Minha conta
O que não colocar no currículo: 12 erros para evitar no CV

O que não colocar no currículo: 12 erros para evitar no CV

Muito se fala do que devemos incluir em um curriculum vitae, mas como saber o que NÃO colocar no currículo? Evite erros comuns lendo nossas 12 dicas do que não incluir no CV.

O curriculum vitae é um panfleto de venda. Ele visa convencer um recrutador de que você é a pessoa certa para uma posição específica em uma instituição. Não existe maneira correta ou errada de preparar o currículo, contando que este papel seja cumprido.

 

Apesar disso, não faltam estudos comprovando que tipo de coisa costuma passar uma boa ou má impressão do candidato, e você pode se beneficiar ao utilizar essas informações ao seu favor.

 

Abaixo selecionamos 12 erros comuns que você pode facilmente evitar e garantir que os recrutadores não vão torcer o nariz ao ler seu currículo. Veja o que não colocar no currículo:

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

O que não colocar no currículo

 

Não importa se você é um novato vendo como fazer o currículo para primeiro emprego ou alguém com décadas de experiência. Confira 12 coisas que você não deve colocar no currículo, desde o objetivo profissional até a foto:

 

1. Mentiras

 

Isso é óbvio e nem deveria ser dito, não é verdade? Só que um estudo (em inglês) constatou que 85% dos recrutadores descobriram mentiras em currículos recebidos. Imagine ser pego mentindo profissionalmente. Você não quer fazer parte dessa estatística, certo?

 

2. Informações irrelevantes à vaga

 

O currículo deve ser 100% personalizado para a vaga concorrida, para aumentar suas chances. Até hobbies e interesses são válidos, mas apenas quando forem pertinentes para a posição. Informações irrelevantes farão os recrutadores sentirem que estão desperdiçando tempo ao ler seu CV.

 

3. Endereço

 

Não é errado colocar seu endereço no currículo, mas é desnecessário, e como já vimos, o que é desnecessário não deve ser incluído no documento.

 

Há empregadores que consideram o local onde o candidato mora como fator ao contratar, mas isso deve ser discutido depois, por exemplo, na entrevista. Já que dificilmente um recrutador deixaria de considerar um empregado pela falta do endereço no CV, incluir essa informação pode te prejudicar mais do que ajudar.

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

4. Pretensão salarial

 

Este é outro item que pode te prejudicar mais do que te ajudar. Quando um recrutador lê um currículo, ele assume que aquele candidato trabalharia pelo salário oferecido.

 

Deixe a negociação salarial para a entrevista, quando você tem mais chances de provar seu potencial, ou mesmo depois dela, quando a empresa mostrar interesse em te contratar. 

 

5. Dados e números pessoais

 

Inclua apenas o que for necessário para que o empregador possa te contatar. Seu nome completo, telefone e e-mail devem constar no currículo, e mídias sociais se forem relevantes para a vaga, mas coisas como número de RG e CPF não devem estar no documento.

 

No caso de um currículo para motorista, por exemplo, você pode colocar simplesmente “possuo carteira de habilitação”. Não precisa dar o número da CNH.

 

6. Excesso de informações

 

Esse é um erro comum nos novatos.

 

Em geral, os recrutadores olham pouco tempo para um currículo, portanto tente colocar o maior valor possível na menor quantidade de informações. O ideal é fazer um currículo com uma ou duas páginas, e espaço em branco o suficiente para ser agradável de ler.

 

Se você ainda tem pouca experiência, leia também estes guias:

 

 

Veja dicas do que incluir no seu curriculum vitae em: O que colocar no currículo.

 

7. Foto

 

Devemos colocar ou não foto no currículo? As únicas situações em que devemos são:

  • Quando se concorre a uma posição em que a aparência é importante, como para atores e modelos.
  • Quando se envia o CV para uma vaga internacional em que currículos com fotos são a norma.

 

Para saber mais sobre fotos no CV, leia o guia: Quando e como colocar foto no currículo.

 

8. Título

 

Antigamente era comum escrever CURRICULUM VITAE no topo do documento, como um título. Hoje em dia o cabeçalho se consiste apenas em dados do candidato, como nome e telefone. Coloque apenas isso antes do resumo profissional.

 

Essa mudança de hábito aconteceu porque, atualmente, os currículos são enviados de maneiras em que já são identificados como tal. Um documento digital chamado “currículo”, enviado por um botão de “envie aqui seu currículo”, e formatado como um currículo, não deixa dúvidas do que é.

 

Tem problema colocar esse título? Em teoria, não, mas dependendo do recrutador, ele pode te achar antiquado e desatualizado.

 

9. Assinatura

 

Apesar de muita gente ainda assinar a carta de apresentação, o currículo não necessita de assinatura. Os recrutadores não têm motivos para achar que o documento não é verdadeiro, já que a próxima etapa do processo seletivo é uma entrevista presencial.

 

10. Referências profissionais

 

Se a descrição da vaga solicitar referências de chefes e colegas, envie-as separadamente, em um arquivo à parte do curriculum vitae. Caso contrário, não as envie.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua.

11. Assuntos polêmicos

 

Religião e política devem passar longe do seu currículo, a não ser que a vaga seja em uma instituição religiosa ou política.

 

Talvez você tenha lido os valores da empresa, e tenha achado que seus valores cristãos casam muito bem com eles. Então por que não colocar no currículo sua religião? O problema é que seu currículo pode passar em muitas mãos antes da decisão de te contratar, e esse tipo de informação tem muito mais chance de te prejudicar do que te ajudar.

 

O mesmo vale para passatempos que alguns consideram saudáveis e outros fazem “cara feia”, como caça e pesca. Mesmo que você tenha uma opinião muito forte sobre um desses assuntos, esse não é o momento de arriscar.

 

12. Erros de português

 

Outro item que parece óbvio e que nem deveria estar aqui. Só que, segundo um levantamento da Catho, erros de português são os maiores responsáveis pela eliminação de currículos. Três em cada dez CVs não passam no teste da ortografia.

 

Leia, releia e leia de novo seu CV, até ter certeza que o português está perfeito. Dê para alguém bom de português ler e te ajudar, não custa nada e pode aumentar muito suas chances.

 

Espero ter ajudado! Quero saber de você:

  • Há alguma outra coisa que não deve ser colocada no currículo?
  • Você tem alguma dúvida se algum item deve ou não ser colocado?
  • Deixe um comentário na seção abaixo!
Avalie meu artigo: o que nao colocar no curriculo
Média: 4.33 (3 votos)
Obrigado por votar
Bruno Bertachini
Bruno é um especialista em carreira da Zety comprometido em oferecer conselhos ocupacionais que agreguem valor a profissionais em todas as etapas de suas jornadas.

Artigos Similares