Minha conta
Modelo de currículo de motorista pronto: +dicas de como fazer

Modelo de currículo de motorista pronto: +dicas de como fazer

Quanta gente pode dizer que faz o que ama no trabalho? Se você ama dirigir, veja como fazer um currículo de motorista e um modelo para conseguir esse trabalho dos sonhos.

A profissão de motorista está entre as dez mais emergentes dos últimos cinco anos, e ainda faltam profissionais no mercado. Apesar disso, ela sofre um constante risco: da automatização.

 

Não importa se você dirige ônibus, caminhões, ou carros particulares, você sempre poderá se beneficiar de um currículo de motorista bem-feito.

 

O seu currículo de motorista deve ter apenas um objetivo: convencer o empregador de que você dirige bem e é uma pessoa boa de se trabalhar. É difícil mostrar isso sem um volante nas mãos, por isso as técnicas que você verá abaixo podem ser muito úteis.

 

Nesse artigo você verá um modelo de currículo de motorista pronto como exemplo, e também instruções detalhadas para que seu curriculum vitae de motorista seja perfeito.

 

Quer poupar tempo e fazer o seu currículo em 5 minutos? Experimente o nosso gerador de currículos online. Ele é rápido, fácil, conveniente e 100% personalizável. Escolha dentre 18 modelos de currículos profissionais para preencher.

 

modelo de curriculo

Modelo de currículo criado pelo nosso gerador de currículos. Descubra nosso criador de currículos.

Um dos nossos usuários, Nicolas, teve isso a dizer:

 

“Eu estava tendo dificuldade em deixar o meu currículo com apenas 1 página e em o deixar com uma aparência profissional. O gerador de currículos da Zety me ajudou muito!”

 

Criar o meu currículo agora

 

Modelo de currículo de motorista

 

João Miguel Miranda

Motorista de ônibus

joao_m_miranda@email.com.br

(99) 99999-9999

 

Perfil profissional

 

Responsável motorista de caminhão com 4 anos na área, transcorri centenas de milhares de quilômetros entregando produtos da Coca-Cola sem estar envolvido em um único acidente e com um ótimo índice de pontualidade (85%). Gostaria de ter a oportunidade de usar minha experiência no volante como motorista de ônibus urbano fretado para a sua empresa. 

 

Experiência de trabalho

 

Motorista de caminhão

Coca-Cola FEMSA

2018 — atualmente

  • Entreguei produtos por todo o estado de São Paulo, com pouquíssimos casos de atraso;
  • Controlei a rota via sistema corretamente em todas as viagens;
  • Mais de 200 mil quilômetros transcorridos, nenhum acidente ou mesmo pequeno dano ao equipamento.

 

Ajudante de entregas

Coca-Cola FEMSA

2017 – 2018

  • Dirigi carretas diversas vezes, para cobrir empregados que faltaram;
  • Manobrei veículos diariamente.
  • Carreguei e descarreguei produtos do caminhão Auxiliei o motorista;
  • Conferi diariamente as embalagens retornáveis, buscando por sobras, faltas e danos.
  • Muito bem avaliado por meus chefes, fui promovido após dois anos.

 

Auxiliar de produção

Gráfica Matias

2015 – 2016

  • Trabalhei por dois anos em uma gráfica, onde aprendi a responsabilidade de trabalhar com grandes máquinas e respeito à hierarquia.

 

Educação

 

Colegial

Colégio Vida

2015

 

Habilidades

 

  • Bons relacionamentos com empregados e clientes;
  • Ótimo conhecimento de rotas em SP e região;
  • Responsável;
  • Pontual.

 

Informações adicionais

 

  • CNH categoria D;
  • Curso MOPP;
  • Disponibilidade para começar imediatamente e trabalhar aos sábados.

 

Veja como fazer um currículo de motorista como o acima:

 

1. Currículo de motorista: formato e formatação

 

Comece a criar seu currículo pelo cabeçalho. Os únicos itens necessários são: nome completo, posição desejada e informação para contato (telefone e e-mail). Seu currículo de motorista não precisa de foto

 

O modelo de currículo escolhido é tão importante quanto o modelo do seu automóvel. Não dá pra chegar em um trabalho de carreta de moto, certo? O modelo de CV que os recrutadores esperam de um motorista é o mais simples e tradicional de todos: o currículo cronológico inverso.

 

Para fazer um currículo desse tipo, é preciso seguir duas regras:

 

  1. As informações devem ser listadas de maneira cronológica inversa.

 

O que isso significa? Que ao listar acontecimentos, o mais recente deve estar no topo e o mais antigo no fim. É só começar com o mais recente e ir descendo até seu primeiro emprego.

 

Isso se aplica para a experiência de trabalho, a educação, ou qualquer informação que consista em acontecimentos datados. Veja no exemplo acima como o trabalho atual está listado primeiro.

 

A lógica por trás disso é que normalmente o seu último trabalho ou estudo é o mais importante da sua carreira, portanto deixamos no topo para que o recrutador leia primeiro.

 

  1. Seu currículo deve estar dividido nas seções tradicionais.

 

As seções tradicionais de um curriculum vitae são:

  • Cabeçalho;
  • Introdução;
  • Experiência;
  • Educação;
  • Habilidades;
  • Seções extras.

 

Não se preocupe, vamos fazer juntos seção por seção.

 

A formatação do seu currículo também é muito importante, porque passa profissionalismo e ajuda o empregador a ler. Siga essas dicas abaixo:

 

Para aprender mais sobre formatos de currículos, leia nosso artigo: Como formatar seu curriculum vitae.

 

2. A introdução do seu currículo — perfil profissional de motorista

 

Logo depois do cabeçalho seu currículo deve ter um texto pequeno, de um parágrafo e três ou quatro frases, que é basicamente você se apresentando para o recrutador. A ideia é causar uma boa primeira impressão e resumir o currículo, para que ele comece a ler já com uma ideia do que vem por aí.

 

Essa introdução tem diversos nomes. Costuma-se chamar de “objetivo do currículo” quando o candidato ainda não trabalhou e “resumo profissional” quando ele tem bastante experiência. “Perfil profissional” é outro nome que se aplica em todas as situações.

 

Recomendo que você faça seu currículo inteiro antes de fazer a introdução. Isso vai te dar uma ideia mais clara de quais são seus pontos fortes para incluí-los no perfil.

 

Inclua uma habilidade sua no texto, explique como você pode ajudar o empregador, mas foque na sua experiência profissional, se tiver.

 

Temos um artigo bem detalhado explicando como fazer essa introdução. Sugiro que você finalize os próximos passos e depois leia esse guia para criar esse parágrafo: Como fazer o perfil profissional para o currículo.

Ao fazer um currículo com o gerador de currículos da Zety, você só precisa arrastar e soltar os elementos que desejar (habilidades, experiências...). Existe até um corretor ortográfico para deixar seu currículo perfeito.

Ao terminar, o gerador de currículos da Zety avaliará o seu currículo e te dirá o que você precisa corrigir para fazer um currículo ainda melhor.

3. Listando sua experiência de trabalho no currículo

 

Olhe no retrovisor da sua carreira. Olha essa estrada bonita que você deixou pra trás. Mas lá pra frente a estrada vai ser ainda mais bonita.

 

A seção de experiência é a que os empregadores acham mais importante em qualquer área. Para motoristas, essa seção é ainda mais importante que as outras.

 

Para cada trabalho que tiver realizado, inclua:

  • Seu título da posição;
  • O nome da empresa;
  • A data de início;
  • A data de término.
  • Uma breve descrição do que você fez.

 

Na descrição, ao invés de escrever um parágrafo, você pode fazer uma lista, como no exemplo lá em cima. Esse formato é mais amigável e convida o recrutador a ler.

 

Ao invés de listar responsabilidades como “transportei mercadoria da sede para as lojas” você pode incluir conquistas como “Entreguei as mercadorias no horário em 85% das vezes”, ou “fui bem avaliado pelo meu chefe, que me recomendaria e vocês quiserem entrar em contato”. Isso requer que você pare para pensar sobre sua carreira por um tempo, e faça cálculos estimados, mas vale a pena.

 

E é claro, essas responsabilidades ou conquistas que você listar devem ser relevantes para a vaga desejada.

 

Se você tiver décadas de experiência e muitos trabalhos diferentes, você não precisa incluir tudo. Liste apenas os mais relevantes para a vaga desejada, e deixe uma nota no final da seção indicando que você já fez outras coisas. Algo como “empregos anteriores em diferentes áreas”.

 

Acabou de engatar a primeira? Se você ainda não trabalhou como motorista, temos um artigo que pode te ajudar: Como fazer um currículo sem experiência.

 

Quer se aprofundar nesse tema? Leia o artigo: Como listar a experiência no currículo.

 

4. Listando a educação no currículo de motorista

 

A seção de experiência é muito mais importante para motoristas do que a de formação acadêmica, mas é esperado que você liste sua educação. Deixe essa seção curta, incluindo apenas a graduação mais recente.

 

Liste a graduação, o nome da instituição e a data. Por exemplo, se sua formação maior é o colegial, deixe assim:

 

Colegial

Nome do colégio

Ano de término

 

Caso não tenha experiência nenhuma, pode ser vantajoso detalhar um pouco mais sua educação. Nesse caso leia nosso artigo: Como colocar a educação no currículo.

 

5. Mostre suas habilidades no volante

 

Logo depois da educação, inclua uma seção chamada “habilidades” ou “competências”. É uma oportunidade para você dizer um pouco mais sobre si.

 

Faça o seguinte:

 

Pense sobre as responsabilidades e requerimentos da vaga. Não é tão óbvio como “dirigir”. Há sempre algo mais, como conhecer as estradas do estado, ser pontual, ser capaz de planejar rotas sozinho ou de conferir os itens da entrega.

 

Muitas vezes esses requerimentos estão listados na descrição da vaga, outras vezes você terá que fazer um pouco de pesquisa se quiser aumentar suas chances de conseguir uma entrevista listando exatamente o que eles precisam.

 

Habilidades como “serviço ao cliente”, “técnicas de vendas” e “liderança” estão sendo buscadas em motoristas, graças ao potencial de automatização da profissão.

 

Depois de listar as habilidades necessárias para a vaga, inclua no seu currículo aquelas que você possui.

 

 

Está com dificuldade de listar as habilidades? Leia o artigo: Como listar competências no currículo.

 

6. Informações adicionais no seu currículo de motorista

 

No final do seu currículo é possível incluir tudo aquilo que não encaixou nas seções anteriores. Você pode criar seções específicas para listar algo que seja importante, ou somente uma chamada “informações adicionais” ou “informações complementares” e incluir esses itens nela.

 

Exemplos do que colocar na seção de informações adicionais no currículo para motorista:

  • A categoria da sua CNH. Essa é uma informação que deve estar incluída em um CV de motorista, e essa é a seção perfeita para isso;
  • Disponibilidade. Vale a pena incluir a disponibilidade se é algo que deixaria seu currículo atraente. Coisas como “disponível para iniciar imediatamente” ou “disponível para trabalhar aos sábados”. Se você tem algum empecilho, por exemplo, queira cumprir o aviso prévio do emprego atual, não inclua no currículo. Isso será perguntado na entrevista ou na hora da contratação.
  • Carro próprio. Outro ponto que pode te dar vantagem é ter um carro próprio que você esteja disposto a usar no trabalho (e que seja o modelo adequado para a vaga). Se você não possui esse automóvel, simplesmente não mencione no currículo.
  • Cursos. Se você fez um curso de direção defensiva, por exemplo, ele pode ser listado aqui, caso não tenha colocado na seção de educação. Temos um guia sobre como listar cursos no currículo.

 

Temos um artigo voltado para essa seção, caso queira dedicar-se mais um pouco a ela: Informações adicionais no currículo.

 

Se você tiver pulado a introdução do currículo no capítulo 2, essa é a hora de voltar lá pra cima e fazê-la.

 

7. Carta de apresentação do currículo

 

A carta de apresentação é um documento de uma página enviado com o currículo.

 

Precisa fazer carta de apresentação? Não.

 

A carta de apresentação não é um documento que os recrutadores esperam receber com um currículo de motorista, mas caso você decida enviar, as possibilidades são duas:

  1. O recrutador bate o olho na carta, ignora o documento e vai direto pro currículo;
  2. O recrutador se surpreende que esse candidato usou seu tempo para fazer uma carta de apresentação personalizada para o empregador.

 

Caso decida enviar uma carta de apresentação, siga nosso passo a passo em: Como escrever uma carta de apresentação profissional para currículo

 

Você chegou ao seu destino. Seu currículo de motorista está pronto.

 

O que poderia ser melhor que uma carta de apresentação que combina perfeitamente com seu currículo? Você pode criar sua carta de apresentação online aqui, usando o mesmo modelo do seu currículo. Os seus documentos podem ter esta aparência:

 

modelo de carta de apresentação

Veja mais modelos de cartas de apresentação e comece a escrever a sua

Espero que o artigo tenha sido útil e resolvido suas dúvidas. Obrigado por ler.


Ainda tem alguma dúvida? Tem alguma dica adicional? Quer conversar sobre alguma dificuldade na hora de fazer um currículo de motorista? Use e abuse da seção de comentários abaixo.

Avalie meu artigo: curriculo motorista
Média: 5 (3 votos)
Obrigado por votar
Bruno Bertachini
Bruno é um especialista em carreira da Zety comprometido em oferecer conselhos ocupacionais que agreguem valor a profissionais em todas as etapas de suas jornadas.

Artigos Similares