um currículo tão bom quanto esse abaixo, além de ver materiais de estudo que vão te colocar na frente no mercado de trabalho. Hora de iniciar mais um projeto.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Modelo de currículo de programador (versão em texto)

 

Ana Cristina Ferreira

ana.cristina.ferreira@email.com.br

(XX) 99999-9999

linkedin.com/in/acferreira

 

Programadora ousada com conhecimentos de C#, C++ e Python. Recém formada em TI na Universidade X com média 9,5, trabalhei como programadora em C# voluntário no Vídeo Game X. Nosso projeto recebeu o prêmio de melhor jogo independente brasileiro. Busco combinar o que aprendi na indústria do vídeo game com o que aprendi na faculdade para criar código inovadores para os clientes da Empresa X.

 

Experiência como voluntária

 

Programadora em C#

Vídeo Game X (de janeiro de 2019 até fevereiro de 2020)

  • Implementei as mecânicas do jogo no motor gráfico Unity 3D;
  • Programei a inteligência artificial dos inimigos do jogo;
  • Importei diversos tipos de arquivos como áudio, texturas e objetos 3D no jogo.
  • Colaborei com designers e artistas.

Principal conquista:

  • Recebemos análises positivas de 95% dos jogadores.

 

Formação acadêmica

 

Bacharelado em TI 

Universidade X (fevereiro de 2020)

  • Presidente do clube de estudos de design de jogos;
  • Aula favorita: Modelagem de dados.
  • Fiz aulas de inteligência artificial como atividade extracurricular.

Principais conquistas:

  • Me formei como orador da turma;
  • Tirei nota 10 no meu TCC.

 

Competências e habilidades

 

  • Trabalho em equipe, adquirida após trabalhar como voluntário no Vídeo Game X;
  • Design de sistemas, adquirida após fazer um curso na Escola X;
  • Gamificação, adquirida após colaborar com o game designer do Vídeo Game X;
  • Inglês avançado, adquirida após me formar no Curso de Inglês X;
  • Espanhol intermediário, adquirido ao fazer aulas no Curso de Espanhol X.

 

Informações adicionais

 

  • Vencedora do Game Jam 2019 da Universidade X;
  • Apaixonada por arte e criatividade.

 

1. Escolha um formato para seu currículo de programador

 

Foi fazer debug de um código e deu dezenas de erros. Você foi averiguar e se deparou com um código completamente bagunçado. Frustrante. O recrutador também detesta bagunça. Fazer um currículo desorganizado é um dos maiores pecados de um candidato. O resultado? Currículo no lixo em 10 segundos. Veja como impedir que isso ocorra.

 

Formatando o currículo de programador

 

  • Use uma fonte legível, como Arial, Cambria ou Garamond;
  • Use tamanho 11;
  • Use margens 2,5;
  • Separe as seções do seu currículo deixando-as ligeiramente maiores que o resto.

 

Dicas extras para formatar o currículo de programador

 

  • Comece com a sua conquista mais recente e vá voltando no tempo.
  • Coloque as seções em ordem de importância;
  • No cabeçalho, coloque apenas seu nome, informação para contato e o LinkedIn.
  • Salve seu currículo em PDF, mas mantenha uma cópia em Word também.

Dica valiosa: o currículo deve ter apenas 1 página. Use hyperlinks para compartilhar informações adicionais sem ocupar espaço.

Além destas dicas, você também pode investir em um currículo criativo ao criar alguns elementos visuais nele. Apenas tome cuidado para não exagerar.

Material de estudo: quer ver como usar a interatividade para criar produtos e experiências memoráveis? Leia livro The Art of Interactive Design do programador Chris Crawford.

Seguindo essas dicas, você evitará que o cérebro do recrutador tenha um um bug e um crash ao ler o seu currículo.

 

Quer ler uma análise mais aprofundada? Leia o guia O que colocar no currículo.

 

2. Crie um objetivo de currículo ou um resumo profissional para o seu currículo de programador

 

Escrevendo o seu currículo, tente utilizar uma abordagem semelhante a programação top down. Ou seja, tudo começa com uma visão geral e depois vai afunilando. 

 

No currículo, esta visão geral é um pequeno texto que vai no início do documento no qual você se apresenta para o recrutador. Ele tem a função de instigar a curiosidade de ler o resto do currículo. A sua abordagem deve mudar de acordo com a sua experiência.

 

Escreva um resumo profissional se você tem mais de 2 anos de experiência:

  • Comece criando um documento com os seus pontos mais fortes;
  • Escreva um texto com 3 ou 4 pontos que estejam incluídos no anúncio da vaga.

Dica valiosa: se você for mencionar algum projeto, tome cuidado. Talvez haja uma cláusula no seu contrato que te impeça de fazer isso. Verifique antes.

Escreva um objetivo de currículo se você tem pouca experiência profissional:

  • Pense em tudo o que você aprendeu com a sua educação;
  • Liste as suas habilidades e como você pode contribuir para a empresa.

Material de estudo: já que falamos de contrato, que tal ver como a programação vai impactar o futuro do direito? Leia o artigo Future of Law da Coder Academy.

Seguindo essas dicas, é capaz de você criar um texto que é melhor do que a fase inicial de qualquer design top down que você já fez.

 

Para mais informações sobre como escrever o objetivo do currículo, leia o guia O que colocar no objetivo do currículo ou Resumo profissional no currículo.

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Crie uma seção de experiência no currículo de programador

 

Existe a discussão sobre se programação é uma ciência ou uma arte. É claro que simplesmente escrever um código que funciona é algo bem mecânico, mas analisar e entender as necessidades de um projeto e entregar um código inovador requer criatividade.

 

E é esse o tipo de serviço que as empresas buscam. Por isso, é fundamental mostrar que você tem a experiência necessária para fazer este tipo de julgamento. Para demonstrar isso no seu currículo para programador, liste estas informações:

  • Cargo;
  • Nome da empresa;
  •  As datas de trabalho.

Dica valiosa: Libere seu lado artístico.É possível estudar e praticar criatividade. Uma boa alternativa é o curso Reaprendizagem criativa da Keep Learning School.

Se você tiver pouca experiência, vale escrever mais um pouco. Coloque o seguinte:

  • 6 bullet points com as suas responsabilidades e conquistas;
  • Na hora de falar sobre conquistas, use números;
  • Comece cada bullet point com um verbo de ação.

Material para estudo: para se informar mais sobre o tópico de programação x arte, leia o artigo Computer Programming as Art  do cientista computacional Donald Knuth

1 if (Candidato seguiu essas dicas)

2 {

3 Console.WriteLine("Recrutador está impressionado");

4 }

 

Ok, não é exatamente assim que funciona na programação, mas deu para entender.

 

Para ler mais sobre como colocar a experiência profissional no currículo de programador, leia o guia Como colocar a experiência no currículo.

 

4. Educação no currículo de programador

 

Lembra de quando você ainda estava aprendendo Hello World? Agora você já sabe até como gerenciar os mais complexos bancos de dados. Você evoluiu muito e certamente quer mostrar ao recrutador a sua evolução. Para fazer isso, basta listar o seguinte:

  • Nome do curso e do grau conferido (se for o caso);
  • Nome da instituição;
  • Data de conclusão;
  • Data de início;

Dica valiosa: com a inteligência artificial, o Brasil pode aumentar o PIB em até 7,1% por ano, de acordo com uma pesquisa. Vale especializar-se na área. Veja os principais mestrado deste setor nesta lista.

Caso você tenha pouca experiência profissional, você precisa enfatizar ao máximo o seu ponto mais forte: a educação. Por isso, escreva um pouco mais.

  • Carga horária;
  • Notas (caso elas sejam MUITO altas);
  • Matérias relevantes;
  • Matérias optativas;
  • Trabalho de conclusão de curso (se aplicável).

Material para estudo: para iniciar seus estudos sobre inteligência artificial, leia Deep Thinking de Garry Kasparov.

Colocando a educação no currículo dessa forma, não tem erro. Pena que não podemos falar a mesma coisa da maioria das vezes em que se tenta rodar um código novo de primeira. Não fique triste. Ninguém disse que ser programador era fácil.

 

Mantenha em mente que você também pode colocar no currículo de programador cursos em andamento. Para ver como, leia: Como colocar educação no CV e Como colocar cursos em andamento no currículo.

 

5. Destaque habilidades no currículo para programador

 

Programar é a sua atividade principal, mas você precisa de muitas outras habilidades para ter sucesso. Você tem que ser focado, detalhista e por aí vai. Para criar uma lista perfeita de competências no currículo, siga esses passos:

  • Veja quais são mencionadas na descrição da vaga. Liste elas no seu currículo;
  • Mencione também as suas habilidades nas outras seções do currículo.

Dica valiosa: vale focar em soft skills. De acordo com Jesse Schell numa palestra GDC, os artistas do futuro combinarão arte com programação. Vale ficar atento nesta tendência.

Se você quer um pouco mais de inspiração, não se preocupe. Veja uma lista das habilidades mais requisitadas em programadores.

Material de estudo: se você ficou interessado em como a programação irá impactar o futuro da arte, leia o livro Hamlet no Holodeck da americana Janet Murray.

Você tem as habilidades para encarar qualquer desafio na frente do teclado. Agora, você sabe exatamente como mostrar isso ao recrutador.

 

Mas, se quiser uma análise aprofundada de como colocar as suas habilidades no currículo para programador, leia o nosso guia Competências e habilidades no currículo.

 

6. Seções adicionais fazem a diferença no currículo de programador

 

Ser versátil é fundamental no mundo da programação. Para provar ao recrutador que você tem um reportório que permite versatilidade, coloque mais algumas seções no seu currículo de programador. Por exemplo:

Dica valiosa: caso você tenha interesse em vídeo games, liste isso. Com o crescimento da gamificação, um programador que entende de design de jogos é valioso.

No campo das certificações, elas são fundamentais para mostrar a sua autoridade sobre o assunto. Além disso, elas podem aumentar seu salário em 10%. Se quiser tirar uma, veja uma lista dos principais certificados de programação.

Material para estudo: se você quer estudar gamificação, você pode fazer o curso do Instituto de Artes da Califórnia e ler o livro For the Win de Kevin Werbach.

Apenas tome cuidado para não repetir aquilo que já foi dito no resto do currículo. Da mesma forma que código repetido pesa na memória do sistema, informação redundante no currículo pesa na paciência do recrutador.

 

Para uma análise aprofundada, leia Como colocar informações adicionais no currículo.

 

7. Inclua uma carta de apresentação no currículo de programador

 

É fundamental enviar uma carta de apresentação com o seu currículo. Ela te apresenta para o recrutador de uma forma mais pessoal, mas tome cuidado. Erros de gramática são fatais. Principalmente na programação. Um pequeno erro pode destruir todo o código.

 

Por exemplo, um erro de digitação destruiu a inteligência artificial do jogo Alien: Colonial Marines. Então, o recrutador quer ter a certeza que você escreve bem. Para fazer isso, siga esses passos.

 

A estrutura de uma carta de apresentação

 

  • Primeiro parágrafo: apresente-se para o recrutador;
  • Segundo parágrafo: reconheça as necessidades da empresa e como você pretende surpri-las;
  • Terceiro parágrafo: encerre com um call to action, diga que anseia pela oportunidade de discutir suas ideias em uma entrevista, ou algo semelhante.

Dica valiosa: para garantir que a gramática da sua carta de apresentação está perfeita, utilize o site Plagiarisma.

Dicas extras para escrever a carta de apresentação no currículo de programador

 

  • Se possível, use o mesmo formato usado no currículo;
  • Personalize o texto para a vaga pretendida;
  • Escreva de forma simples;
  • Quando terminar, salve a sua carta de apresentação modelo em PDF.

Material para estudo: se você quer melhorar a sua escrita, leia o artigo Writing tips for programmers escrito por Adam Ing.

Prontinho. Seguindo essas dicas, você vai criar um texto mais impressionante que um código em C++.

 

Quer aprender mais sobre o assunto? Leia Como fazer uma carta de apresentação

 

Nada mais satisfatório do que perceber que o código rodou de primeira, não é? Errado. Receber uma ligação do recrutador para uma entrevista é ainda melhor. Para conseguir isso, basta seguir os passos que você aprendeu aqui e mandar o currículo por email.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Caso tenha alguma dúvida, deixe seu comentário na seção abaixo. Vamos conversar!

Avalie meu artigo: curriculo programador
Média: 5 (1 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares