Minha conta
Currículo e carta de motivação modelo Europass: como fazer

Currículo e carta de motivação modelo Europass: como fazer

Começar uma vida nova. Calma, antes disso, você precisa de um currículo pronto. Saiba tudo sobre o modelo de currículo e carta de motivação Europass.

Você passou a vida toda ouvindo falar do sonho americano. Agora, a moda é o sonho europeu. Milhares de brasileiros desejam ir para a europa em busca de uma vida melhor. Você também. Talvez você esteja pensando em trabalhar ou estudar no velho continente.

 

Qualquer que seja o seu caso, você vai precisar de um currículo e uma carta de motivação. Pesquisando como fazer esses documentos, você deve ter visto o modelo Europass. E muitas perguntas surgiram. Não se preocupe. 

 

Continue lendo e você verá um exemplo profissional de currículo Europass, que você pode editar de acordo com as suas necessidades. Além disso, você vai aprender como preencher o modelo Europass e vai ver os pontos positivos e negativos desse modelo, para decidir se ele é realmente a melhor alternativa para você.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Quer trabalhar fora do país? Leia: Como se tornar um expatriado.

 

Exemplo de currículo Europass para te inspirar

 

curriculo europass

 

Mas, saiba que, apesar de existirem regras gerais, também existem dicas específicas para cada tipo de profissão. Leia alguns exemplos:

 

Agora, vamos ao guia. Começamos pelo básico.

 

1. O que é Europass?

 

Lançado em 2012, este documento busca criar um modelo padrão europeu de currículos prontos, com o objetivo de facilitar a mobilidade de trabalhadores dentro da União Europeia. Mas, apesar de você provavelmente ter descoberto o modelo Europass em virtude do currículo, ele é mais do que isso. Na realidade, ele consiste de 6 partes:

  • Currículo: documento no qual você descreve as suas habilidades e competências, assim como a sua experiência e educação.
  • Carta de motivação: nela, você escreve uma página, na qual você se apresenta ao recrutador e informa como pode beneficiar a empresa.
  • Passaporte de línguas: uma auto-avaliação que você faz das suas competências linguísticas, informando o idioma e o nível.
  • Europass mobilidade: registra experiências, competências e habilidades profissionais adquiridas na Europa.
  • Suplemento ao certificado: complemementa a informação apresentada nos certificados de ensino.
  • Suplemento ao diploma: descreve as habilidades e competências desenvolvidas no Ensino Superior europeu.

 

É importante notar uma coisa. Destes 6 documentos, apenas o currículo, a carta de motivação e o passaporte de línguas são de sua responsabilidade.

Dica valiosa: o Europass permite enviar certificados. Caso você queira estudar na Europa, principalmente em Portugal, talvez você precise ir a um cartório para reconhecer a firma do documento e conseguir uma Apostila de Haia. Consulte a universidade almejada para detalhes.

O Europass mobilidade e os suplementos de certificado e diploma são emitidos pelas instituições de ensino europeias, então não preocupe-se com eles. Neste guia, você verá como preencher o currículo Europass e como escrever a carta de motivação. Para isso, é necessário responder uma pergunta vital.

 

O Europass é apenas um dentre vários tipos de currículo. Leia mais sobre o assunto: Tipos de currículo

 

2. Eu devo usar o Europass?

 

“Quero morar na Europa. Existe um modelo de currículo pronto específico para o velho continente. Então, devo usá-lo!” - Pessoa com bom senso, 2020. Parece um raciocínio bem lógico, não é? Nem tanto. 

 

Os problemas do currículo Europass

 

Apesar do Europass ser o padrão europeu, ele deixa muito a desejar em alguns quesitos:

  • É genérico: a maioria dos candidatos o usa. O seu currículo não vai causar uma primeira impressão impactante, vai ser só mais um Europass.
  • É longo: o tamanho ideal do currículo é 1 página. Mas, o Europass pode ter até o triplo disso, em virtude do design desorganizado dele.
  • Não tem personalidade: um currículo diz algo sobre o perfil profissional do dono. Esquema de cores, layout, fonte… isso tudo diz algo sobre você e os recrutadores prestam atenção nisso. Usando o Europass, você tem que usar o design padrão e abre mão de várias ferramentas que poderiam te ajudar a convencer o recrutador.

Dica valiosa: até mesmo um detalhe como a fonte pode impactar sua chance de conseguir uma vaga. Para ver mais sobre o assunto, leia o guia Fontes no currículo.

 

Ou seja, você pode usar o Europass para criar um currículo. Mas, para realizar o sonho de morar na Europa, isso não é o bastante. Para entender o motivo, veja alguns números:

 

É muita competição e fazer um currículo “ok” não basta. Você precisa criar o melhor. E não é com o modelo genérico do Europass que você conseguirá isso. Busque outras alternativas.

 

Quando usar o currículo Europass?

 

Existem vagas de emprego que pedem especificamente pelo Europass. O mesmo ocorre em algumas oportunidades académicas. Nessas situações, não há escapatória. Se esse for o seu caso, então você tem que aprender como usar o modelo Europass. Que bom que está no lugar certo. Vamos começar.

 

Se você decidir não usar o Europass, vai ter que aprender como formatar o currículo. Para saber mais sobre esse assunto, veja o nosso guia: Como formatar o currículo

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Informações pessoais no currículo Europass

 

Usar o Europass pode ser um pouco confuso no começo. Ele oferece muitas opções de informações para você colocar no seu currículo pronto. Opções demais. Você não precisa preencher todas elas, apenas as essenciais. Por exemplo, nas informações pessoais, bote o seguinte:

  • Nome;
  • Endereço;
  • Telefone;
  • Email;
  • Link para o LinkedIn ou portfóflio.

 

Ele também dá a opção de incluir:

 

Mas, essas informações não vão ajudar um recrutador a decidir se você é a pessoa certa para a vaga, então elas não precisam estar no seu currículo Europass, a não ser que elas tenha sido solicitadas no anúncio.

Dica valiosa: O currículo deve ter apenas uma página. Por isso, é fundamental saber escolher o que compartilhar com o recrutador e o que não. 

Depois de mostrar quem você é, chegou a hora de mostrar o que você já fez na carreira.

 

Apesar do Europass te mostrar o que colocar no currículo, nem tudo que ele mostra é obrigatório, ou recomendado. Para não cometer nenhuma gafe, veja o nosso guia: O que colocar no currículo

 

4. Colocando a experiência profissional no currículo Europass

 

É inevitável. Para conseguir vencer tanta concorrência buscando um lugar ao frio Sol europeu, você precisa demonstrar que você é a pessoa com a experiência certa. Para preencher essa seção, utilize a ordem cronológica inversa. Ou seja, comece listando o seu emprego mais recente, depois vá voltando no tempo.

 

Dessa forma, você destaca as suas conquistas mais recentes. Além disso, este é o formato com o qual os recrutadores estão mais acostumados. Preencha as seguintes informações:

  • Período de tempo em que ficou na empresa;
  • Cargo;
  • Nome da empresa;
  • Cidade;
  • País.

 

Apesar do Europass dar a opção, não precisa colocar o endereço e o CEP da empresa. Depois de fazer isso, o Europass te apresenta à uma pequena caixa na qual você deve descrever suas atribuições na empresa. Coloque o seguinte:

  • 4 - 5 atribuições;
  • 2 conquistas;
  • Nos dois itens acima, aproveite para incluir algumas de suas habilidades.
  • Use hyperlinks para mostrar algum trabalho que você desenvolveu nessa empresa.

Dica valiosa: use números para demonstrar o impacto que você teve na empresa. De acordo com a Glassdoor, o cérebro humano processa eles mais rápido do que palavras, então usando eles, você se comunica de forma mais rápida e eficaz.

Só que algumas profissões têm muitas atribuições. Como escolher apenas 4? Basta olhar a descrição da vaga e ver quais as das suas responsabilidades são mais relevantes para a oportunidade. Por exemplo, observe um trecho de vaga abaixo:

 

Funções

Desenvolver conteúdos para canais online e offline

  • Gerir bases de dados
  • Email Marketing
  • Pós produção fotográfica
  • Elaboração de artes finais para produção

 

Agora, veja como um candidato poderia escrever sobre a experiência de forma específica para esta oportunidade profissional.

 

Exemplo de como colocar a experiência no modelo Europass

 

CERTO
curriculo europass
ERRADO
curriculo europass

 

Veja a diferença entre certo e errado. O certo adaptou o texto para incluir exatamente as palavras-chaves que o recrutador colocou na descrição da vaga. Além disso, mencionou 2 conquistas e usou números para escrever sobre elas.

 

Já o errado não é particularmente ruim, mas poderia ter sido muito melhor. Para isso, bastava ter feito o seguinte:

  • Adaptar o texto para a realidade da vaga;
  • Incluir conquistas;
  • Descrever essas conquistas de forma numérica.

 

Mas, e se você não tiver nenhuma experiência de trabalho? 

 

Colocando a experiência no Europass mesmo quando não tem nenhuma

 

Não se preocupe. Talvez você tenha mais do que imagina. Qualquer coisa que você tenha feito e que tenha te permitido desenvolver habilidades e competências relevantes para a vaga contam como experiência. Isso inclui:

  • Estágios;
  • Trabalhos voluntários;
  • Projetos pessoais;
  • Freelas.

 

Exemplo de como colocar a experiência no modelo Europass (profissional inexperiente)

 

CERTO
curriculo europass
ERRADO
curriculo europass

 

O ERRADO parece bem semelhante ao CERTO, não é? Só parece. 

 

Ao não listar as conquistas, o candidato perdeu uma chance de se destacar no meio de outros profissionais que tinham atribuições semelhantes. O resultado? Currículo no lixo. Não cometa o mesmo erro. Agora, demonstrando a sua experiência do jeito certo, você tomou um passo significativo para construir o currículo que vai te levar até a Europa.

 

De nada adianta ter a experiência certa se você não sabe a melhor forma de mostrá-la ao mundo. Para não cometer nenhum erro, vejo o nosso estudo detalhado sobre o assunto: Como colocar a experiência no currículo

 

5. Coloque a sua educação no modelo Europass (não é tão simples!)

 

Observe o canto esquerdo da tela no gerador de currículos Europass. Você vai perceber que há o ícone de uma seta para você clicar. Ele permite que você coloque a sua educação antes da experiência no currículo Europass O motivo para isso é simples. 

 

Você precisa causar a melhor primeira impressão possível. Se você não tiver muita experiência, isso pode trabalhar contra você, mesmo que a sua educação seja impressionante. Por isso, caso a sua formação académica seja mais forte que a sua carreira profissional, coloque-a em primeiro plano.

 

Para botar a educação no seu currículo Europass, também é recomendado usar a ordem cronológica inversa. Tendo feito isso, coloque os seguintes dados:

  • Data de início;
  • Data de conclusão;
  • Nome do diploma;
  • País;
  • Principais disciplinas/competências.

 

Esse último item não é necessário para profissionais que já tem muita experiência, mas é uma adição bem-vinda para aqueles que ainda não possuem uma carreira extensa. Além disso, lembre-se do seguinte:

  • Mencione apenas o que você julgar relevante para a vaga;
  • Aproveite para encaixar 1 ou 2 habilidades nesse pequeno texto também.

 

Observe, que o Europass te dá a opção de preencher outros campos. Talvez seja uma boa ideia incluir-los, talvez não. Veja como decidir:

  • Cidade: coloque se for uma cidade de destaque, como a capital do país. Mas, não bote caso o nome da instituição já inclua a cidade. Universidade do Porto, por exemplo.
  • Anexos: você pode incluir a sua dissertação ou algum projeto que desenvolveu, desde que ele seja relevante para a vaga.

Dica valiosa: cursos online de curta duração são uma boa maneira de incrementar o currículo em pouco tempo. Você pode encontrá-los em websites como Coursera, Edx e Udemy.

Você pode notar que no gerador de currículos Europass há a opção de botar o nível do Quadro Europeu de Qualificações. Como estudante brasileiro, você não precisa se preocupar com isso.

 

Exemplo: como colocar a educação no currículo

 

curriculo europass

 

Exemplo: como colocar a educação no currículo Europass (inexperiente)

 

curriculo europass

 

Veja como a candidata inexperiente focou na educação. Ela demonstrou a grande performance acadêmica e as conquistas dela, algo que vai facilitar a vida dela na hora de provar que ela é a pessoa certa para uma vaga.

 

O que você viu aqui é apenas a ponta do iceberg. Para ler uma análise mais aprofundada sobre efucação no currículo, leia o nosso guia: Como colocar a formação acadêmica no currículo.

 

6. Colocando suas habilidades no currículo Europass

 

Convenhamos. Por mais impressionante que a sua experiência e educação sejam, o recrutador quer mesmo é saber como você vai beneficiar a empresa. Ou seja, ele está interessado nas suas habilidades e competências. Para isso, o modelo Europass pede que você liste o seguinte:

  • Língua materna;
  • Línguas estrangeiras;
  • Competências de comunicação;
  • Competências de organização;
  • Competências relacionados ao trabalho;
  • Competências digitais;
  • Outras competências.

 

O primeiro item é fácil. Basta colocar o seu idioma de origem. O segundo também é simples. Basta mencionar as línguas estrangeiras que você conhece e qual nível. Mas, as outras competências requerem um pouco mais de consideração antes de decidir o que botar no modelo de currículo pronto Europass.

 

Como escolher as habilidades para o currículo Europass

 

Você deve ter muitas habilidades em cada uma das categorias mencionadas, mas convém colocar apenas 5 ou 6 em cada. Só que é mais fácil falar do que fazer. Afinal, como escolher? Basta seguir esses passos:

  • Liste todas as habilidades relevantes que você desenvolveu na sua carreira;
  • Veja quais delas são mencionadas na descrição da vaga.

 

Essa abordagem é a ideal, mas nem sempre é viável por dois motivos:

  • Algumas vezes os recrutadores não dão muitos detalhes sobre as qualificações que um candidato deve ter.
  • Os recrutadores não são tão específicos ao ponto de te permitir listar 5 habilidades para cada categoria incluída no Europass.

Dica valiosa: liste habilidades que refletem a experiência. Se é um veterano da indústria, não mencione habilidades básicas.

Por isso, veja uma lista das habilidades e competências mais buscadas por recrutadores em cada uma dessas classes.

 

Principais competências de comunicação buscadas por recrutadores

 

  • Capacidade de ouvir;
  • Comunicação não verbal;
  • Clareza e coesão;
  • Confiança;
  • Empatia;
  • Mente aberta;
  • Respeito;
  • Capacidade de dar e receber feedback.

 

Fonte: The Balance Careers

 

Principais competências de organização buscadas por recrutadores

 

  • Gestão de tempo;
  • Planejamento;
  • Comunicação concisa;
  • Delegação;
  • Trabalho em equipe;
  • Gestão de equipes.

 

Fonte: In Her Sight

 

Principais competências digitais buscadas por recrutadores

 

  • Programação (lembre-se de mencionar em qual linguagem);
  • Análise de negócios digitais;
  • Design digital;
  • Visualização de dados;
  • Gestão de projetos digitais;
  • Gestão de produtos digitais;
  • Marketing digital;
  • Mídias sociais;
  • Ciência da informação.

 

Fonte: Digital Skills Global

Exemplo: colocando habilidades no currículo Europass (profissional experiente)

 

curriculo europass

 

Exemplo: colocando habilidades no currículo Europass (profissional inexperiente)

 

curriculo europass

 

Na hora de listar as habilidades relacionadas ao trabalho, é importante mencionar coisas que refletem o seu nível de experiência. Se você é experiente, não escreva habilidades que até um universitário domina. Agora você sabe o que fazer para demonstrar suas habilidade com maestria e demonstrar ao recrutador que você é a pessoa certa para vaga que deseja.

 

Para colocar suas habilidades no currículo com ainda mais maestria, leia o nosso guia específico sobre o assunto: Competências e habilidades no currículo 

 

7. Campos extras no currículo Europass

 

Observe o lado direito da tela. Nele, você verá que o Europass tá dá a opção de colocar algumas informações a mais para incrementar o seu currículo. Mas, será que você realmente deve usar elas? Veja abaixo:

  • Fotografia: tome cuidado com ela. Em alguns países, os recrutadores descartam currículos com foto. Por isso, informe-se sobre a política do país para o qual você pretende mudar-se.
  • Outras competências: desnecessário. Provavelmente, as habilidades listadas na devida seção do seu currículo Europass já são o bastante.
  • Carteira de motorista: a não ser que a vaga especificamente peça por alguém habilitado para dirigir, não inclua.
  • Informação adicional: aqui você lista informações relevantes que não se encaixam nas seções anteriores do seu currículo Europass, coisas como publicações, prémios e palestras, por exemplo. É recomendado usar, caso tenha algo de relevante para a vaga.
  • Anexos: caso você tenha colocado algo nas informações adicionais, você pode usar esses anexos para comprovar o que colocou na seção acima.

 

Exemplo: como mencionar sessões extras no currículo Europass

 

curriculo europass

 

Para uma análise mais detalhada de como escrever essa parte do seu currículo, leia o nosso guia: Como colocar informações adicionais no currículo

 

8. Carta de motivação modelo Europass

 

Escrever é algo que muita gente não gosta. E uma carta normalmente não é obrigatória. Por isso, muitos profissionais deixam de fazer uma. Consequentemente, eles abrem mão de mais uma ferramenta para persuadir o recrutador. Não cometa esse erro. Com uma carta de motivação, você faz o seguinte:

  • Demonstra comprometimento;
  • Impressiona o recrutador ao fazer algo que a maioria não faz;
  • Consegue mais uma oportunidade para persuadir a empresa.

 

Hora de escrever.

 

Colocando as informações pessoais na carta de motivação Europass

 

Assim como o currículo Europass, a sua carta deve começar com as informações pessoais.

 

Basta colocar o seguinte:

  • Nome;
  • Endereço;
  • Endereço;
  • Telefone.

 

O modelo Europass também dá a opção de colocar serviços de mensagens instantâneas, como o Skype. Neste momento, essa informação não é relevante. Não a inclua.

 

Colocando as informações da empresa e do recrutador na carta de motivação Europass

 

Agora, coloque o contato do recrutador responsável pela vaga.

  • Nome do recrutador;
  • Nome da empresa;
  • Endereço da empresa.

 

Saber o nome do destinatário talvez seja um pouco complicado. Afinal, o recrutador pode não ter colocado o nome dele na descrição da vaga. Recorra ao LinkedIn. Tente encontrar o gerente de recursos humanos da empresa por lá. Caso não consiga encontrar, então abra a carta com uma das seguintes alternativas:

  • Prezado recrutador;
  • Caro recrutador;
  • Prezado gestor de recursos humanos.

 

Não tem erro.

 

Escrevendo a carta de motivação modelo Europass

 

Chegou o momento de realmente liberar o escritor que há dentro de si. Você passou pela redação do ENEM, então pode passar aqui. O gerador de currículos Europass divide a carta em 3 partes:

  • Parágrafo inicial: apresente-se para o recrutador. Brevemente mencione as suas qualificações profissionais, académicas e uma habilidade sua.
  • Corpo principal: reconheça as necessidades da empresa e diga como você pode aprender a suprir-las.
  • Parágrafo conclusivo: encerre com um call to action e diga que anseia pela oportunidade de conversar melhor em uma entrevista para compartilhar suas ideias para o crescimento da empresa.

Dica valiosa: tome cuidado na hora de usar termos que são específicos da sua indústria. O recrutador pode não os conhecer. O resultado é um texto confuso.

Agora é só escolher a saudação final e pronto. A sua carta de motivação está completa!

 

Quer ler uma análise mais aprofundada de como escrever a carta perfeita? Leia o nosso guia sobre o assunto: Como escrever uma carta de apresentação

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Pontos para se lembrar

 

Viajar para Europa demora umas 10 horas. Aprender como fazer o currículo que vai te levar para lá? Demorou uns 5 minutos. Para fazer o currículo vencedor, basta seguir essas dicas:

  • Reflita se o currículo Europass é a melhor alternativa mesmo;
  • Inclua suas informações pessoais;
  • Coloque a sua experiência e educação em ordem de importância;
  • Preencha essas seções com a ordem cronológica invertida;
  • Veja o anúncio da vaga para escolher quais habilidades listar;
  • Também inclua algumas habilidades na seção de educação e experiência;
  • Escreva uma carta de motivação.

 

Seguindo esses passos, você estará um pouco mais perto do sonho Europeu.

 

Obrigado por ler o meu guia. Agora eu gostaria de ouvir você:

  • Quais são os seus maiores desafios escrevendo um currículo?
  • Qual a sua maior dificuldade?
  • Ainda há alguma dúvida?

 

Deixe um comentário abaixo e vamos conversar!

Avalie meu artigo: curriculo europass
Média: 4.2 (5 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares