Minha conta
O que colocar no currículo: guia completo com modelos e exemplos

O que colocar no currículo: guia completo com modelos e exemplos

O que colocar no currículo é a dúvida de muitos profissionais. Você veio ao lugar certo para tirar todas as dúvidas e fazer o currículo perfeito.

Objetivo profissional: um novo emprego.

 

Você escolhe as vagas e senta no seu computador, decidido a deixar o seu currículo pronto. 

 

Você escolhe o modelo de currículo perfeito. 

 

Você já tem uma ideia de que colocar no documento.

 

Mas, existem vários pequenos detalhes que te atormentam sobre o que exatamente você deve colocar no currículo. E o que não colocar.

 

Neste guia, você vai aprender exatamente o que colocar no currículo.

 

Em 5 minutos, você verá irá aprender o que colocar no documento para aumentar as suas chances de conseguir o seu objetivo profissional: o próximo emprego.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Não importa se é apenas o seu primeiro currículo. Veja um exemplo do que colocar no currículo

 

João Carlos da Silva

21 2741-2109

Rua Santa Catarina, 123, Tijuca, Rio de Janeiro 

joãocarlosdasilva@gmail.com

@CarlosSilva

 

10 anos como editor de grande jornais como o Extra e O Globo. Todos os meus empregadores tiveram um aumento de ao menos 30% no número de leitores e a minha entrevista com a Personalidade X ganhou o Prêmio Y. Busco novos desafios e quero trazer este aumento para a sua empresa.

 

Experiência

 

O Globo, editor chefe geral (janeiro de 2012 até outubro de 2019)

  • Liderei uma equipe de 20 jornalistas
  • Organizei todas as pautas do jornal diariamente
  • Consegui um aumento de 40% no número de leitores

 

Extra, editor chefe de esportes (junho de 2009 até dezembro de 2011)

  • Liderei a equipe esportiva do jornal
  • Geri os projetos da seção esportiva do jornal
  • Consegui um aumento de 30% no número de leitores

 

SporTV, jornalista esportivo (outubro de 2006 até março de 2009)

  • Escrevi 5 artigos por dia
  • Consegui uma entrevista exclusiva com o presidente da CBF
  • Escrevi uma grande reportagem que ganhou o prêmio XYZ em 2008

 

Educação

 

Mestrado em ciências da comunicação, Universidade do Porto (formado em junho de 2012)

Bacharel em jornalismo, Universidade Veiga de Almeida (formado em dezembro de 2008)

 

Educação complementar

 

Curso de marketing esportivo na ABC (formado em agosto de 2011)

Curso de marketing digital na ABC (formado em agosto de 2010)

 

Idiomas

 

Inglês fluente, formado no curso XYZ em dezembro de 2007

 

Competências

 

  • Resolução de conflitos
  • Pensamento crítico
  • Raciocínio lógico
  • Programação
  • Web design
  • Gestão de negócios

 

Agora que você viu esse exemplo, deve estar se perguntando como você vai criar algo igual. Relaxa, é só continuar lendo que você vai aprender.

 

1. O que colocar no currículo?

 

Começamos com uma dúvida cruel.

 

Mas, vamos ver o básico primeiro.

 

Este documento consiste de cinco partes:

  • Contato
  • Foto (opcional)
  • Resumo
  • Experiência
  • Educação
  • Habilidades

 

O contato e o resumo sempre devem ficar nesta ordem, mas você pode alterar o posicionamento das outra partes, dependendo da sua situação. 

 

O motivo é simples.

 

Quando estiver decidindo o que botar no seu modelo de currículo, lembre-se de sempre organizar estas partes por ordem de relevância. 

 

Ou seja, caso você julgue que a sua educação é mais impressionante que a sua experiência, coloque a sua vida acadêmica em primeiro plano.

 

Além disso, também é possível adicionar algumas sessões extra neste modelo de currículo.

 

Idiomas, educação complementar, conquistas e hobbies podem te ajudar, caso eles tenha algo relacionado com a vaga. Veremos mais sobre isso em breve.

 

Mas, independente da abordagem que adotar, não se esqueça de uma coisa.

 

Faça um currículo simples de apenas uma página. Lembre-se que o recrutador tem centenas para ler de centenas de profissionais. Se o seu for muito longo, ele vai para o lixo, assim como suas chances de ser chamado para as vagas.

 

Agora, vamos dar uma olhada no que botar em cada parte do seu currículo.

 

Mas, caso queira mais inspiração para escrever, pode ler mais sobre o assunto: Como formatar o currículo.

 

2. Como colocar informações de contato no currículo

 

Formatou o documento da forma correta.

 

Agora vamos começar a escrever.

 

Para fazer isso, bote um pequeno cabeçalho com os seus dados de contato:

  • Nome
  • Endereço
  • Telefone
  • Email
  • Link para algum site, blog, portfolio, ou LinkedIn

 

Mas, além de saber o que botar no currículo, também é importante saber quais dados não botar. 

 

No caso das informações pessoais, evite passar o seu CPF ou o seu estado civil. Isso não é relevante para a decisão do recrutador. Caso esses dados sejam necessários para as vagas, os recrutadores vão pedir por eles.

 

Exemplo de como botar as informações de contato no currículo

 

CERTO

João Carlos da Silva

Rua Santa Catarina, 123, Tijuca, Rio de Janeiro 

21 2741-2109

joãocarlosdasilva@gmail.com

ERRADO

João Carlos da Silva

Rua Santa Catarina, 123, Tijuca, Rio de Janeiro 

21 2741-2109

joãocarlosdasilva@gmail.com

@CarlosSilva

CPF: xxx.xxx.xxx-xx

Casado, com dois filhos

 

O certo e o errado são parecidos, não é? Nem tanto. O errado colocou informações desnecessárias. O certo focou apenas no essencial.

Dica valiosa: se estiver escrevendo para uma vaga no exterior, lembre-se de botar o código de área do Brasil (+55) antes do seu telefone.

Não se esqueça de manter seus dados sempre atualizados, tanto no currículo quanto em sites e em mídias sociais.

 

Algo que você também pode adicionar nesta parte inicial é uma foto sua. Você não é obrigado, mas pode ajudar. Leia aqui um guia sobre como tirar uma: Como colocar foto no currículo

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Escrevendo o resumo profissional do currículo

 

É fundamental causar uma boa primeira impressão. Por isso, você precisa caprichar aqui.

 

O resumo é um pequeno texto que te introduz ao recrutador. É o primeiro contato que ele tem com o seu perfil e o seu objetivo profissional.

 

Causar uma primeira impressão forte é a diferença entre o recrutador continuar lendo ou jogar o seu currículo no lixo.

 

Mas, ok… o que escrever exatamente? Veja essas dicas.

 

O resumo pode abordar as duas coisas.

 

Primeiramente, você pode falar sobre a sua experiência e os seus resultados como profissional. Se você trabalhou em alguma empresa de muito destaque, mencione isso.

 

Caso você não tenha muita experiência, foque na sua educação e nos seus objetivos profissionais. Também destaque alguma atividade que você desempenhou que tenha te ajudado a desenvolver competências relevantes para o cargo. Coisas como estágio ou trabalhos voluntários.

 

Mas, independentemente de qual seja o seu caso, é importante se manter atento a algumas dicas.

 

Primeiramente, o resumo é apenas isso… um resumo. Ou seja, ele precisa ser curto. 3 ou 4 frases são o bastante. 

 

Ele também precisa ser claro e ir direto ao ponto, além de usar linguagem simples.

Dica valiosa: não coloque a expectativa salarial no resumo. O recrutador irá perguntar na hora certa.

E antes de botar alguma coisa no seu modelo de currículo, é importante pensar bem no que você vai escrever. 

 

Esta é a sua chance de cumprir seu objetivo: causar uma boa primeira impressão. Então compartilhe as coisas mais impressionantes sobre carreira, educação, prêmios e coisas do tipo.

 

Exemplo do que colocar no resumo do currículo (experiênte)

 

CERTO

10 anos de experiência como editor de grande jornais como o Extra e O Globo. Todos os meus empregadores tiveram um aumento de ao menos 30% no número de leitores. Tenho como objetivo novos desafios e quero trazer este aumento para a sua empresa.

ERRADO

10 anos como editor. Sempre busco me dedicar ao máximo a qualidade do conteúdo. No momento, quero novas oportunidades que me permitam desenvolver minha carreira.

 

Mas, caso você não tenha experiência, pode botar outras coisas, como:

 

Exemplo do que colocar no resumo do currículo (inexperiente)

 

CERTO

Jornalista formado na Universidade X com um ano de estágio na Empresa Y. Com muito foco e com uma ótima capacidade de aprendizado, consegui me formar com CR 9,5. Especialista em entretenimento, meu objetivo é botar este conhecimento em prática para criar o melhor conteúdo sobre o mundo pop e ajudar sua empresa a crescer.

ERRADO

Apesar de não ter experiência profissional como jornalista, sou formado na Universidade X. Tenho muita vontade de aprender coisas novas e me desenvolver profissionalmente.

 

Podemos ver que o candidato certo compensou a falta de tempo no mercado ao falar sobre as conquistas, habilidades e a forte performance acadêmica. Além disso, ele falou como pretende ajudar a empresa. 

 

Já o candidato errado se entregou ao dizer logo de cara que não tem vivência no mercado. Além disso, focou demais em como a vaga beneficia ELE. Currículo no lixo.

 

Para mais dicas sobre como escrever o resumo perfeito, leia o nosso guia: Como escrever o objetivo do currículo.

 

4. Como colocar a experiência profissional no currículo

 

É a parte mais importante do currículo. Pelo menos na maioria dos casos.

 

Mas, antes de começar a escrever nela, temos que entender algumas dicas.

 

Você não pode simplesmente escolher um modelo de currículo para preencher e sair escrevendo nas sessões de forma aleatória. 

 

É necessário planejamento.

 

Para isso, o melhor é usar a ordem cronológica inversa. Ou seja, comece listando o seu emprego mais recente no topo e depois vá voltando no tempo.

 

Este formato garante que a sua posição mais relevante receba destaque, além de ser o tipo de currículo com que os recrutadores já estão mais acostumados.

 

Mas, e se você for uma pessoa com pouco tempo no mercado?

 

Neste caso, escreva sobre estágios, trabalhos voluntários ou projetos que você desenvolveu.

 

Mas, talvez a sua situação seja o oposto disso.

 

Talvez você seja um veterano com décadas no mercado.

 

Neste caso, mantenha em mente que você não precisa listar tudo o que você já fez. Escreva apenas sobre as oportunidades mais relevantes para o cargo que você almeja.

 

Mas ok, depois dessas explicações, chegou a hora de ver dicas de como começar a botar as suas vivências no modelo de currículo da sua escolha.

 

Para fazer isso, mencione o seguinte:

  • Nome da empresa;
  • O cargo;
  • A data em que trabalhou lá;
  • Caso seja uma empresa pouco conhecida, convém escrever uma pequena frase explicando o que ela faz.

 

Por fim, liste as principais atribuições ou conquistas que você teve nesta empresa. 

Dica valiosa: Na hora de descrever as suas atribuições, use números para descrever a sua performance.

O resultado deve ser algo assim:

 

Exemplo de como colocar a experiência no currículo

 

CERTO

O Globo, editor chefe geral (janeiro de 2012 até outubro de 2019)

  • Liderei uma equipe de 20 jornalistas
  • Organizei mais de 15 pautas diariamente
  • Consegui um aumento de 40% no número de leitores
ERRADO

O Globo, editor chefe geral (janeiro de 2012 até outubro de 2019)

 

O exemplo errado recebe este nome por ser muito vago. Ok, o candidato trabalhou em uma posição de liderança, mas essa informação sozinha não ajuda muito o recrutador. 

 

O exemplo certo lista detalhadamente as atribuições do candidato, usa números e mostra uma conquista.

 

Para mais informações sobre como falar sobre sua carreira no seu modelo de currículo, leia os nossos outros guias sobre o assunto: Como colocar a experiência no currículo.

 

5. Como colocar a educação no currículo

 

Convém botar esta parte do seu currículo antes da sessão sobre trabalho, caso você não tenha muitos anos de carreira.

 

Mas, como escrever sobre a educação no seu modelo de currículo?

 

Assim como na sessão anterior, você deve organizar as informações na ordem cronológica inversa. Os cursos mais recentes vem primeiro.

 

E, caso você já tenha se formado na faculdade, não precisa mencionar o Ensino Médio, a não ser que tenha feito algo fora da curva, como um intercâmbio. 

 

Escreva o nome dos cursos que fez, das instituições e os ano de formatura.

 

Para um profissional com muitos anos de carreira, isso já é o bastante. Não precisa listar os detalhes do curso.

 

Exemplo de como citar a educação no currículo (profissional experiente)

 

CERTO

Mestrado em ciências da comunicação, Universidade do Porto (formado em junho de 2012)

ERRADO

Mestrado em ciências da comunicação, Porto, Portugal

 

Mas, caso você seja um profissional com pouca vivência, vale a pena dar mais ênfase na educação e também listar algumas conquistas que você teve na instituição. Caso as suas notas tenham sido MUITO altas, vale mencionar elas também.

 

Exemplo de como citar a educação no currículo (profissional inexperiente)

 

CERTO

Formado em Jornalismo pela Universidade X

Cidade Y, Estado Z

CR 9,5

  • Formado com o maior CR da turma
  • 10 artigos publicado no website da faculdade
  • Vencedor de um concurso universitário de escrita criativa
ERRADO

Formado em Jornalismo pela Universidade X

 

Moleza, não é? É assim que se cria uma seção de educação impressionante.

 

Para mais informações sobre como botar a sua educação no seu modelo de currículo, leia o nosso guia sobre o assunto: Como colocar a educação no currículo

 

6. Como colocar suas habilidades no currículo

 

Veja essa esta estatística.

 

Um estudo conduzido pela Recruiter Nation mostra que 65% dos recrutadores reclamam da falta de candidatos qualificados para uma vaga.

 

Essa parte vai ajudar a convencê-los de que você possui as habilidades certas.

 

Mas, você não pode simplesmente mencionar qualquer coisa. Pense nas suas habilidades mais relevantes para o cargo que almeja.

 

A descrição da vaga pode te ajudar nisso.

 

Veja a descrição que o recrutador escreveu. Provavelmente, ele redigiu um pequeno perfil do candidato ideal. Veja quais palavras-chave ele usou e tente botar elas. 

 

Esse conselho vale para todo o documento, não apenas para a parte em específico.

 

Mas, convém listar mais habilidades do que só aquelas mencionadas pelo recrutador. 

 

Para fazer isso, é fundamental entender a distinção entre soft skills e hard skills.

 

Soft skills são habilidades pessoais, como a capacidade de aprendizado, organização e transparência.

 

Hard skills são habilidade técnicas, como saber programar, editar vídeo ou operar uma câmera profissional. 

 

Um bom profissional é uma mistura das duas coisas. Por isso, é interessante mencionar ambos os tipos de habilidades.

 

Imagine responsabilidades em uma vaga para redator-chefe de um jornal online:

  • Liderar uma equipe de 15 jornalistas
  • Criar a estratégia de conteúdo
  • Distribuir pautas
  • Criar parcerias comerciais
  • Sempre trabalhar para trazer melhorias para o site

 

Exemplo de como listar as habilidades em um currículo

 

CERTO
  • Resolução de conflitos
  • Pensamento crítico
  • Raciocínio lógico
  • Programação
  • Web design
  • Gestão de negócios 
ERRADO
  • Redação de textos
  • Escrita
  • Edição de textos
  • Vontade de aprender
  • Comunicação
  • Transparência

 

Tente se encaixar no perfil que o recrutador está buscando. Mas, não minta. Apenas lista uma habilidade se sentir que ela realmente te representa.

Dica valiosa: seja o mais específico possível. Se você estiver se candidatando para uma vaga de programador, liste quais linguagens você conhece. Não diga apenas que sabe programar. 

De acordo com um estudo da Hire Rights, 85% dos candidatos mente. Se tantas pessoas entraram nessa estatística, é por que eles foram apanhados. Não corra o mesmo risco.

 

Para mais informações sobre como botar a suas habilidades, leia o nosso guia sobre o assunto: Como colocar habilidades e competências no currículo.

 

7. Como colocar interesses no currículo

 

Entender quem é o ser humano por trás do profissional é uma prioridade para as empresas.

 

Elas fazem isso principalmente para verificar se o candidato se encaixa dentro da cultura da empresa. Os seus interesses certamente são uma forma de fazer isso.

 

Mas, procure focar em interesses que te permitem desenvolver habilidades úteis em um ambiente de trabalho. 

 

Coisas como xadrez, esportes, literatura, por exemplo. Mas, é claro que é necessário tem bom senso na hora de escolher e só listar coisas que fazem sentido para a sua profissão.

 

Temos um artigo falando sobre como listar não apenas seus hobbies, mas outras informações adicionais: Como colocar informações complementares no CV.

 

Exemplo de como listar interesses no currículo

 

CERTO
  • Xadrez;
  • Esportes;
  • Escrita criativa
ERRADO

Sair com os amigos, viajar e ir ao cinema.

 

O certo recebe esse nome por ter organizado os interesses em bullet point, deixando-os mais fáceis de serem lidos e listou coisas que envolvem competências úteis para uma empresa.

 

O errado fez o oposto. Escrever tudo em uma linha e ainda por cima só falou de coisas que em nada ajudam a empresa.

Dica valiosa: evite falar sobre interesses que podem ser controversos, como política ou religião. Caso o recrutador não compartilha da sua visão nesses tópicos, você pode perder a oportunidade.

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Pontos para lembrar

 

Veja agora um pequeno resumo sobre o que colocar no currículo.

 

  1. Coloque suas informações de contato;
  2. Comece com uma resumo impactante e bem escrito;
  3. Coloque sua vivência profissional;
  4. Escreva sobre os cursos da educação;
  5. Fale sobre suas habilidades;
  6. Liste seus interesses;
  7. Sempre busque entender os seus pontos mais fortes e priorize-os no seu currículo.
  8. Estude a descrição da vaga e ajuste o seu currículo para o que o recrutador quer.

 

Não tem erro. Seguindo os passos que você acabou de ler, fazer o currículo perfeito ficou fácil. Conseguir o seu próximo objetivo profissional é apenas uma questão de tempo. 

 

Você ainda tem alguma dúvida sobre o que colocar no currículo? Quer mais detalhes sobre como mencionar a educação? Escreva um comentário e vamos conversar.

Avalie meu artigo: o que colocar curriculo
Média: 5 (2 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares