Carta de apresentação em inglês: como fazer + modelo pronto

Carta de apresentação em inglês: como fazer + modelo pronto

No curso de inglês não te ensinaram a fazer uma carta de apresentação. Bom, está na hora de aprender. Veja como fazer uma carta de apresentação em inglês.

Com a situação no Brasil ficando cada vez mais complicada, é natural que você queira sumir daqui. Quase todo mundo tem esse sonho, mas poucos cumprem um requisito básico: falar inglês.

 

Mas, isso não basta. Para conseguir uma oportunidade no exterior, é necessário ter maestria na língua. Afinal, certamente você precisará escrever uma carta de apresentação. Fazer uma em português já é difícil, imagina em inglês.

 

Mas não se preocupe. Você veio ao lugar certo para aprender como fazer uma carta de apresentação em inglês. Não importa se você quer ir para a terra do tio Sam ou da rainha, nos próximos 5 minutos, você verá como escrever a carta que vai te abrir essa porta.

 

Continue lendo e você verá exemplos profissionais de cartas de apresentação em inglês, que você pode preencher de acordo com as suas necessidades. Além disso, você vai aprender uma fórmula fácil para escrever uma carta de apresentação.

 

Você quer fazer uma carta de apresentação perfeita em apenas alguns minutos? Use o nosso gerador de cartas de apresentação. Escolha um dos 18 modelos profissionais de carta de apresentação e adote o mesmo estilo no o seu currículo!

 

carta de apresentação

Modelo de carta de apresentação feito com o nosso gerador de cartas de apresentação. Confira mais modelos de cartas de apresentação.

 

Mas, é inútil fazer uma carta de apresentação em inglês perfeita se ela acompanha um currículo que vai acabar virando combustível para fogueira. Para ver como escrever o melhor currículo possível, leia este guia:

 

 

Agora, vamos ver como escrever a carta mais poderosa do que a carta do Papai Noel, afinal, ela vai te levar para o outro lado do mundo. Ou assim esperamos. De qualquer forma, vamos ao guia de como fazer uma carta de apresentação.

 

Modelo de carta de apresentação em inglês (Versão em texto)

 

Carlos Cunha

Brazilian Portuguese - English translator

 

+55 (xx) xxxxx-xxxxx

carlos.cunha@email.com

linkedin.com/in/carloscunha

 

Dear Mr. Robinson,

 

As a translator with 10 years of experience in the video game industry, it was a pleasure to see that your studio has an opening for this position. According to your job posting, you need someone with ample experience translating dialogue and working with actors. Throughout my experience, I translated more than 50 titles, across various genres, and I doubled as a voice coordinator in 12 occasions. 

 

Considering my experience translating video games, I believe to be a good match for this opportunity. Additionally, I strongly believe in the themes addressed by the previous games of this franchise. I played every single entry, and I am highly familiar with the speech of every character.

 

Working in this project would be a mutually beneficial opportunity, as I believe that I can learn a lot directing your actors, while I use my experience to create memorable lines of dialogue for them to speak.

 

I am looking forward to hearing from you so we may arrange an interview to discuss my ideas for your upcoming project.

 

Kind regards,

 

Carlos Cunha

 

Se você quer pular para uma parte específica do guia, use este menu:

 

  1. O que é uma carta de apresentação? Eu devo enviar?
  2. Como formatar a carta de apresentação em inglês
  3. O que escrever na carta de apresentação em inglês
  4. Destrinchando a carta de apresentação
  5. Dicas extras

 

Agora, vamos ao guia.

 

1. O que é uma carta de apresentação? Eu devo enviar?

 

É importante começar pelo básico. Na maioria das vezes que você vai candidatar-se para uma vaga, o recrutador pede por uma carta de apresentação. Isso ocorre aqui, nos Estados Unidos, em Marte, enfim… em todo lugar. Então, respondendo a pergunta:

 

A carta de apresentação é o documento no qual você se apresenta para o recrutador

 

Mas, assim como na maioria das coisas na vida, uma resposta tende a trazer mais perguntas. Você precisa mesmo escrever uma carta de apresentação em inglês para conseguir o emprego dos sonhos?

 

Se a vaga pede, escreva a carta. Se ela pede para não mandar, não escreva. Simples

 

Mesmo que a vaga não especifique se você deve ou não mandar uma carta de apresentação em inglês, por via das dúvidas, mande. Uma apresentação bem escrita só trará benefícios a sua candidatura.

Dica valiosa: na hora de escrever a carta de apresentação em inglês, use a mesma formatação que você utilizou no seu currículo.

Agora que você sabe exatamente se você deve ou não enviar uma carta de apresentação em inglês com o seu currículo, está na hora de colocar a caneta no papel virtual e começar liberar o Shakespeare que existe em você. Ok, sem exageros, mas o texto vai ficar bom.

 

Quer ver algo para te inspirar antes de começar? Leia o guia Frases para currículo

 

2. Como formatar a carta de apresentação em inglês

 

Imagine que você escreveu uma obra-prima. Mas, o recrutador pegou a sua carta e jogou ela fora. Eita, estranho, não é? Nem tanto. É possível que você não tenha formatado o documento corretamente. Tenha uma coisa em mente:

 

O recrutador odeia documentos bagunçados e joga uma carta fora em 10 segundos

 

Para impedir essa situação hipotética de ocorrer, você precisa garantir que o documento está bem organizado. Fazer isso pode soar difícil, mas não é. Para deixar a sua carta de apresentação em inglês bem formatada, basta seguir esses passos:

  • Fonte: Arial, Cambria ou Garamond;
  • Cor da letra: preta;
  • Cor do fundo: branco;
  • Tamanho: 11 pontos;
  • Margens: 2,5;
  • Espaçamento: 1,5;
  • Alinhamento: justificado.

Dica valiosa: em prol da uniformidade visual, use a mesma formatação utilizada no currículo. Para ler mais sobre o assunto, leia o guia Formato de currículo.

Embora exista margem para ser um pouco ousado no design da sua carta de apresentação, é recomendado ser conservador. Lembre-se que o objetivo principal do documento é informar, mas caso você queira ousar, veja algumas dicas no guia Currículo artístico.

Material de estudo: se você decidiu inovar no visual, leia o livro Design para quem não é designer da autora Robin Williams.

Seguindo essas dicas, você garante que a sua carta de apresentação em inglês não vai acabar no lixo de um algum escritório em Nova Iorque em menos de 10 segundos. Mas, essa é apenas a primeira etapa. Agora, é necessário ver o que exatamente escrever.

 

Se você busca o primeiro emprego, leia Carta de apresentação para primeiro emprego

 

3. O que escrever na carta de apresentação em inglês

 

Lidar com o bloqueio de escritor é sempre uma tarefa ingrata, mas você está prestes a aprender uma estrutura fácil para montar a carta de apresentação inglês perfeita. Pronto, para começar? Ótimo, vamos lá. Primeiramente…

 

A carta deve ter 3 parágrafos e não deve passar das 300 palavras

 

Certamente, você tem muito o que dizer ao recrutador. Mas, lembre-se que, em média, uma vaga recebe 250 candidaturas. Ou seja, se um documento for muito longo, o recrutador não terá paciência de ler. Para escrever de forma sucinta, divida a carta desta forma:

 

    1. Cabeçalho: coloque o seu nome, profissão e as sua informações de contato, como telefone, email, LinkedIn e portfólio, se tiver.
    2. Saudação: inicie a carta se direcionando ao recrutador. Algo como “Dear Mr. Robinson.” Se você não sabe o nome do recrutador busque no LinkedIn.
    3. Primeiro parágrafo: comunique a vaga pretendida e apresente-se brevemente, reconhecendo a necessidade da empresa e informando como você pode ajudar.
    4. Segundo parágrafo: convença que você é a certa pessoa para a vaga. Mencione mais experiências profissionais e conquistas, assim como formação académica.
    5. Terceiro parágrafo: mencione a sua vontade de trabalhar nessa empresa, assim como ela pode ajudar no seu desenvolvimento.
    6. Encerramento: termine com um call to action, dizendo que anseia por uma entrevista para poder discutir suas ideias, ou algo do tipo.

Dica valiosa: na hora de escrever a sua carta, escreva na primeira pessoa. Ela cria uma comunicação mais pessoal e pode ajudar na persuasão.

Parece muita coisa para se colocar em apenas 300 palavras. E realmente é, mas com uma escrita precisa e com as técnicas certas, fica mais fácil do que você imagina.

Material de estudo: para deixar a escrita em inglês afiada, leia o livro de bolso The Elements of Style, escrito por William Strunk e E.B. White.

Se você ainda está com dificuldades, o próximo capítulo vai mostrar destrinchar o exemplo de carta que você viu anteriormente para mostrar como exatamente ele foi escrito.

 

Está na dúvida de quais qualidades colocar? Leia o guia Qualidades para currículo

 

4. Mais dicas para escrever a carta de apresentação em inglês

 

Encare os fatos. O número de brasileiros vivendos nos Estados Unidos aumentou em 5x nos últimos 20 anos. A situação é semelhante na Inglaterra. Houve um aumento de 37% de imigrantes na terra da rainha. Para ganhar de tanta gente, veja mais dicas.

  • Formal ou informal: tente ser neutro. Algumas pessoas erram ao serem formais demais. O recrutador não é um juíz. Relaxa.
  • Quando pode ser informal: algumas empresas estimulam uma postura mais descontraída. Nestes casos, vale ser informal. Mas, cuidado para não ser vulgar.
  • Frases simples: Evite estruturas complexas.Orações intercaladas podem ser confusas. Invista em orações simples.
  • Cuidado com o vocabulário: não tente impressionar usando palavras difíceis. Se o recrutador precisar de um dicionário para ler a sua carta, ela vai para o lixo.
  • Use hyperlinks: se você quer compartilhar algum projeto ou publicação com o recrutador, use hyperlinks para fazer isso.

Dica valiosa: erros de gramática acabam com as suas chances. Para não vacilar no inglês, bote a sua carta no Grammarly para garantir que ela está perfeita.

Quer um pouco de cultura americana? O técnico de futebol americano Jimmy Johnson diz que a diferença entre o ordinário e o extraordinário é apenas um pequeno extra. Seguindo essas dicas, a sua carta de apresentação em inglês consegue esse extra.

Material de estudo: busca uma vaga nos Estados Unidos? Prepare-se lendo o estudo The Future of Employment da Universidade de Oxford que analisa as tendências do país.

Agora você sabe tudo o que você precisa para escrever a carta de apresentação em inglês perfeita. É só uma questão de tempo até o telefone tocar. Talvez ele toque de madrugada por causa do fuso-horário, mas tudo bem, não é?

 

Além da carta perfeita, que tal ler sobre o currículo perfeito? Veja o guia Currículo perfeito

 

5. Revisão: como fazer uma carta de apresentação em inglês

 

É possível que este seja o texto mais importante que você já escreveu. Afinal, é ele que pode abrir ou fechar portas para oportunidades no exterior. Mas, agora você viu que escrever ele não é difícil. Basta seguir essas dicas:

 

  1. Comece com uma saudação personalizada para o recrutador;
  2. No primeiro parágrafo, apresente-se para o recrutador;
  3. No segundo, convença-o de que você é a pessoa certa para a vaga;
  4. No terceiro, diga como você pretende ajudar a empresa;
  5. Encerre dizendo que anseia por uma entrevista;
  6. Feche a carta com uma assinatura.

 

Verifique se a gramática está toda correta. Agora salve a sua carta de apresentação em inglês em PDF. Mas, lembre-se de salvá-la em Word também, caso você venha a modificá-la. Depois disso, é só enviar ela e o currículo por email.

 

Obrigado por ler o meu guia. Agora, eu gostaria de ouvir você:

  • Quais são os maiores desafios na hora de fazer um currículo artístico?
  • Qual a sua maior dificuldade?
  • Ainda há alguma dúvida?

 

Deixe um comentário abaixo e vamos conversar!

Avalie meu artigo: carta apresentacao ingles
Média: 5 (1 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares