Como fazer um currículo para professor de educação infantil

Como fazer um currículo para professor de educação infantil

Quer saber como fazer um currículo para professor de educação infantil ou fundamental nota 10? Neste guia você verá todas as etapas de criação do CV, desde o objetivo até o final.

Existe profissão mais nobre e importante do que essa? Desenvolver e estimular as capacidades sociais, o raciocínio e o caráter daqueles que, em breve, serão os agentes de qualquer mudança no mundo?

 

O mercado de trabalho para essa área também é favorável, mas, ao mesmo tempo, existe muita gente buscando esse sonho. Por isso, vale a pena garantir que seu currículo esteja a par da concorrência, e possa te garantir uma entrevista.

 

Neste guia você verá como fazer um currículo para professor de educação infantil e fundamental, um modelo para seguir e diversos exemplos e dicas. Sentem-se na carteira dos alunos e aproveite a aula.

  

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Você nunca trabalhou? Quer ver um modelo de currículo para professor infantil iniciante? Temos outro artigo que pode te ajudar:

 

Modelo de currículo para professor de educação infantil e fundamental

 

Maria Freire Chiaravalle

Professora de educação infantil

maria.f.chiaravalle@email.com.br

(99) 99999-9999

 

Objetivo do currículo

 

Professora organizada e proativa com mais de 4 anos trabalhando em escolas e com experiência de voluntária em creche. Me orgulho da atmosfera que mantenho em minhas classes e de ter aumentado em 15% o sucesso da alfabetização dos alunos da instituição que trabalho atualmente. Adoraria uma oportunidade de adquirir conquistas semelhantes na Escola Z.

 

Experiência laboral

 

Professor Polivalente (educação infantil)

Escola X — Guaporé, RS

2018 — atualmente

  • Desenvolvi uma estrutura de aula que aumentou o sucesso de alfabetização das crianças de 5 anos da escola em 15%;
  • Coordenei e realizei com sucesso mais de 30 reuniões de pais e mestres;
  • Criei o programa de ensino musical pós-aula, que foi descrito como “um sucesso” pelo diretor;
  • Mantive uma atmosfera produtiva e de engajamento durante as aulas, facilitando o desenvolvimento social e o raciocínio lógico dos alunos.

 

Auxiliar de classe

Escola Y — Santa Maria, RS

2016–2017

  • Auxiliei 10 professores por um ano;
  • Acompanhei cerca de 50 alunos em tarefas como ir ao banheiro e comprar o lanche;
  • Colaborei com a metodologia da instituição com ideias e criando atividades em sala de aula que continuarão sendo utilizadas;
  • Fui avaliado com 90% de satisfação na pesquisa interna da escola.

 

Formação acadêmica

 

Pedagogia-licenciatura

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria — RS

Conclusão: 2016

 

Colegial

Escola X, Guaporé — RS

Conclusão: 2012

 

Habilidades

 

  • Metodologias de ensino;
  • Planejamento de classes;
  • Microsoft Office;
  • Conhecimento de informática;
  • Organização;
  • Proatividade;
  • Liderança.

 

Informações adicionais

 

Voluntária na creche Esperança, 2015;

Disponibilidade para começar imediatamente.

 

Copie esse currículo e cole para usar como base para o seu, se quiser. Abaixo veremos como fazer o seu currículo de professor ou professora infantil ficar tão bom quanto este.

 

1. Macarrão e purpurina: a aparência do seu currículo de professor infantil

 

Um ponto essencial para ser levado a sério e prender a atenção de quem lerá seu currículo é a aparência do documento.

 

Formate o arquivo para minimizar qualquer possibilidade de problemas com a leitura do seu currículo:

  • Escolha uma fonte para currículos que seja padrão do Windows;
  • Faça um cabeçalho simples, apenas com nome, posição aplicada, telefone e e-mail;
  • Mantenha um tamanho de currículo de no máximo duas páginas;
  • Liste as experiências laborais e educacionais em ordem cronológica inversa, ou seja, ponha o mais recente no topo e vá descendo;
  • Não há necessidade de colocar foto em um currículo para professor infantil ou fundamental;
  • Divida o currículo entre as seções tradicionais, já esperadas pelos recrutadores:
    • Introdução;
    • Experiência;
    • Educação;
    • Habilidades;
    • Seções extras.

  

Para se aprofundar no tema, leia nosso guia detalhado: Como formatar um curriculum vitae.

 

2. Introdução: objetivo do currículo de professor infantil e fundamental

 

A primeira seção do currículo, logo abaixo do cabeçalho, é a introdução. Trata-se de um parágrafo de três ou quatro frases para chamar a atenção do empregador. Para você, que está acostumado a prender a atenção de diversas crianças em uma sala, vai ser fácil, fácil.

 

Essa introdução tem vários nomes. Perfil profissional, objetivo do currículo, resumo profissional, resumo do currículo, objetivo profissional… A ideia é sempre a mesma: convencer o recrutador de que você pode ajudá-lo, selecionando as melhores partes do seu curriculum vitae em um parágrafo, para que ele leia caso esteja com muitos currículos na mão.

 

É como o resumo de uma matéria, só que do seu currículo.

 

Deixe para fazer a introdução após terminar o currículo. Você terá mais claro na sua mente quais os seus pontos fortes e será mais fácil criar o parágrafo. Após escrever o resto do seu CV, leia nosso guia: Como fazer um perfil profissional para currículo.

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Descreva sua experiência dando aulas

 

A seção de experiência é para muitos recrutadores a mais importante. Para listar seus trabalhos anteriores, siga o modelo abaixo:

  • Título da posição;
  • Instituição;
  • Datas;
  • Conquistas.

 

Colocar “conquistas” no lugar de “responsabilidades” é uma grande sacada. Muita gente é responsável por algo, mas mesmo assim não realiza bem seu trabalho. Colocando ao menos algumas conquistas você está “provando” para o diretor da escola que você é um bom lecionador.

 

Por exemplo, a maior parte das pessoas listaria suas responsabilidades dessa maneira:

 

ERRADO
  • Dar aulas para alunos de 5 e 6 anos;
  • Responsável por ensinar crianças a ler e escrever;
  • Supervisionar todos os alunos durante o recreio;
  • Preparar a caderneta com a descrição do dia das crianças;
  • Cuidar das crianças durante todo o dia letivo.

 

Ao invés disso, esse mesmo candidato poderia descrever seu emprego atual focando nas conquistas:

 

CORRETO
  • Eduquei mais de 100 alunos de 5 e 6 anos;
  • Construí um ambiente harmonioso que permitiu desenvolver a cooperação entre as crianças e o trabalho individual;
  • Alfabetizei mais de 60% dos alunos de 5 anos e 90% dos alunos de 6 anos que ainda não sabiam ler;
  • Coordenei mais de 500 dias letivos, focando sempre no desenvolvimento social e do raciocínio lógico dos alunos;
  • Adquiri um conhecimento profundo acerca da capacidade cognitiva das crianças.

 

A segunda maneira é mais difícil de ser escrita, requer um momento de reflexão e cálculos para que números possam ser usados a seu favor, mas vale a pena.

 

Liste apenas conquistas relevantes para a vaga. Por exemplo, uma pessoa que foi caixa de supermercado e busca uma vaga de professora infantil não prova nada ao dizer que foi responsável pelo caixa, mas prova muita coisa ao dizer que ensinou a função para três novas empregadas.

 

Quer ler um artigo detalhado sobre como listar essas experiências? Leia o guia: Como colocar a experiência laboral no currículo.

 

4. A educação do educador: listando sua formação acadêmica

 

Para professores de ensino infantil e fundamental, a formação acadêmica é importantíssima, e está ficando cada vez mais esperada no Brasil. No ensino básico, 68,4% dos professores têm formação superior completa. No caso dos anos finais do ensino fundamental, esse número sobre para 90%.

 

Detalhe a sua formação, listando, no mínimo, os dados a seguir:

  • Nome do curso;
  • Instituição de ensino;
  • Data de finalização.

 

Caso não tenha experiência, você pode detalhar mais essa seção, incluindo coisas como carga-horária, trabalho de conclusão de curso, matérias optativas e coisas similares.

 

É possível também listar a escola onde foi feito o colegial, caso essa seja sua última formação.

 

Se ainda tiver dúvidas sobre como listar essa seção, dê uma olhada no artigo: Como listar sua educação no curriculum vitae.

 

5. Habilidades no currículo de professor de educação infantil e fundamental

 

Para a seção de habilidades, faça uma lista de competências suas que sejam relevantes para a vaga. Para um professor de ensino infantil, as chamadas soft skills no currículo são muito importantes. Trata-se de qualidades dificilmente mensuráveis, como “paciência” e “boa comunicação”.

 

Para se inspirar, veja alguns exemplos de habilidades que podem ser relevantes para uma vaga de professor de educação infantil e fundamental:

 

  • Experiência em planejamento de classes;
  • Trabalho em grupo;
  • Comunicação;
  • Boa dicção;
  • Paciência;
  • Organização;
  • Inglês;
  • Pensamento crítico;
  • Libras;
  • Teoria musical;
  • Criatividade;
  • Liderança;
  • Gestão escolar;
  • Coordenação de passeios de classe;
  • Entusiasmo e energia;
  • Liderança de corais infantis;
  • Conhecimento em pacote Office;
  • Educação especial.

 

Quantos itens você deve incluir? Depende do tamanho do seu currículo. Algo entre cinco e dez habilidades é um número seguro.

 

Uma ótima maneira de tornar essa seção mais convincente é com “provas” ao lado das habilidades. Elas podem variar desde certificados até um comentário simples explicando porque você acredita ter aquela competência. Veja o exemplo abaixo:

 

  • Inglês fluente — nota 115 de 120 no TOEFL;
  • Pacote Office — certificado de especialista MOS;
  • Libras — certificado Prolibras;
  • Educação especial — experiência lecionando para crianças especiais;
  • Matemática — escrevi um artigo sobre matemática na pedagogia (link pro artigo).

 

Temos um artigo aprofundado nesse tema, caso queira caprichar:Como incluir habilidades no curriculum vitae.

  

6. Inclua seções extras no seu currículo

 

É possível incluir as seções que você quiser no final do currículo, até mesmo coisas como “hobbies”, contando que sejam relevantes para a vaga.

 

Também é possível incluir uma seção chamada “informações adicionais” ou “informações complementares”, com tudo o que você ainda gostaria de comunicar ao recrutador, mas não pôde nas seções tradicionais.

 

Veja alguns exemplos do que poderia entrar na seção ou nas seções adicionais:

  • Cursos extracurriculares;
  • Voluntariado (mostra empatia e proatividade);
  • Palestras (tanto assistidas quanto lideradas);
  • Certificados (os que não entraram nas habilidades);
  • Prêmios (mesmo que uma premiação na faculdade);
  • Hobbies e interesses (gosta de quebra-cabeças? Seus alunos também).

 

Leia mais sobre como colocar essas seções extras: Como incluir informações adicionais no currículo.

 

Se você está usando esse guia como passo a passo, essa é a hora de voltar pro passo 2 e fazer sua introdução!

 

Agora que o currículo está finalizado, revise a ortografia. Um currículo de professor infantil será descartado se tiver erros de português. Salve o CV em PDF, para evitar que desformate ao ser aberto no computador da escola.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

7. Carta de apresentação do currículo

 

A carta de apresentação é um documento enviado com o currículo que visa apresentar o candidato.

 

A ideia é explicar ao recrutador quem é você, para que vaga está se candidatando e porquê. Por meio dela, você tenta convencer o recrutador de que seu currículo vale a pena ser lido, e tenta causar uma boa primeira impressão. É como uma versão estendida do objetivo de currículo.

 

Como professor de educação infantil ou fundamental, você precisa fazer isso? Não. Mas se fizer, você aumenta suas chances, já que o pior que pode acontecer é ela ser ignorada.

 

Isso, claro, se na descrição da vaga não estiver pedindo para não enviar cartas de apresentação.

 

Se decidir por fazer o documento, ou quiser ler mais a respeito antes de decidir, cheque nosso artigo: Como fazer uma carta de apresentação (modelo e exemplos).


Espero que o artigo tenha sido útil. Obrigado por ler e por escolher essa profissão tão importante. Deixe seu comentário na seção abaixo!

Avalie meu artigo: curriculo professor infantil
Média: 5 (1 votos)
Obrigado por votar
Bruno Bertachini
Bruno é um especialista em carreira da Zety comprometido em oferecer conselhos ocupacionais que agreguem valor a profissionais em todas as etapas de suas jornadas.

Artigos Similares