Minha conta
Análise de currículo: dicas de como revisar o seu currículo (CV)

Análise de currículo: dicas de como revisar o seu currículo (CV)

Ninguém disse que é fácil fazer o currículo perfeito. Mas, agora que você o deixou pronto, é hora de ver como fazer uma análise de currículo (CV) para ver se está tudo nos conformes.

Fazer um currículo é um processo que não termina ao salvar o arquivo em PDF. Depois de deixar tudo pronto, você precisa ser crítico e analisar se o documento que você preparou corresponde às expectativas do recrutador.

 

Mas, avaliar a sua própria criação é uma pedra no sapato. Afinal, tendemos a ser muito generosos ou demasiadamente críticos com nós mesmos. Raramente nos avaliamos da maneira correta. E isso também vale para os nossos currículos.

 

Mas, não se preocupe. Existe uma série de técnicas que você pode utilizar para a análise de currículo e determinar se o seu documento corresponde o que as empresas estão buscando para a vaga.

 

Continue lendo e você verá um guia profissional de análise de currículo. Além disso, você vai aprender dicas para escrever um currículo simples que vai atrair 10 vezes mais entrevistas do que qualquer currículo que você já escreveu.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Caso você ainda esteja buscando como fazer um currículo, leia este guia primeiro:

 

Se o seu currículo já está pronto para análise, vamos ao guia.

 

1. O que é análise de currículo?

A análise currículo é o processo no qual o recrutador avalia o documento que você fornece para determinar se você é um bom candidato para a vaga. Você pode usar a análise currículo para melhorar o seu CV antes de enviar-lo.

 

Decifrar o que os profissionais de RH querem pode parecer uma missão impossível, mas é mais fácil do que você imagina. Quando eles começam a análise de um currículo, eles buscam entender coisas bem específicas sobre um candidato:

  • A personalidade dele;
  • Capacidade de comunicação;
  • Objetivos profissionais;
  • Compatibilidade com os requisitos da vaga (experiência + educação);
  • Compatibilidade com a cultura da empresa.

Dica valiosa: a primeira coisa que o recrutador avalia é o tamanho do currículo. Ele deve ter apenas 1 página. Pense em qualidade, não em quantidade.

Bastante coisa para se decifrar em um documento que deve ter apenas 1 página. Nos próximos tópicos deste guia, você verá como fazer uma análise de currículo para entender se o seu documento satisfaz esses requisitos.

 

Leia mais sobre o assunto no guia Como fazer um currículo perfeito

 

2. Como fazer uma análise de currículo: decifrando a sua personalidade 

 

Pode não parecer, mas o seu currículo fala muito sobre você. Você usou um modelo de currículo criativo? Ou optou por algo mais simples? Os recrutadores estão prestando atenção nisso, pois essas decisões falam muito sobre você.

 

Tendo dito isso, é vital avaliar se o seu modelo de currículo manda a mensagem correta. Você quer mostrar ao recrutador que você é uma pessoa descontraída? Um modelo artístico pode ser a melhor pedida, por exemplo. Por isso...

 

Primeira etapa: veja se o modelo de currículo é compatível com a sua personalidade

 

Mas, é claro que existem vários tipos de funcionários com diversas personalidades e perfis profissionais. Caso você tenha decidido que talvez o seu modelo de currículo não seja o mais apropriado, veja essa lista e encontre aquele que é perfeito para você:

Dica valiosa: nesses modelos pode escolher a cor. Tome cuidado. Cada uma tem um significado diferente. Veja mais sobre o assunto neste guia escrito no Chief do Design

Agora que você verificou se o seu currículo corresponde com a sua personalidade e perfil profissional, está na hora de passar na próxima etapa do teste. É nela que muita gente falha e acaba com o currículo no lixo.

 

Para ler mais sobre o assunto, veja o guia O que botar no currículo

 

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Análise de currículo: habilidade de comunicação

 

Há dois motivos pelos quais o recrutador gosta de ler currículos com apenas 1 página. Primeiramente, ele é um profissional muito ocupado e quer poupar tempo. E o segundo motivo é:

 

O recrutador quer ver a sua capacidade de transmitir idéias de forma clara

 

Comunicar-se de maneira eficaz é fundamental. Se o recrutador vê que o seu currículo é muito longo e que você compartilha informações desnecessárias, ele irá pensar que você não consegue decidir o que é importante. Para impedir isso de ocorrer, faça o seguinte:

  • Estude bem a descrição da vaga;
  • Veja o que ela pede; 
  • Só inclua as informações que são vitais para persuadir o recrutador de que você é a pessoa certa para a oportunidade.

 

Também é fundamental deixar o currículo organizado. Afinal, se você passar para o recrutador a ideia de que você é desorganizado, saiba que o seu currículo irá para o lixo. Para garantir um documento nos trinques, leia esses guias:

 

Seu currículo mostra a sua personalidade e demonstra que você comunica-se bem? Ótimo. Mas, não celebre cedo demais. Isso é apenas o começo. Está na hora de analisar as informações que você compartilha no documento.

 

Para ver mais sobre como escrever no currículo, leia Frases para currículo

 

4. Análise de currículo: objetivos profissionais

 

É imprescindível iniciar o currículo com um texto que te apresenta para o recrutador. Nele, você fala um pouco sobre a sua trajetória e suas conquistas. Mas, além de falar do passado, você também fala do futuro. Inclua no texto o seu objetivo profissional. Mas...

 

Não fale coisas genéricas como “quero me desenvolver profissionalmente”

 

Não há nada de errado em querer se desenvolver. Muito pelo contrário, isso é muito bom. Afinal, quem não cresce não vive. Mas, não mencione isso no currículo. Existem dois motivos para isso:

  • É genérico: o recrutador recebe dezenas de currículos dizendo a mesma coisa,
  • Foco errado: Fale sobre como você quer ajudar a empresa. Não o contrário.

 

Portanto, na hora de escrever sobre os seus objetivos profissionais, compartilhe apenas algo que não é genérico e que deixa claro como você pretende beneficiar a empresa com os seus serviços. 

Dica valiosa: Escreva apenas 4 ou 5 frases simples. Evite estruturas complexas como orações intercaladas. Elas podem deixar o texto confuso.

Já falamos bastante sobre a sua personalidade, seu futuro e por aí vai… mas, temos que abordar também o seu passado. É hora de falar sobre a sua formação acadêmica e a sua experiência profissional. Vamos lá.

 

Para mais informações sobre como escrever o objetivo do currículo, leia o guia O que colocar no objetivo do currículo ou Resumo profissional no currículo.

 

5. Análise de currículo: compatibilidade com os requisitos

 

Pode parecer algo bem simples. Ou você cumpre com os requisitos ou não. Mas, a verdade é que você pode usar algumas técnicas para aumentar a sua compatibilidade com os requisitos que o recrutador listou para a vaga.

 

Um bom currículo é personalizado para a vaga pretendida

 

Para aumentar a compatibilidade com que o recrutador busca, pegue as principais palavras-chave e os pontos mais importantes do anúncio e use eles para descrever a sua formação acadêmica e a sua experiência profissional.

 

Se a sua educação é mais impressionante que a experiência, coloque-a em destaque

 

Para ver em detalhes tudo o que você saber para colocar a sua experiência profissional e a formação acadêmica no seu currículo, leia estes guias abaixo:

Dica valiosa: se você tem pouca experiência, você pode mencionar coisas como trabalhos voluntários ou empregos sazonais.

Podemos argumentar que essa é a parte mais importante do currículo, então é vital prestar muita atenção aqui na hora da análise.

 

Se você ainda busca o primeiro emprego, leia o guia Currículo para primeiro emprego

 

6. Análise de currículo: compatibilidade com a cultura

 

Chegamos na parte final da análise. É hora de ver se há compatibilidade com a cultura da empresa. Para muita gente isso pode soar como bobeira, mas não se iluda. As empresas estão cada vez preocupadas com a cultura corporativa.

 

Estude a cultura da empresa para qual você vai se candidatar

 

Para identificar isso, os recrutadores observam tudo: o modelo de currículo que você usou, a forma como você escreve, a sua foto no currículo e muitas outras coisas. Mas, existe um lugar que eles olham com mais carinho.

 

A seção de informações adicionais do currículo diz muito sobre isso

 

É nela que você compartilha as informações que não se encaixam muito bem nas partes anteriores do documento. E é aqui que você vai informar ao recrutadores sobre coisas que evidenciam a sua compatibilidade com a cultura da empresa. Coisas como:

Dica valiosa: mesmo que a empresa tenha uma cultura descontraída, tome cuidado para não acabar sendo informal demais.

Após estudar a cultura da empresa, deve ser fácil para você determinar se o seu currículo compartilha as informações necessárias para demonstrar compatibilidade neste quesito. Apenas lembre-se que o currículo deve ter 1 página. Não exagere.

 

Outra coisa que você pode colocar é participação em congresso. Leia mais sobre o assunto no guia Como colocar participação em congresso no currículo

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Revisão: como fazer uma análise currículo

 

Conseguir ler mentes é um superpoder que agora você possui. Ok, não vamos exagerar, mas agora você sabe o que o recrutador busca na hora da análise de currículo e pode determinar se o seu currículo pronto está perfeito. 

 

Para fazer uma análise currículo, basta seguir a lista abaixo:

 

  1. Veja se o modelo de currículo escolhido é compatível com o seu perfil profissional
  2. Garanta que você se comunica bem no seu currículo
  3. Veja se você usa as seções de experiência e de educação para mostrar que cumpre o que a vaga pede
  4. Verifique se a sua seção de habilidade enfatiza isso
  5. Estude a cultura da empresa e veja se a sua seção de informações adicionais mostra compatibilidade com ela.

 

Verificou tudo? Se está tudo certo, agora é só mandar o currículo por email e esperar a nova oportunidade profissional.

 

Obrigado por ler o meu guia. Agora, eu gostaria de ouvir você:

  • Quais são os maiores desafios na hora de fazer uma análise de currículo?
  • Qual a sua maior dificuldade?
  • Ainda há alguma dúvida?

 

Deixe um comentário abaixo e vamos conversar!

Avalie meu artigo: analise curriculo
Média: 5 (1 votos)
Obrigado por votar
Caio Sampaio
Caio é um especialista em carreira e construção de currículos. Ele escreve sobre vários assuntos no mundo do recrutamento. No tempo livre, ele lê livros, assiste filmes, joga vídeo game e mantem-se atualizado sobre o universo laboral. Tendo experiência com teatro, cinema e vídeo games, ele busca usar técnicas dessas indústrias criativas para criar currículos mais interessantes e atraentes.

Artigos Similares