Português
Minha conta
Como fazer um pitch pessoal: exemplo de pitch pessoal pronto

Como fazer um pitch pessoal: exemplo de pitch pessoal pronto

Você sabe o que é um elevator pitch pessoal? Sabe como começar um pitch pessoal para uma empresa na qual você quer trabalhar? Nesse artigo você aprenderá isso e muito mais.

Imagine só:

 

Você está na sala de espera daquela empresa que sempre sonhou em trabalhar.

 

A recepcionista pede para que um homem espere alguns minutos. Pela conversa, você entende que é o diretor de recursos humanos. Ele se senta do seu lado e, para sua surpresa, puxa assunto com você.

 

E agora? É a sua chance de usar o famoso “pitch pessoal” e convencê-lo a te contratar em alguns minutos. Você está preparado, ou vai falar sobre o tempo lá fora?

 

Ter um pitch pessoal preparado é importante, especialmente para quem está participando de um processo seletivo, no qual certamente terá a oportunidade de “vender seu peixe”.

 

Continue lendo para ver como fazer um pitch pessoal perfeito.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

Criar o meu currículo agora

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Veja outros artigos que lhe ajudarão durante processos seletivos:

 

O que é um pitch pessoal

 

Um pitch pessoal é uma apresentação curta na qual você tenta convencer recrutadores de que é a pessoa certa para a vaga concorrida. Pense no pitch pessoal como a resposta para as perguntas “por que deveríamos contratá-lo?”, ou “por que deveríamos investir em você?”.

 

Como fazer um pitch pessoal

 

Como elaborar um pitch pessoal? Siga os passos abaixo e veja nosso exemplo pronto:

 

1. Faça diferentes versões, com durações diferentes

 

Em uma entrevista de trabalho, o ideal é responder à pergunta “por que deveríamos contratá-lo” em cerca de três minutos. Outras situações, como o encontro com o diretor de recursos humanos da introdução deste artigo, demandam pitches pessoais mais curtos e naturais.

 

Você já ouviu falar de elevator pitch? É quando vendemos nosso peixe com um pitch pessoal rápido o suficiente para ser usado em um elevador. Afinal, nunca sabemos onde encontraremos alguém que gostaríamos de impressionar.

 

Faça versões diferentes, com durações variadas. É importante lembrar-se que, apesar de tudo, é necessário ser capaz de improvisar e adaptar-se a situações específicas.

 

2. Estruture o pitch com começo, meio e fim

 

O seu pitch pessoal deve prender a atenção dos recrutadores, e um aspecto crucial para isso é a estrutura.

 

Pense no seu pitch pessoal como uma história. Cada parágrafo deve levar o ouvinte ao parágrafo seguinte de maneira lógica e natural.

 

3. Comece prendendo a atenção de quem ouve

 

O começo do pitch pessoal é a parte mais importante. Se você não prender a atenção dos recrutadores no início, dificilmente conseguirá fazê-lo na metade do pitch pessoal.

 

Se você ainda não tiver se apresentado, não tem jeito, vai ter que começar seu pitch pessoal dizendo seu nome e se apresentando. Caso você já tenha se apresentado, pode começar de maneira mais interessante, visando prender a atenção dos recrutadores logo de cara.

 

Algumas sugestões de como começar seu pitch pessoal de maneira interessante:

  • Comece com o que você considera seu ponto forte;
  • Mostre como você pode contribuir com a instituição;
  • Comente algo que sinalize que você entende as necessidades da empresa;
  • Abra com um diferencial seu em relação aos outros candidatos;
  • Mencione um problema da indústria, para o qual os ouvintes desejam uma resposta;
  • Mostre entusiasmo, paixão e energia;
  • Fale sobre uma conquista profissional da qual você se orgulha;
  • Sinalize que seus valores são compatíveis com os da empresa;
  • Comente sobre um acontecimento atual relativo à empresa.

Dica valiosa: se você tiver sido recomendado por um empregado, e acreditar que os recrutadores conhecem seu recomendador, mencionar o nome de tal pessoa e explicar os motivos pelos quais a pessoa acredita que você é o candidato certo é uma ótima maneira de garantir a atenção dos recrutadores, mas é preciso tomar cuidado para não soar arrogante.

4. Personalize o pitch pessoal para a empresa

 

Crie um pitch pessoal baseado apenas em você, mas antes de visitar uma companhia para uma entrevista de trabalho, faça um pitch pessoal personalizado para a empresa.

 

O mais importante é mostrar que você pode contribuir para a empresa. Conheça seu público-alvo, saiba o que eles buscam, sua história e desafios recentes. Use o nome da empresa no pitch pessoal se for possível fazê-lo naturalmente.

 

5. Use palavras-chave baseadas na vaga

 

Ao olhar uma vaga de emprego, você poderá identificar “buzzwords” daquela vaga. São palavras que indicam o que os recrutadores buscam, e são identificáveis principalmente nos requerimentos e nas responsabilidades do cargo.

 

Alguns exemplos de palavras-chave podem ser o nome de um software necessário para o cargo, algum tipo de experiência profissional específica, um idioma, ou muitas outras coisas.

 

Ao usar essas palavras-chave no seu pitch pessoal, você captará a atenção dos recrutadores, que estavam buscando exatamente aquilo, e usaram aquelas palavras na descrição da vaga.

 

6. Conheça seus pontos fortes e fracos

 

Durante o pitch pessoal, destaque seus pontos fortes ao mencionar uma ou mais qualidades, dependendo da duração do seu pitch.

 

Em um pitch pessoal curto, não faz sentido mencionar seus pontos fracos. A melhor estratégia é omiti-los do pitch pessoal, porém preparar-se para responder quando isso for perguntado durante o encontro.

 

Conheça seus pontos fortes e fracos e entenda quais você deve destacar em quais situações lendo os guias abaixo:

Dica valiosa: lembre-se, seus pontos fortes não precisam ser habilidades. Para alguns, os pontos fortes incluem alguma experiência específica, a quantidade de anos no ramo, um contato profissional, e muitas outras coisas.

7. Apresente resultados em forma de conquistas

 

Se o seu pitch pessoal incluir experiências e responsabilidades passadas, inclua-os como conquistas.

 

Para fazê-lo da melhor maneira possível, pense em coisas que conquistou em trabalhos ou estudos passados, e apresente-os da seguinte maneira:

  • Comece com um verbo em primeira pessoal;
  • Utilize um número ou outro tipo de indicador de sucesso;
  • Foque naquilo que faria seria útil para a vaga desejada.

 

Por exemplo:

 

  • Aumentei o índice de satisfação dos clientes da loja em 8%.
  • Treinei mais de 15 novos empregados.
  • Coordenei um time de 18 pessoas com 0 atrasos em entregas.

 

8. Não use jargões da área

 

Não use jargões. Crie pitches pessoais que funcionem para seu futuro supervisor, que é fera na área e o analista de RH acompanhando sua entrevista que nunca trabalhou no campo. Ambos devem entender sua apresentação.

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

9. Pratique falar em público

 

É importante que você fale de maneira clara ao fazer seu pitch pessoal. Existem maneiras de melhorar o jeito com o qual você fala em público. 

 

Ao falar o seu pitch em público, preste atenção em:

  • Sua postura;
  • Altura da voz;
  • Linguagem corporal;
  • Contato visual;
  • Pausas;
  • E todos os outros pontos importantes para falar em público.

 

Um estudo da SciELO comprovou que quanto mais confiança o apresentador tem, melhor falará em público. Portanto, o mais importante para falar bem em público é praticar, praticar e praticar.

 

10. Prepare-se para mais perguntas

 

Ao terminar de criar seu pitch pessoal, imagine-se como o recrutador que acabou de ouvir o discurso, e pense em perguntas que podem seguir o pitch. Prepare a resposta para cada uma dessas perguntas, e pratique-as.

 

11. Termine o pitch pessoal com um “convite”

 

Termine seu pitch pessoal com um convite. “Adoraria discutir sobre como posso diminuir os custos do marketing digital da empresa”. É preciso tomar cuidado para incluir este final de maneira natural, mas com ele você pode conduzir a entrevista para uma direção desejada. Se você não estiver em uma entrevista ainda, essa tática também pode te conseguir uma.

 

Uma boa estratégia é terminar o pitch pessoal falando sobre aquele ponto que você gostaria de falar por horas e que foi mais difícil de condensar.

 

Veja abaixo um exemplo de pitch pessoal pronto para usando diversas das táticas discutidas acima.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua.

Exemplo de pitch pessoal pronto

 

Sou um representante de serviço ao cliente com apenas uma missão em mente: maximizar as oportunidades de negócios ao conectar cada cliente com um atendimento personalizado em cada momento de suas vidas.

 

Na minha posição atual eu planejei e supervisionei pesquisas online e por telefone antes do redesign da nossa homepage. Com isso, aumentei a lealdade dos cliente de 7,1 para 8,5 de acordo com a métrica NPS.

 

Minha meta é usar essa perícia para turbinar a satisfação dos clientes da sua companhia.

 

Muito obrigado por ler até o final! Espero ter te ajudado a construir um pitch pessoal que te conseguirá seu trabalho dos sonhos. Qualquer dúvida ou comentários, por favor, deixe na seção abaixo e responderei o mais rápido possível.

Avalie meu artigo: pitch pessoal
Média: 5 (22 votos)
Obrigado por votar
Bruno Bertachini
Bruno é um especialista em carreira da Zety comprometido em oferecer conselhos ocupacionais que agreguem valor a profissionais em todas as etapas de suas jornadas.

Artigos Similares