Minha conta
Plano de carreira: o que é, exemplo e dicas de como fazer um

Plano de carreira: o que é, exemplo e dicas de como fazer um

É vital dar oportunidades de crescimento dentro da empresa. A melhor forma de fazer isso é com um plano de carreira. Veja o nosso guia completo e saiba tudo.

Reter os melhores talentos não se trata apenas de dar altos salários e benefícios. Você também deve pensar em como fazer um professional progredir dentro da empresa. É justamente essa a utilidade do plano de carreira. Neste guia, você vê:

  • O que é plano de carreira;
  • Os tipos de plano de carreira;
  • Como fazer um plano de carreira;
  • Modelos e exemplos de plano de carreira;;
  • E muito mais!

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

Criar o meu currículo agora

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Planejar o futuro de outros profissionais é uma tarefa barra pesada. Ninguém disse que comandar uma empresa seria fácil. Mas, para te ajudar nesta tarefa, você pode ver formas de aumentar a sua produtividade e de relaxar. Por isso, leia estes guias também:

 

Trabalhar no no Brasil é matar um leão por dia. Mas, o blog da Zety Brasil pode te ajudar. Nele, você pode ler mais de 100 artigos que te ensinam tudo sobre o mercado laboral, incluindo como fazer um plano de carreira, como você verá abaixo.

 

1. O que é plano de carreira?

 

O plano de carreira é o planejamento do percurso que cada funcionário irá percorrer na sua empresa. Ele informa as habilidades e competências no currículo necessárias para cada vaga, assim como as expectativas de performance que a empresa possui em cada cargo.

 

Realizar este estudo é fundamental para o sucesso da sua empresa. De acordo com um estudo da SEBRAE, 82% das falências de empresas no Brasil podem ser atribuídas à falta de planejamento. Um plano de carreira bem elaborado traz muitos benefícios, por exemplo:

 

Mantêm o funcionário focado: sabendo exatamente o que ele precisa conquistar para progredir na empresa, o funcionário terá um foco mais nos resultados que são relevantes.

 

Facilita a reflexão: em virtude do foco mencionado acima, o funcionário vai poder refletir melhor sobre o seu desempenho dentro da organização.

 

Retém bons funcionários: um bom plano de carreira recompensa aqueles que mais se esforçam e trazem os melhores resultados, aumentando a retenção de bons trabalhadores.

 

Ajuda a tomar decisões: com uma lista de pré-requisitos, você consegue decidir de maneira mais objetiva quem deve receber uma promoção, tornando o processo mais justo. 

 

Aumenta a motivação: de acordo com o psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, objetivos claros são elementos fundamentais para motivar pessoas.

Dica valiosa: de acordo com Csikszentmihalyi, feedback constante e dividir grandes objetivos em tarefas menores são outros fatores que podem motivar os humanos. 

Agora que você está familiarizado com o é um plano de carreira e quais os seus benefícios, você está pronto para ver os diferentes tipos de plano de carreira para decidir qual deles se encaixa melhor na sua empresa.

 

Se você está planejando uma startup, vale ler o guia O que é uma startup?

 

2. Modelos de plano de carreira

 

Gerindo uma empresa, é fundamental ser flexível e saber adotar as melhores soluções para a sua a situação. Elaborar um plano de carreira não é diferente. Por isso, veja abaixo os dois principais tipos de plano de carreira no mercado:

 

Plano de carreira em Y 

 

Inspirado pelo formato da letra Y, ele é um planejamento no qual o funcionário progride em um percurso linear, depois recebe a possibilidade de escolher entre dois trajetos profissionais distintos.Eles são:

 

Gestor: o funcionário pode migrar para um papel de liderança, no qual ele será responsável por um departamento da empresa e, consequentemente, por outros funcionários.

 

Especialista: alternativamente, ele pode optar por tornar-se um especialista, pensando em ocupar um cargo sênior dentro de sua especialização, mas sem ser gestor.

 

Leia um artigo com: Modelos de planos de carreira prontos.

 

Plano de carreira W

 

Ele também tem o nome inspirado pelo formato da letra que o intitula. Neste tipo de plano de carreira, o profissional também recebe mais uma alternativa para bifurcação profissional, além das outras duas citadas anteriormente.

 

Gestor de projetos: nessa atribuição, o profissional lidera projetos específicos, quando designado, enquanto continua trabalhando como especialista.

Dica valiosa: você não precisa adotar um plano de carreira mantê-lo na sua empresa para sempre. Dependendo da necessidade, alterações podem ser necessárias.

Estes dois modelos de plano de carreira são os mais tradicionais, mas existem outros que são mais ousados em como eles tratam os funcionários. Abaixo, você verá alguns exemplos de tais modelos de plano de carreira.

 

Plano de carreira horizontal

 

É usado nas empresas com estrutura horizontal. Ou seja, aquelas nas quais não há hierarquia ou cargo. As atribuições do profissional mudam, mas o nome do cargo não, já que nunca houve um nome para início de conversa. Isso é comum em startups.

 

Para saber mais, você pode ler o guia Livros de empreendedorismo

 

Plano de carreira em linha

 

Este é um modelo que vem caindo em desuso. Ele consiste em dar pouca, ou nenhuma, chance de um profissional ser promovido. Normalmente, a promoção só ocorre em visto de tempo de serviço prestado. Isso é comum em empresas governamentais e no exército.

 

Plano de carreira paralelo

 

Neste modelo de plano de carreira, os profissionais que têm a possibilidade de se tornarem líderes dentro da empresa seguem um plano diferente. Isso é comum em empresas que usam trainees, por exemplo.

 

Plano de carreira misto

 

É possível que você ajuste estes planos de acordo com as suas necessidades. Também é possível que você use planos diferentes para setores distintos da empresa. Por exemplo, um departamento pode usar um modelo W, enquanto o outro usa um paralelo.

 

Com estes dois planos em mente, você verá no próximo tópico como elaborar o plano de carreira da sua empresa, com as principais dicas para te assessorar em cada etapa do processo. Veja no próximo tópico. 

 

Para saber mais sobre decisões difíceis, leia o guia Como tomar decisões

 

3. Como fazer um plano de carreira

 

Veja isso. Um estudo mostra que uma implementação cuidadosa do plano de carreira pode beneficiar uma empresa. Mas, a mesma pesquisa afirma que fazer tudo com pressa pode te levar para o buraco também. Então, veja essas dicas para criar o seu:

 

Algumas coisa importantes antes do planejamento

 

Crie ferramentas de desenvolvimento profissional: para que os seus funcionários cresçam, você precisa dar para eles a oportunidade de expandirem os seus conhecimentos. Você pode fazer treinamentos presenciais ou online. Veja algumas escolas online no Brasil:

 

Para mais informações, leia o guia Cursos online no currículo

 

Converse com os funcionários: é importante ter um discurso aberto sobre as expectativas que seus funcionários têm sobre o futuro profissional dele. Tenha isso em mente ao pensar em como fazer um plano de carreira que corresponda com essas expectativas.

 

Divulgue vagas internas: para reter os seus funcionário, é vital mostrar para eles que existem oportunidades de crescimento na empresa. Uma boa forma de fazer isso é comunicar amplamente novas oportunidades e dar preferência para quem é de casa.

Dica valiosa: para poder informar aos seus funcionárias de novas vagas, é vital investir forte em comunicação interna na sua empresa. 

Agora que você já tem alguns noções importantes para começar a fazer um plano de carreira, está na hora de botar a mão na massa e iniciar um dos planejamentos mais importantes que você fará como empresário.

 

Como fazer um plano de carreira

 

Faça um diagrama: comece desenhando a estrutura de sua empresa. Depois, pense em como ela vai mudar em um ano, ou em algum outro período no futuro.

 

Consulte os funcionários: veja se os planos da sua equipe são compatíveis com o futuro que você almeja para a sua empresa. 

 

Conheça a equipe: veja pontos fortes e fracos de cada colaborador. Com essa informação, veja em quais posições eles se encaixam para atingir o futuro que a empresa quer.

 

Pense em pontos fortes e fracos: veja como desenvolver os pontos fortes dos colaboradores e como corrigir os fracos.

 

Análise: com as informações acima, você pode desenvolver um plano de carreira para os seus funcionários. Mas, o trabalho ainda não acabou.

 

Tenha metas: para garantir que o seu plano está sendo bem executado, mantenha metas. Use-as como métricas para determinar se o plano precisa ser revisado.

 

Dê feedback: deixe bem claro aos seus colaboradores o que está dando certo e o que não está. Desta forma, melhorar o desempenho da equipe para bater as metas fica mais fácil.

 

Repita o processo: vivemos em um mundo em que tudo muda. As expectativas da empresa pode mudar, ou um profissional importante pode sair da equipe. Por isso, é importante sempre revisar o seu plano e fazer as alterações necessárias nele.

Dica valiosa: algo que pode te ajudar neste processo é o benchmarking. Ele consiste em analisar as outras empresas do mercado para ver como elas estão lidando com isso.

Mas, na hora de desenvolver o seu plano, também é importante saber quais são os planos do funcionário. Por isso, recomenda-se que você sabia como eles elaboram o plano de carreira pessoal deles. Veja abaixo as melhores dicas para isso. 

 

Como fazer um plano de carreira pessoal

 

Onde se quer chegar: se você não sabe para onde ir, não chegará lá. Por isso, o primeiro passo é estabelecer os seus objetivos profissionais.

 

Não tenha medo de mudança: tudo muda. Isso pode incluir os seus objetivos profissionais. Não tem problema fazer uma reavaliação e mudar as suas aspirações. 

 

Determine os passos necessários: trace um plano de ação com os passos que serão necessários para que você alcance o seu objetivo. 

 

Crie uma estratégia: agora que você tem uma lista de cada passo, pense no que você precisa fazer para chegar em cada um deles. 

 

Anote o seu plano: em cada item que você colocou na lista, anote habilidades que você precisa adquirir ou refinar para atingir a meta. Escreva como alcançar este refiná-las.

 

Para ver as qualidades mais valorizadas, leia 37 qualidades para currículo

Dica valiosa: se você é um profissional em momento de transição, veja uma lista de 7 livros para quem quer se reinventar elaborada pelo empresário Murilo Gun. 

Conforme o tempo passa, você vai cumprindo as suas metas. Se, por algum motivo, uma delas acabar não saindo do papel, reflita o motivo para isso. Aprenda com os seus erros e pense no que você poderia ter feito de diferente. Você também pode dividir a sua lista em 3:

  • Metas atingidas;
  • Metas atingidas fora do prazo;
  • Metas não atingidas.

 

Mas, lembre-se que a lista é sua! Na hora de pensar escrevê-la, você pode colocar outras informações que você julgue relevantes e que possam te ajudar a alcançar o seu sonhado objetivo profissional.

 

Para saber mais, veja Objetivo profissional no currículo

 

Revisão: Plano de carreira

 

Comemore. De acordo com o LinkedIn, boa parte dos recrutadores estão preocupados em como reter os funcionários. Criando um bom plano de carreira, você está um passo na frente da concorrência para conseguir manter os seus melhores talentos.

 

Para usar um plano de carreira, basta fazer o seguinte:

 

  1. Escolha o modelo de plano de carreira que se adequa a sua empresa;
  2. Crie ferramentas de desenvolvimento para os funcionários;
  3. Conheça os pontos fortes e fracos da sua equipe;
  4. Trace metas claras;
  5. Forneça feedback.

 

Agora que você já sabe como reter os talentos da sua empresa, está na hora de recrutar. Leia o guia Perguntas e respostas de entrevista de emprego e veja como se preparar para entrevista os candidatos.

 

Obrigado por ler o meu guia. Agora, eu gostaria de ouvir você:

  • Qual é o maior desafio na escolher um modelo de plano de carreira?
  • Qual a sua maior dificuldade?
  • Ainda há alguma dúvida?

 

Deixe um comentário abaixo e vamos conversar!

Avalie meu artigo: plano de carreira
Média: 5 (3 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares