Minha conta
Modelos de carta de recomendação para cuidador de idosos

Modelos de carta de recomendação para cuidador de idosos

É preciso cuidar daqueles já cuidaram de nós. Para que eles estejam nas mãos certas, veja um modelo de carta de recomendação para cuidador de idosos.

Infelizmente, não podemos confiar em qualquer pessoa para cuidar dos membros mais experientes da nossa sociedade. Então, se você teve uma experiência positiva com um cuidador de idosos, é importante ajudar que essa pessoa consiga outras oportunidades.

 

Por isso, este artigo você verá:

  • Um modelo de carta de recomendação para cuidador de idosos;
  • Como escrever uma carta de recomendação para idosos;
  • Dicas para escrever a carta de recomendação para idosos;
  • E mais!

 

Você quer fazer uma carta de apresentação perfeita em apenas alguns minutos? Use o nosso gerador de cartas de apresentação. Escolha um dos 18 modelos profissionais de carta de apresentação e adote o mesmo estilo no o seu currículo!

 

Criar minha carta de apresentação agora

 

carta de apresentação

Modelo de carta de apresentação feito com o nosso gerador de cartas de apresentação. Confira mais modelos de cartas de apresentação.

 

Além da carta de recomendação para cuidador de idosos, você pode precisar escrever outros tipos de cartas. Você pode contar com o blog da Zety Brasil para te ajudar. Nele, você encontra mais de 100 artigos sobre o universo laboral, como estes:

 

Modelo de carta de recomendação para cuidador de idosos

 

São Paulo, 21 de Janeiro de 2020

 

Vladimir Cardoso

Coordenador de comunicação na Empresa X

vladimir.cardoso@email.com

(21) xxxxxx-xxxx

 

À quem possa interessar,

 

Com esta carta, eu recomendo Jaqueline Freitas para futuras oportunidades como cuidadora de idosos. Ela cuidou da minha mãe por 6 meses, entre 02 de janeiro de 2018 até 30 de junho do mesmo ano.

 

Infelizmente, a minha mãe faleceu, mas os cuidados da Jaqueline tornaram os seus últimos meses de vida uma experiência muito mais agradável. Jaqueline demonstrou grande habilidades de comunicação ao ter longas conversas com a minha mãe. Ela também demonstrou muita empatia ao lidar com as dificuldades de mobilidade da minha mãe. Além disso, ela sempre teve muita delicadeza ao lidar com a minha mãe, dando banho, trocando roupas e ajudando-a com as suas necessidades.

 

Jaqueline tornou a vida da minha mãe melhor. Com os exercícios recomendados pelo médico, minha mãe melhorou um pouco a mobilidade. Além disso, ela se tornou uma pessoa mais alegre com a atenção e a energia da Jaqueline, o que foi ótimo para combater a depressão que é tão comum nos idosos.

 

Mediante o que foi exposto acima, eu recomendo sem dúvidas Jacqueline Freitas para futuras oportunidades como cuidadora de idosos. Tenho certeza que ela tratará os seus futuros clientes com todo o carinho, atenção e amor com que ela tratou a minha mãe. 

 

Caso você queira conversar ou tirar dúvidas sobre Jacqueline, por favor entre em contato comigo pelo telefone ou pelo e-mail incluído no início desta carta. Será um prazer esclarecer qualquer questão que você tenha.

 

Atenciosamente,

Vladimir Cardoso - Coordenador de comunicação na Empresa X

 

Agora que você viu um modelo de carta de recomendação de idosos, veja como fazer a sua.

 

Fazendo uma carta de recomendação para cuidador de idosos

 

É verdade que você poderia simplesmente copiar o modelo acima e se dar satisfeito. Mas, se você quiser colocar mais carinho na sua carta e dar um toque pessoal, veja algumas dicas de como escrever um texto original.

 

Formate a carta da maneira correta

 

Primeiramente, lembre-se que é inútil escrever uma obra-prima se ninguém consegue ler. Por isso, é fundamental deixar a sua carta de recomendação para cuidador de idosos bem formatada e organizada. Para conseguir isso, siga essas dicas abaixo:

 

Fonte profissional: Arial ou Times New Roman;

Tamanho: 11 pontos;

Alinhamento: Justificado;

Espaçamento: 1,5; 

Margens: 1,5;

 

Como fazer uma carta de recomendação para cuidador de idosos

 

Pronto, tudo certo com o seu documento. Agora, é hora de pegar a sua caneta digital e começar a bater o texto. Para que você consiga planejar melhor a sua carta de recomendação para cuidador de idosos, divida-a da seguinte maneira:

 

Cabeçalho: como qualquer carta, comece com os seus dados pessoais. Coloque-os no canto superior esquerda do papel, com a mesma fonte e formatação do resto do documento. Na hora de colocar os dados pessoais na carta, coloque os seguintes:

  • Nome completo;
  • Email;
  • Telefone;
  • Inclua também data e local.

 

Para mais informações, leia Dados pessoais no currículo

 

Primeiro parágrafo: comece de maneira objetiva. Diga que a pessoa trabalhou para você como cuidadora de idosos, informe de quem ela cuidou e inclua a data de início e de término do relacionamento profissional. Termine dizendo que recomenda a pessoa.

 

Uma carta de apresentação sem um bom currículo não tem chance. Nosso criador de currículos online foi desenvolvido para ajudá-lo a criar seu CV de maneira rápida e fácil. Faça seu curriculum vitae com apenas alguns cliques em um de nossos 18 modelos de currículos para preencher online e baixar em PDF.

 

criador de curriculos online

 

Criar meu currículo agora!

 

Segundo parágrafo: aqui, você precisa começar a explicar o motivo da recomendação. O ideal é mencionar duas ou três tarefas que o cuidador teve, além das habilidades que ele demonstrou enquanto realizava essas tarefas. Por exemplo:

  • Demonstrou alta empatia enquanto lia histórias;
  • Foi muito cuidadosa ao dar banho;
  • Cozinhou os pratos favoritos dela.

 

Para uma lista de habilidades, veja o guia Habilidade e competências no currículo

 

Você quer mais inspiração para saber o que escrever no segundo parágrafo? Você pode mencionar a formação acadêmica no currículo do cuidador de idosos. Eles podem ter educações bem diferentes. Para se informar, veja:

 

Terceiro parágrafo: nesta parte da carta de recomendação para cuidador de idosos, tente enfatizar alguma conquista que o cuidador de idosos teve durante a experiência profissional com você. Você pode citar, por exemplo:

  • Ajudou o idoso a ser mais saudável;
  • Aliviou a depressão no idosos;
  • Usou jogos para melhorar a memória do idoso;
  • Usou dinâmicas de grupo com outros idosos para melhor autoestima.

 

Encerramento: por fim, diga que por todos os motivos supracitados, você está seguro que esse cuidador de idosos fará um bom trabalho cuidado de outros membros da terceira idade no futuro. 

 

Ao terminar o texto, diga que você está aberto para conversar sobre esse cuidador de idosos e que o destinatário da carta não precisa hesitar em entrar em contato. Depois, coloque o seu nome e assine a carta.

 

Agora que a sua carta está escrita, garanta que ela não tem erros de português como: 

  • Dúvida entre “mal” e “mau”
  • Erro entre “há” e “a”
  • “Para mim” ou “para eu”

 

Veja uma lista completa dos principais erros AQUI.

 

Mais dicas para fazer a carta de recomendação para cuidador de idosos

 

Agora que você seja sabe como escrever uma carta de recomendação para cuidador de idosos, veja também algumas dicas para melhorar ainda mais a sua carta e, consequentemente, ajudar o cuidador de idosos ainda mais.

 

Formal ou informal: na sua carta, mantenha um tom respeitoso. Seja profissional. Mas, também não precisa exagerar. Tome cuidado para que a outra pessoa não precise de um dicionário para ler a sua carta. Foque apenas em entregar a mensagem sem erros.

 

Seja objetivo: você pode se lembrar de várias histórias sobre o cuidador de idosos. Você pode mencionar bons momentos, mas cuidado para não acabar tornando a sua carta em uma grande narração. Foco! Você só precisa explicar por que esse cuidador é bom.

Dica valiosa: para manter o foco, é bom manter a sua carta com apenas uma página. Mais do que isso é desnecessário.

Use transições: você deve ter muito o que falar sobre o cuidador de idosos. Ao mudar de assunto, use uma transição que informe ao leitor a mudança de tópicos. Se você não fizer isso, o seu texto vai virar uma bagunça de fatos e idéias.

 

Use a mesma formatação: para criar um documento mais organizado, use a mesma formatação ao longo de todo o texto. A forma mais fácil de fazer isso é apertar crtl + A, para selecionar todo o texto. Depois, aplique a formatação desejada. 

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua.

 

Você não precisa ter uma formação acadêmica no currículo ou um curso no currículo de escritor para fazer uma boa carta. Basta seguir essas dicas e a carta de recomendação para cuidador de idosos se escrever sozinha praticamente.

 

Para ter mais ideias do que falar, você pode ler o guia Análise comportamental

 

Revisão: carta de recomendação para cuidador de idosos

 

Encontrar a pessoa certa para cuidador dos membros mais sábios da nossa sociedade é bastante responsabilidade. Você pode ajudar alguém nesse processo. Para fazer isso, você pode escrever uma carta de recomendação para cuidador de idosos seguindo essas dicas:

 

Veja abaixo como escrever uma carta de recomendação para cuidador de idosos

 

  1. Comece com o cabeçalho;
  2. Informe no primeiro parágrafo que você está recomendando este profissional;
  3. Explique o motivo da recomendação no segundo parágrafo;
  4. Dê exemplos que justifiquem o que você falou no parágrafo anterior;
  5. Encerre reiterando a sua recomendação;
  6. Coloque seu nome, a data e assine.

 

Obrigado por ler o meu guia. Agora, eu gostaria de ouvir você:

  • Algum desafio sobre modelo de carta de recomendação para cuidador de idosos?
  • Qual a sua maior dificuldade?
  • Ainda há alguma dúvida?

 

Deixe um comentário abaixo e vamos conversar!

Avalie meu artigo: carta recomendacao cuidador idosos
Média: 4.43 (7 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares