Minha conta
Modelo de currículo de pedagoga recém-formada pronto

Modelo de currículo de pedagoga recém-formada pronto

Como fazer um currículo de pedagoga recém-formada? Há maneiras de destacar as seções corretas de um currículo sem experiência (ou com pouca). Leia nossas dicas.

Como provar no currículo que você pode ser um bom pedagogo, ou pedagoga, mesmo com pouca ou nenhuma experiência de trabalho?

 

Existem algumas técnicas para isso. Por exemplo:

  • Destacar sua educação no curriculum vitae;
  • Listar as habilidades corretas, relevantes à vaga em pedagogia;
  • Tentar “provar” suas habilidades com certificados;
  • Escolher o tipo de currículo certo para quem não tem experiência.

 

Veja o modelo abaixo para se inspirar, e leia o artigo para um passo a passo detalhado de como criar seu currículo para pedagoga recém-formada.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Modelo de currículo de pedagoga recém-formada

 

Nilma Lino Freire

Pedagoga

nilma.l.freire@email.com.br

(99) 99999–9999

 

Objetivo do currículo

 

Recém-formada em pedagogia no SENAC com experiência prática de um ano de estágio em escola infantil, no qual obtive nota máxima na pesquisa de satisfação interna. Sou proativa e, como irmã mais velha de três irmãos, sempre tive jeito com crianças. Eu adoraria aplicar meu talento natural com o que aprendi de teórico e prático na faculdade e no estágio como professora polivalente de educação infantil da sua escola.

 

Formação acadêmica

 

Licenciatura em Pedagogia

SENAC

Conclusão: 2020

Carga horária: 3200 horas

Matérias cursadas: Educação brasileira no século XXI; educação inclusiva; fundamentos da educação infantil; pesquisa, tecnologia e sociedade; políticas e organização da educação no Brasil, arte e literatura na infância; corporalidade e movimento; didática e prática docente na educação infantil; étnica, cidadania e sustentabilidade; organização e gestão da educação infantil; teorias de ensino-aprendizagem na educação infantil.

Projeto Integrador I: Práticas Pedagógicas na Sociedade Contemporânea.

Projeto Integrador II: Desafios, Conquistas e Perspectivas na Educação Infantil.

 

Experiência de trabalho

 

Estágio

Escola Meu Começo de Vida

2019

  • Ajudei professores de diversas matérias com correções e criações de exames;
  • Fui professora de português substituta em mais de dez ocasiões;
  • Ajudei alunos em recuperação de português com assistência pós horário letivo;
  • Fui avaliada com nota 5 de 5 pelos professores da escola.

 

Habilidades

 

  • Pacote Office avançado — certificado por CF Cursos de Formação;
  • Desenvolvimento e correção de exames — graças ao estágio;
  • Jeito com crianças;
  • Ótima comunicação verbal e escrita;
  • Proativa.

 

Informações adicionais

 

  • Curso de gestão escolar, Unip — cursando;
  • Workshop de Prática de Jogos Pedagógicos — UNOESTE;
  • Disponibilidade de trabalhar horas extras e sábados.

 

Você pode usar esse currículo como referência para o que discutiremos abaixo. Também pode copiar, preencher com seus dados e usar como seu. Abaixo veremos como fazer o seu currículo de pedagogo ou pedagoga recém-formada ficar tão bom quanto este.

 

1. A formatação do currículo de pedagogia com pouca ou nenhuma experiência

 

O ponto principal ao se fazer um currículo com pouca ou nenhuma experiência é decidir sobre a proporção dos tamanhos e níveis de detalhes entre as seções de trabalhos anteriores e educação.

 

Se você não tem nenhuma experiência, não há muito o que se pensar, escolha por simplesmente não incluir uma seção de trabalhos anteriores, e foque o máximo possível na sua formação acadêmica.

 

Já no caso de um candidato que tem apenas um pouco de experiência, seja graças a um estágio em pedagogia ou a um bico não relacionado à matéria, é necessário refletir sobre alguns pontos ao definir o formato do currículo. Afinal, mesmo uma experiência não relacionada à pedagogia terá aspectos relevantes.

 

Lembre-se que a experiência é a seção mais importante do currículo. Ao mesmo tempo, para pedagogos, a formação acadêmica é relevantíssima.

 

O objetivo é fazer o recrutador ler a seção que você julga mais relevante no seu caso. A seção que tem mais chance de criar uma boa primeira impressão sua para os empregadores. Há dois fatores a serem decididos:

  • Qual das duas seções aparecerá primeiro?
  • Qual das duas seções ocupará mais espaço?

 

No exemplo que você viu lá em cima, a candidata resolveu focar na formação acadêmica, por isso sua educação veio antes da experiência, e também ocupa mais espaço, com muitos detalhes. É possível formatar o currículo de maneira que ambas ocupem um espaço similar.

 

Para que seu currículo seja agradável de ler, siga as dicas abaixo:

  • Escolha uma fonte profissional para currículos. Times New Roman ou Arial funcionam bem;
  • Garanta que as margens estão iguais nos dois lados;
  • Escolha um espaçamento 1,15 e tamanho da letra 11 ou 12;
  • Mantenha seu currículo com no máximo duas páginas;
  • Faça um cabeçalho:
    • Seu nome completo;
    • Posição aplicada;
    • Telefone;
    • E-mail;
    • LinkedIn (se tiver).

 

O tipo de currículo perfeito para pedagogas ou pedagogos recém-formados é o currículo cronológico inverso. Esse é o estilo de curriculum vitae tradicional, que os empregadores estão acostumados a ler. Para criá-lo:

  • Liste experiências de trabalho e educação em ordem cronológica inversa. Ou seja, comece pelo mais recente;
  • Divida o currículo nas seções abaixo:
    • Objetivo do currículo;
    • Experiência de trabalho (se for manter);
    • Educação (pode estar acima da experiência);
    • Habilidades;
    • Informações adicionais.

 

Se quiser ler mais sobre formatação de currículos, leia: Como formatar um currículo.

 

2. Introdução: objetivo do currículo para pedagogos

 

Logo abaixo do cabeçalho, vem um parágrafo de três ou quatro frases que resume o currículo. A função desse pequeno texto é informar aos recrutadores, de maneira breve, sobre quem você é, caso eles estejam com muitos CVs e pouco tempo, e tenham que escolher quais currículos ler.

 

Além disso, essa introdução é uma maneira de criar uma boa impressão e deixar claro qual o seu objetivo profissional e como você acredita que pode ajudar a instituição.

 

Essa apresentação tem diversos nomes, como “perfil profissional” ou “resumo do currículo”. Normalmente, para um currículo com pouca ou nenhuma experiência, é chamado de “objetivo do currículo” ou “objetivo profissional”, pois este tipo de candidato foca no seu futuro, já que não têm muita bagagem.

 

Porém, é necessário entender que, para a instituição, os objetivos dos candidatos não são fatores de decisão na hora de contratar. Eles só terão impacto quando mostrarem que a pessoa será valiosa na empresa. Veja o exemplo do modelo lá de cima. O objetivo da pedagoga casa com as necessidades da escola.

 

Para criar um bom objetivo do currículo, tente incluir no seu parágrafo as seguintes informações:

  • O título da sua posição atual (se tiver);
  • Ao menos uma característica pessoal (que você escolhe da sua seção de habilidades);
  • Uma conquista, que pode ser sua formação acadêmica ou algo no trabalho (se tiver);
  • Uma competência (que você também pode pegar da seção de habilidades);
  • Como você pode ajudar a instituição.

 

Lendo isso você já deve ter imaginado que é mais fácil deixar para escrever seu objetivo do currículo no final. E realmente, você terá muito mais claro seus pontos fortes após montar o resto do currículo. Portanto, continue lendo o artigo, e volte para essa seção após finalizá-lo!

 

Para ver diversos exemplo de objetivos de currículos e muitas dicas valiosas, leia: Como fazer um objetivo do currículo.

 

3. Como listar a experiência no currículo de pedagoga recém-formada

 

Se você está fazendo um currículo sem experiência, simplesmente pule essa seção. Mas atenção: bicos, voluntariado e trabalhos informais podem contar como experiência e decorar seu currículo. Neste caso, basta listá-los como experiências autônomas no currículo.

Dica valiosa: quer conseguir experiência relevante à pedagogia rapidamente? Dê aulas particulares de algo que você é bom. Você pode conseguir alunos online ou, em último caso, dar aulas para amigos de graça.

Caso você tenha alguma experiência para colocar no seu currículo de pedagogo recém-formado, liste as informações abaixo:

  • Título da posição;
  • Instituição;
  • Datas;
  • Conquistas.

 

Um truque interessante é listar as conquistas ao invés das responsabilidades, ou ao menos misturar os dois. Isso vale inclusive para quem tem bem pouca experiência, e pode ser listado de maneira a destacar o que é relevante para a vaga.

 

Imagine, por exemplo, uma pedagoga recém-formada que fez bico de babá. Ela pode listar as responsabilidades, como “garantir que a criança esteja na cama às 19:30”, mas terá mais sucesso se listar as conquistas relevantes à pedagogia, como “ensinei a criança com jogos educativos” ou “prendi a atenção das crianças com leituras”.

 

Se quiser ler mais sobre o assunto, temos um guia voltado para isso: Como colocar a experiência laboral no currículo.

 

4. Listando sua formação acadêmica no currículo de pedagoga recém-formada

 

As informações abaixo são as esperadas na seção de educação de um currículo, para cada item:

  • Nome do curso;
  • Instituição de ensino;
  • Data de finalização.

 

A educação é importante para seu currículo, tanto por ser um CV de pedagogia quanto um curriculum vitae de um recém-formado. Portanto, considere detalhar mais essa seção, incluindo os dados abaixo — desde que sejam relevantes para a vaga:

  • Carga-horária;
  • Trabalho de conclusão de curso;
  • Matérias optativas;
  • Nomes de professores;
  • Notas;
  • Trabalhos;
  • E coisas similares…

 

Quer ler mais sobre como incluir sua educação no currículo? Leia: Como listar sua formação acadêmica no curriculum vitae.

 

5. Habilidades no currículo de pedagogia sem experiência

 

A seção de habilidades é outra parte do currículo de pedagogia que você pode destacar por ser recém formado. Liste até dez habilidades relevantes à vaga. Tente não colocar apenas conhecimentos técnicos, mas também características pessoais, as “soft skills”, principalmente habilidades interpessoais.

 

Essas “soft skills” são cada vez mais procuradas por recrutadores, como você pode ver nesse estudo da Oxford (em inglês). Os recrutadores não podem ensinar essas coisas, eles têm que investir em quem já tenha essas características. Além disso, essas qualidades são à prova de automatização.

 

Já que a profissão de pedagogo está tão ligada à interação com outros seres humanos, as “soft skills” são ainda mais valiosas para você.

 

E como saber que habilidades são relevantes para a vaga? Leia a descrição da posição na oferta de trabalho. Muitas vezes está listado lá mesmo, tanto em “requerimentos” quanto em “responsabilidades”. Caso não esteja, é necessário pesquisar sobre o cargo para determinar que competências são usadas.

 

Após fazer uma lista de habilidades relevantes, reflita sobre quais você possui. Priorize as que você pode “provar” com um certificado ou uma experiência, como no modelo de currículo de pedagoga recém-formada lá de cima.

 

Veja alguns exemplos de habilidades que pedagogas ou pedagogos recém-formados podem possuir e que podem ser relevantes para uma vaga em pedagogia, tanto “hard skills” quanto “soft skills”:

 

  • Inglês;
  • Pacote Office;
  • Falar em público;
  • Libras;
  • Paciência;
  • Organização;
  • Empatia;
  • Planejamento de classes;
  • Espírito de liderança;
  • Educação especial;
  • Boa comunicação;
  • Pedagogia empresarial;
  • Criatividade;
  • Orientação educacional;
  • Entusiasmo;
  • Teoria musical.

 

E qualquer outra habilidade que você tenha aprendido na faculdade.

 

Temos um artigo detalhado sobre habilidades no currículo:Como listar suas competências no curriculum vitae.

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

6. Colocando as informações adicionais no currículo

 

A última seção do currículo, tradicionalmente, se chama “informações adicionais”, ou “informações complementares”. Nela podemos colocar tudo o que queremos comunicar aos recrutadores, mas que não entrou até agora.

 

Alguns exemplos de informações adicionais que pedagogos recém-formados podem querer incluir na seção de informações adicionais:

Dica valiosa: voluntariado é especialmente recomendado para pedagogos recém-formados, já que além de servir como experiência, ainda sinaliza empatia e outras qualidades humanas esperadas para a profissão.

Você não precisa incluir todas as informações adicionais na mesma seção. Se tiver muitos casos de um mesmo item para listar, você pode criar seções extras. Por exemplo, uma seção de trabalhos voluntários acima da seção de informações complementares.

 

Veja mais exemplos e uma explicação extensa sobre as melhores maneiras de se listar as informações complementares em: Como incluir informações adicionais no currículo.

 

Se você estiver seguindo as dicas desse guia em ordem, essa é a hora de voltar lá para a seção número 2 e criar o seu objetivo do currículo. Imagino que agora está muito mais claro na sua cabeça quais são os pontos principais do seu currículo!

 

Parabéns! Você acabou de fazer seu curriculum vitae! Salve uma versão em PDF para enviar e garantir que o arquivo não vai desformatar no Windows antigo do computador do diretor da escola. Também revise o português e a digitação para certificar-se de que nada está errado. Imagina receber um currículo de pedagogo com erros de ortografia!

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua.

7. Carta de apresentação do currículo

 

Precisa escrever uma carta de apresentação para enviar com o currículo? Bom… depende.

 

Se a descrição da vaga pedir para que seja enviado, então claro que sim. Se especificar que você não deve enviar, então também é claro que não se deve enviar. Agora, se não há especificação, a escolha é sua. Se você enviar, o pior que vai acontecer é a carta ser ignorada, mas o melhor caso é o empregador gostar.

 

Se quiser montar uma carta de apresentação profissional para enviar com seu CV de pedagogia, leia: Como fazer uma carta de apresentação para currículo.


Espero que o artigo tenha te ajudado, e obrigado por ler! Você ainda tem dúvidas? Tem alguma dica adicional? Comente na seção abaixo!

Avalie meu artigo: curriculo pedagoga recem formada
Média: 5 (1 votos)
Obrigado por votar
Bruno Bertachini
Bruno é um especialista em carreira da Zety comprometido em oferecer conselhos ocupacionais que agreguem valor a profissionais em todas as etapas de suas jornadas.

Artigos Similares