Como fazer um minicurrículo pessoal ou profissional: modelos

Como fazer um minicurrículo pessoal ou profissional: modelos

Ao preencher suas informações em um site de emprego você se depara com esse termo: minicurrículo. O que é isso? Como fazer? Explicamos tudo o que você precisa saber sobre eles.

Se você está fazendo um minicurrículo, deve ser por uma boa causa.

 

Talvez você esteja buscando um emprego, se preparando para uma palestra, ou escrevendo artigos. Seja qual for o caso, você está começando algo novo, e isso deveria ser empolgante! 

 

Mas tem um problema: muita coisa contribuiu para que você chegasse até aqui. Cada situação difícil vencida, cada conquista profissional, cada matéria estudada de madrugada.

 

E agora você tem que resumir tudo em um parágrafo.

 

Na era dos smartphones e dos 140 caracteres, ninguém tem tempo — ou quer — ler um currículo inteiro antes de assistir uma palestra ou depois de ler um artigo.

 

E se você está lidando com aqueles poucos que querem ler um currículo inteiro — os recrutadores — saiba que até mesmo eles querem uma amostra grátis para saber se vale mesmo a pena.

 

Mas não se preocupe, nesse miniguia vamos fazer um minicurrículo juntos!

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

O que é um minicurrículo?

 

O minicurrículo é um pequeno texto, normalmente escrito em terceira pessoa, ou lista, disponibilizado na internet, que resume as suas características profissionais ou pessoais para diversos fins.

 

Os principais usos de minicurrículos são:

 

  1. Carta de apresentação digital: sites de empregos disponibilizam um pequeno texto sobre você, cujo objetivo é convencer um recrutador a ler a versão completa do seu currículo profissional.
  2. Assinatura de artigos: blogs e sites de notícias muitas vezes incluem um pequeno texto sobre o autor no fim dos artigos. Também é usado em artigos acadêmicos.
  3. Resumo profissional de palestrantes: instituições que promovem palestras disponibilizam um parágrafo ou dois sobre cada palestrante no website da instituição ou do evento.

 

Nada melhor que exemplos para ajudar a visualizar:

 

Minicurrículo: exemplos de diferentes modelos

 

Cada modelo de minicurrículo tem um objetivo diferente, por isso eles podem variar muito entre si. Antes de ver como fazer cada um, veja alguns minicurrículos prontos:

 

Exemplo de minicurrículo: carta de apresentação digital

 

Auxiliar de produção com mais de 5 anos de experiência na indústria metalúrgica, e dedicado estudante de administração de empresas, Valério Vargas possui certificado de especialista em Microsoft Office e espanhol avançado. Busca uma vaga de auxiliar administrativo onde possa combinar seus conhecimentos práticos e teóricos aprendidos na faculdade e em trabalhos anteriores.

 

O objetivo desse minicurrículo é convencer o recrutador a clicar no link para ler seu currículo completo.

 

Exemplo de minicurrículo para assinatura de artigo

 

Julia R. R. Tanaka é a nossa correspondente de política internacional. Quando não está escrevendo sobre conflitos no Oriente Médio, Julia gosta de ler ficção e estudar linguística.

 

A função desse minicurrículo pode ser de fazer o leitor simpatizar com o autor e querer ler mais artigos, ou passar credibilidade para mostrar que o autor tem conhecimento sobre o tema.

 

Exemplo de minicurrículo para palestrantes

 

Yuri Prudente é advogado e professor de direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Em seus mais de 30 anos atuando no setor jurídico, Yuri passou por diversos cargos, inclusive sócio-fundador de seu próprio escritório de advocacia. Apesar disso, ele nunca deixou de ter tempo para atender de graça aqueles que mais precisam de sua ajuda.

 

O objetivo aqui é fazer o leitor pensar “uau, esse cara é bom! Quero assistir essa palestra!”.

 

Mas como montar um texto que realmente cumpra sua função? Vamos ver abaixo:

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

Como fazer um minicurrículo?

 

Para fazer um minicurriculo, inclua palavras importantes para sua profissão. Não inclua números de documentos nem informações que não sejam relevantes ao tema e função do minicurrículo. Siga As dicas abaixo para elaborar um minicurrículo:

 

  1. Considere a função do seu minicurrículo. O objetivo do texto vai impactar todos os próximos pontos, portanto tenha ele em mente! Ele será usado para conseguir um emprego? Assinar um artigo científico? Como descrição pessoal em um site? Alguma outra função?
  2. Defina o tamanho do seu minicurrículo. Se estiver usando como carta de apresentação ou como minicurrículo para palestrante, limite-se a um parágrafo de três frases. Para assinatura de artigos, uma ou duas frases está ótimo.
  3. Entenda o que o leitor quer saber. É o passo mais importante. Se seu minicurrículo servir como uma carta de apresentação de um currículo profissional, leia atentamente sobre o emprego desejado e liste suas experiências laborais e habilidades de acordo com os requisitos e responsabilidades da vaga. Nesse caso, você pode seguir as dicas de como fazer um perfil profissional para currículos.
  4. Escreva na terceira pessoa do singular. Ou seja, escreva como o Pelé falaria. Se estiver fazendo seu minicurrículo para servir de carta de apresentação digital, você pode escrever em primeira pessoa — caso seu currículo também tenha sido escrito assim.
  5. Inclua uma foto se necessário. Caso esteja usando o minicurrículo como assinatura ou perfil pessoal, é possível que o site peça por uma foto. Não inclua a imagem se estiver usando para conseguir um emprego, a não ser que a vaga demande foto no currículo.
  6. Escolha o software correto. Na maior parte das vezes, o próprio website disponibiliza um ou mais campos para serem preenchidos e transformados em um minicurrículo. Caso você esteja fazendo seu minicurrículo do zero, é possível usar editores de texto ou geradores de cartas de apresentação onlines, como o da Zety.

 

Agora falta só saber o que deve, ou não, entrar no seu minicurrículo (e aliás, a maneira certa de se escrever é minicurrículo, mini-currículo e mini currículo não existem).

 

O que colocar no minicurrículo?

 

O que deve entrar no seu minicurrículo depende da função do texto. Por exemplo, se você estiver dando uma palestra sobre planejamento financeiro, vale a pena incluir que você trabalhou no Banco do Brasil por dez anos, mas é desnecessário comentar que sua formação acadêmica é em psicologia.

 

Ao montar um minicurrículo, considere incluir:

  • Educação.
  • Habilidades.
  • Experiência laboral.
  • Título da sua posição atual.
  • Um adjetivo pertinente (proativo, organizado…).
  • Conquistas relevantes ao tema (aumentei as vendas em 40%…).
  • O objetivo do minicurrículo (principalmente se a função for conquistar uma vaga de emprego).

 

E uma última dica:

 

Existem outros tipos de documentos que são basicamente resumos do seu currículo, cada um servindo uma função diferente. Você pode usar as mesmas dicas e sacadas de cada um para criar o minicurrículo perfeito. Dê uma olhada:

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Muito obrigado por ler. Deixe um comentário abaixo me contando:

  • Tem alguma dúvida sobre minicurrículos que o artigo não resolveu?
  • Qual a parte mais difícil ao se criar um texto desses?
  • Existe algum outro objetivo de minicurrículos que poderiam ser tratados no texto?

 

E para finalizar, veja meu minicurrículo abaixo (aposto que o seu vai ficar bem melhor que o meu):

Avalie meu artigo: minicurriculo
Média: 5 (2 votos)
Obrigado por votar
Bruno Bertachini
Bruno é um especialista em carreira da Zety comprometido em oferecer conselhos ocupacionais que agreguem valor a profissionais em todas as etapas de suas jornadas.

Artigos Similares