Como colocar curso de inglês e outros idiomas no currículo

Como colocar curso de inglês e outros idiomas no currículo

Ao falar um segundo idioma, você faz parte de um minoria no Brasil. Mas, isso é inútil se você não sabe como colocar idiomas no currículo. Descubra como.

Não importa se você é praticamente a versão humana do dicionário Oxford ou alguém com uma proficiência no Espanhol digna de Miguel de Cervantes. 

 

Ter um diploma na parede não adianta nada se você não colocar o curso de inglês ou de outro idioma no currículo do jeito certo.

 

Bastante pressão, não é? Don´t worry. É mais fácil do que você pensa, como você verá nos próximos 5 minutos.

 

Continue lendo e você verá um exemplo profissional de como colocar o curso de inglês e outros idiomas no currículo, que você pode editar de acordo com as suas necessidades. Além disso, você vai aprender uma fórmula fácil de como colocar o curso de inglês e outros idiomas no currículo.

  

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Quer um artigo focado em como colocar cursos no currículo, não apenas de idiomas? Veja nosso guia: Como colocar cursos no curriculum vitae.

 

Agora, vamos ao guia.

 

1. Como avaliar o seu nível antes de colocar o curso de inglês e outros idiomas no currículo

 

Pense no seguinte. Cada curso adota uma nomenclatura diferente para os níveis. Se o recrutador não tiver estudado na mesma escola que você, ele não entenderá nada. 

 

Informações confusas podem fazer o recrutador destacar o currículo em menos de 10 segundos. É fundamental usar uma escala que a empresa entende. Siga o seguinte:

  • Básico: conhecimentos introdutórios sobre o idioma;
  • Intermediário: consegue fazer conversas simples;
  • Avançado: domina a língua, tanto de forma escrita quanto oral;
  • Fluente: entendimento total, praticamente um nativo.

 

Se estiver concorrendo para vaga internacional, consulte o sistema usado no seu possível país de destino. Se for na Europa, use o Quadro Europeu de Referências para Línguas:

  • A1: usuário iniciante. É capaz de formar frases muito simples,
  • A2: usuário básico. Consegue compreender e criar frases isoladas;
  • B1: usuário intermediário. Consegue realizar conversas simples;
  • B2: usuário independente. Entende a idéia principal de discursos complexos;
  • C1: usuário proficiente. Consegue desenvolver e entender discursos complexos;
  • C2: usuário com domínio pleno. Se expressa de forma complexa sem dificuldades.

Dica valiosa: Se você exagerar na sua autoavaliação, o recrutador verá isso como uma mentira. Seja sincero. 85% dos candidatos são eliminados por mentir no currículo.

Está na dúvida sobre o seu nível em um determinado idioma? Não se preocupe. 

 

Recursos para testar o seu nível de fluência em um idioma

 

Você pode fazer testes online que te dizem o seu nível. Veja esses exemplos abaixo:

 

Agora que você sabe como julgar as suas capacidades linguísticas, veja o próximo passo.

 

Não adianta saber como colocar idiomas no currículo se você não sabe como colocar o resto das informações. Por isso, leia o guia O que colocar no currículo.

 

2. Como colocar o curso de inglês e outros idiomas no currículo

 

Começamos pelo básico. Não adianta ser um mestre poliglota se você não sabe como compartilhar isso no currículo. Para não vacilar, siga essas dicas:

  • Coloque os seus idiomas na sua seção de habilidades no currículo;
  • Se você fala mais de 2 línguas, crie uma seção separada para os idiomas;

 

Em ambos os casos, mencione o nome da escola em que se formou e a data de formatura.

 

Exemplo: como colocar o curso de inglês e outros idiomas na seção de habilidades do currículo

 

Habilidades

  • Fluente em inglês (Curso X, formado em janeiro de 2019);
  • Espanhol intermediário (Curso Y, formatura prevista para junho de 2021).

 

Exemplo: como criar uma seção de idiomas no currículo

 

Idiomas

Inglês fluente

Curso X (formado em janeiro de 2019)

 

Espanhol intermediário

Curso Y (formatura prevista para junho de 2021)

Dica valiosa: se você é um universitário que fala inglês, veja com a sua universidade se há a possibilidade de escrever a sua monografia neste idioma. Isso pode ser altamente benéfico para quem busca uma carreira internacional.

Mas, se você estiver concorrendo a uma vaga em que um segundo idioma é fundamental, então é vital informar isso ao recrutador o mais rápido possível. Se ele não vê os seus idiomas logo de cara, pode descartar o seu currículo. Nas suas informações pessoais, na hora de dizer a sua profissão, siga esta fórmula:

 

Nome da profissão + bilíngue (fluente em insira o nome do idioma)

 

A ordem destes fatores pode variar dependendo da língua, como ocorre no inglês.

 

Exemplo: como colocar o curso de inglês e outros idiomas nas informações pessoais do currículo

 

Pedro Sousa da Costa

Bilingual journalist (fluent in English)

pedro.sousa.costa@email.com

+ 55 (xx) xxxx-xxxx

linkedin.com/in/pedrosousacosta

 

Prontinho. Se você colocar o curso de inglês e outros idiomas no currículo desta maneira, você informa ao recrutador sobre as suas habilidades linguísticas sem complicação, mas ainda temos mais algumas dicas para você.

 

Além dos seus idiomas, você também pode colocar outras informações adicionais no currículo. Para uma análise completa, leia o guia Informações adicionais no currículo.

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Dicas extras para colocar o curso de inglês e outros idiomas no currículo

 

Comemore. Ao falar um segundo idioma, você faz parte de uma minoria. Por exemplo, apenas 5% dos brasileiros falam inglês. Mas, isso não significa que você deve relaxar. Para aumentar suas chances de conseguir uma vaga, siga essas outras dicas:

  • Mencione experiências nas quais você precisou do idioma, mesmo que seja um emprego temporário ou um trabalho voluntário (recrutadores adoram!);
  • Está com dificuldade para escolher o curso de inglês? Leia nosso artigo: Os melhores cursos para colocar no currículo. Tem uma seção só para cursos de inglês.
  • Nas seções adicionais do seu currículo, mencione alguns dos seus livros favoritos que foram escritos no idioma estrangeiro e que sejam pertinentes para o cargo;
  • Não mencione que português é o seu idioma nativo. Isso é subentendido. Recrutadores odeiam informações desnecessárias;
  • Quer carreira no exterior? Busque um certificado internacional. Veja o motivo:
No exterior, ninguém conhece os cursos do Brasil, então podem não confiar na qualidade do ensino. Mas, se você conseguir um certificado internacional, você consegue uma comprovação reconhecida em todo mundo da qualidade das suas habilidades linguísticas.

Está convencido a conseguir uma certificação internacional? Esta lista vai ajudar.

 

As principais certificações internacionais para cada idioma

 

Veja os certificados mais relevantes para cada língua:

 

Para uma lista completa de certificações, veja o artigo publicado pela Exame.

 

Colocar o idioma no currículo é mais fácil do que usar o verbo to be, não é?

 

Um bom jeito de demonstrar toda a sua proficiência em uma língua é escrever uma carta de apresentação nela. Para ver como, leia o guia Como fazer uma carta de apresentação.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Revisão: como colocar o curso de inglês e outros idiomas no currículo

 

Comprimir anos de estudos em apenas algumas linhas no currículo pode parecer algo extremamente complicado, mas você viu que é mais fácil que the book is on the table. Basta fazer o seguinte.

  • Descubra o seu nível exato de proficiência no idioma;
  • Coloque isso nas suas informações pessoais;
  • Também bote nas informações adicionais no currículo.

 

Depois, é só salvar o currículo em PDF, mas não se esqueça de ter uma cópia do currículo em Word também. Agora, é só mandar ele por email.

 

Obrigado por ler o meu guia. Agora eu gostaria de ouvir você:

  • Quais são os maiores desafios na hora de colocar o curso de inglês e outros idiomas no currículo?
  • Qual a sua maior dificuldade?
  • Ainda há alguma dúvida?

 

Deixe um comentário abaixo e vamos conversar!

Avalie meu artigo: curso ingles curriculo
Média: 5 (4 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares