Minha conta
Currículo de jornalista: exemplo de como fazer + modelos criativos

Currículo de jornalista: exemplo de como fazer + modelos criativos

O seu dever é mostrar a verdade. Chegou a hora de aprender como fazer um currículo de jornalista e mostrar a maior verdade de todas: você merece a vaga.

Você passou 4 anos na faculdade aprendendo como escrever textos isentos de opinião. Agora, você tem que fazer um currículo. Para isso, você precisa fazer algo que vai contra tudo o que você aprendeu: criar um documento que vá persuadir alguém.

 

Isso pode parecer um exercício de marketing e você não tem experiência nisso, mas não se preocupe. Nos próximos 5 minutos, você verá como aplicar o que você aprendeu na faculdade de jornalista para criar um currículo de jornalista.

 

Você aprenderá como fazer um currículo de jornalista tão bom quanto esse abaixo.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Modelo de currículo para jornalista (versão em texto)

 

Pedro Paulo Diniz

joao.paulo.diniz@email.com.br

(XX) 99999-9999

linkedin.com/in/ppaulodiniz

 

Jornalista formado na Universidade X amante do entretenimento. Minha paixão me levou a criar o Site X que conseguiu 500.000 visualizações em 1 ano. Busco a oportunidade de combinar o que aprendi sobre SEO no meu site com os meus conhecimentos de jornalismo para trazer novas ideias à sua equipe de jornalismo digital.

 

Formação acadêmica

 

Bacharelado em jornalismo

Universidade X (dezembro de 2019)

  • Orador da turma;
  • Média final 9,5;
  • Nota do TCC: 10;
  • TCC será publicado como livro;
  • Material favorita: jornalismo digital.

 

Experiência

 

Fundador e jornalista

Website X

  • Consegui 500.000 visualizações em um ano;
  • Nosso melhor artigo conseguiu 10.000 visualizações em um mês;
  • Nossa página no Facebook conseguiu 30.000 likes em um ano;
  • Conseguimos uma entrevista exclusiva com a Celebridade X;
  • Recrutei 5 jornalistas voluntários para trabalhar comigo.

 

Habilidades

 

  • SEO, adquirida após trabalhar no crescimento do Website X;
  • Edição de vídeo, adquirida produzindo conteúdo para o Website X;
  • Programação intermediária em C#, adquirida após um curso na Escola X;
  • Liderança, adquirida após liderar a equipe do Website X;
  • Criatividade, adquirida após toda uma vida como amante da arte.

 

Informações adicionais

 

  • Inglês fluente (formado no Curso X em janeiro de 2018)
  • Interessado em entretenimento, artes e tecnologia.

 

1. Escolha um formato para seu currículo de jornalista

 

Lembra de todas as aulas de diagramação que você teve na faculdade? Tinha que usar o Adobe inDesign, que é confuso, com milhares de comandos e tal… felizmente, deixar o seu currículo organizado é muito mais fácil do que editar uma página de jornal.

 

Isso é uma ótima notícia, considerando que uma das principais gafes que você pode cometer no currículo para jornalista é fazer um documento desorganizado. Em casos como esses, recrutadores podem levar menos de 10 segundos para descartar seu currículo. Para que isso não ocorra, veja essas dicas:

 

Formatando o currículo de jornalista

 

  • Use uma fonte legível, como Arial, Cambria ou Garamond;
  • Use tamanho 11;
  • Use margens 2,5;
  • Deixe o título das seções em negrito e em Tamanho 14.

 

Dicas extras para formatar o currículo de jornalista

 

  • Comece com a conquista mais recente e vá voltando no tempo.
  • Se a sua educação vale mais que sua experiência, coloque-a primeiro.
  • No cabeçalho, coloque apenas seu nome, vaga desejada e informação para contato, incluindo o seu portfólio e LinkedIn. Só inclua pretensão salarial se for pedido
  • Não é recomendado usar um currículo com foto. Empresas temem a lei 9.029/95
  • Salve seu currículo em PDF, mas também tenha o currículo em Word (doc).

Dica valiosa: diagramaré uma das habilidades mais importantes em uma publicação. Se você é expert no assunto, vale fazer um currículo criativo para mostrar a sua maestria.

Talvez o seu currículo não venha a ganhar o Prêmio ExxonMobil de Jornalismo, na categoria gráfica, mas vai convencer o recrutador de que você pode trazer este tipo de triunfo para o jornal dele.

 

Para uma análise digna de grande reportagem, leia o nosso guia Formato de currículos.

 

2. Crie uma seção de experiência no currículo de jornalista

 

Pense no seguinte. Em toda reportagem, é fundamental reconstruir o histórico do personagem. No seu currículo de jornalista não é diferente. Para mostrar o seu histórico profissional ao recrutador, siga esses passos:

  • Coloque o seu cargo, nome da empresa, as datas de trabalho e 6 bullet points;
  • Use 4 bullet points para as suas atribuições e 2 para conquistas;
  • Na hora de listar as conquistas, tente focar em coisas que são quantificáveis.

Dica valiosa: uma grande tendência do jornalismo brasileiro é o jornalista realizar cada vez mais atividades. Por isso, na hora de falar das suas atribuições, tente diversificar ao máximo, para mostrar que você possui várias habilidades e sabe fazer multitasking.

Se você ainda é um jovem buscando o primeiro emprego ou querendo fazer um currículo para estágio, não se preocupe. Talvez você tenha mais experiência do que imagina.

 

O que colocar no currículo de jornalista quando não se tem experiência

 

Se você ainda não tem experiência com contrato assinado, passando 8 horas por dia na redação, pode colocar isso no currículo como experiência:

  • Trabalhos voluntários: pode ser algum conteúdo que você produziu de graça.
  • Projetos pessoais: algum projeto como site, blog ou página em redes sociais.

Dica valiosa: uma forma de ganhar experiência é buscar sites pequenos de algum assunto que você se interessa e se oferecer para escrever alguns textos e aumentar seu portfólio.

É fundamental buscar este tipo de experiência durante a universidade. Afinal, o número de jornalistas no Brasil aumentou em 4 vezes em 10 anos. Com tanta concorrência, você graduar-se com um vasto portfólio se quiser competir no mercado.

 

Para saber mais sobre o assunto, leia o guia Como colocar a experiência no currículo.

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Educação no currículo para jornalista

 

Cursar jornalismo é para poucos. Este é um dos cursos mais concorridos do Brasil. E pelo fato de se tratar de uma profissão tão ampla, você estuda de tudo um pouco, rádio, jornal, televisão, internet e por aí vai…

 

Cada um tem as suas preferências e seus pontos fortes e é importante informar isso ao recrutador. Se você for um profissional experiente, a sua experiência já dá essa informação, mas caso você seja inexperiente, você pode usar a sua seção de educação para isso.

 

Como colocar a educação no currículo para jornalista experiente

 

  • Nome do curso e do grau conferido;
  • Nome da instituição;
  • Data de conclusão;
  • Data de início.

Dica valiosa: considerando a amplitude do jornalismo, se você quiser trabalhar em área específica, a melhor alternativa é buscar um mestrado. Veja os melhores nesta lista.

Como colocar a educação no currículo para jornalista inexperiente

 

Além das informações acima, também inclua:

  • Notas (caso elas sejam MUITO altas);
  • Matérias favoritas;
  • Matérias optativas;
  • Atividades extracurriculares;
  • Trabalho de conclusão de curso.

Dica valiosa: é verdade que ninguém pergunta a nota do TCC em uma entrevista, mas tirar 10 é fundamental. Um bom trabalho pode ser publicado, melhorando o seu currículo.

Preparando a pauta da sua educação desta forma, o recrutador saberá que você é o cara.

 

Coloque também cursos em andamento. Leia: Como colocar cursos em andamento.

 

4. Destaque suas habilidades no currículo de jornalista

 

Escute as palavras do jornalista Cadu Novaes. O jornalista precisa ser versátil. Por isso, é vital ter um conjunto de habilidades diversificado. Para mostrar ao recrutador que você é praticamente um exército de uma pessoa só, liste suas competências desta forma:

  • Veja quais são mencionadas na descrição da vaga. Liste elas no seu currículo.
  • Mencione também as suas habilidades nas outras seções do currículo.

Dica valiosa: criatividade é uma das habilidades mais exigidas em vagas de jornalismo. Ao contrário do que muita gente imagina, é possível estudar este assunto e se desenvolver. O maior especialista do Brasil no assunto é Murilo Gun. Veja suas palestras

Além das habilidades técnicas, como redação de texto, edição de vídeo e fotografia, você também precisa ter algumas competências pessoais para ser um jornalista. Veja abaixo.

 

Exemplos de habilidades pessoais para o currículo de jornalista

 

  • Inteligência emocional;
  • Conhecimento multicultural;
  • Networking;
  • Liderança;
  • Argumentação;
  • Visão de mercado.

 

Fonte: Academia do jornalista

 

Ser jornalista no Brasil significa concentrar os esforços de toda uma equipe em você. Mas, colocando as suas habilidades no currículo desta forma, você mostra que aguenta o tranco.

 

Para ver as habilidades que estão em alta no mercado, leia Competências no currículo.

 

5. Seções adicionais fazem diferença no currículo de jornalista

Criar retrancas que expandem um assunto é fundamental para desenvolver a narrativa de uma reportagem. Da mesma forma, colocar seções extras no seu currículo é vital para que o recrutador aprofunde-se no seu perfil profissional. Você pode botar o seguinte:

  • Atividades extracurriculares;
  • Workshops;

Dica valiosa: no campo das certificações, uma das mais importantes é a de SEO. Em virtude da expansão do jornalismo digital, saber sobre SEO é vital para um jornalista. Você pode conseguir certificações sobre o assunto em sites como Coursera e Udemy.

Apenas lembre-se que o currículo de jornalista deve ter apenas uma página. Assim como em uma matéria, você precisa filtrar os fatos e filtrar apenas aquilo que é relevante.

 

Para uma análise aprofundada, leia Como colocar informações adicionais no currículo.

 

6. Crie um objetivo de currículo ou um resumo profissional para o currículo de jornalista

 

Escrever o lead é o primeiro passo de qualquer matéria. Ele introduz o leitor ao assunto que será discutido. Existe algo semelhante no seu currículo para jornalista. Ele sempre começa com um pequeno texto que te introduz para o recrutador e sua abordagem na hora de escrever deve mudar dependendo com a sua experiência:

 

Escreva um resumo profissional se você tem mais de 2 anos de experiência:

  • Comece criando um documento com os seus pontos mais fortes;
  • Escreva um texto com 3 ou 4 pontes fortes que estejam incluídos no anúncio.

 

Escreva um objetivo de currículo se você tem pouca experiência profissional:

  • Pense em tudo o que você aprendeu com a sua educação;
  • Liste as suas habilidades e como você pode contribuir para a empresa.

 

Da mesma forma que o lead responde todas as 6 perguntas básicas do jornalismo, o seu texto vai responder as perguntas iniciais do recrutador de forma que vai motivar ele a continuar lendo o seu currículo de jornalista.

 

Para mais detalhes sobre o assunto, leia O que colocar no objetivo do currículo ou O que colocar no resumo profissional de currículo.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

7. Inclua uma carta de apresentação no currículo de jornalista

 

Escrever sobre você mesmo pode ser difícil. Afinal, o jornalismo exige distanciamento do personagem para uma abordagem imparcial, mas ninguém é mais próximo de você do que você mesmo! Calma. Para escrever a carta, basta seguir essas dicas:

  • Coloque as suas informações as do recrutador no cabeçalho;
  • Três parágrafos é o tamanho recomendado para uma carta de apresentação;
  • No primeiro parágrafo, apresente-se para o recrutador. No segundo, reconheça as necessidades da empresa e como você pretende supri-las. No terceiro, encerre com um call to action.

 

Mais dicas para a carta de apresentação no currículo de jornalista

  • Se possível, use o mesmo formato usado no currículo;
  • Personalize o texto para a vaga pretendida;
  • Siga a dica de Ken Levine. Escreva da maneira mais breve possível;
  • Quando terminar, salve a sua carta de apresentação modelo em PDF

Dica valiosa: se você não sabe o nome do recrutador, busque no LinkedIn pelo gestor de RH da empresa.

Certamente o seu texto será muito melhor escrito do que as carta que os leitores enviavam para a redação com sugestões de pauta. Bom, eles ainda fazem isso, mas por WhatsApp.

 

Para mais dicas, leia o guia Como fazer uma carta de apresentação para emprego

 

Agora você está pronto para conseguir a sua oportunidade de propagar a verdade. Considerando o surto de Fake News no Brasil, estamos precisando de você. É só mandar o currículo por e-mail e esperar o contato!

 

Caso tenha alguma dúvida, deixe seu comentário na seção abaixo!

Avalie meu artigo: curriculo jornalista
Média: 5 (1 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares